Artigos da Semana 27

Enquanto está todo mundo aqui no Rio congelando a temperaturas glaciais de  17ºC, com mínima de 10ºC, o que está prestes a transformar o Rio em filial do reino da Elsa, estou aqui com duas calças, meia, camisa, casaco e cachecol e uma canecona de chocolate quente, já que velho sente muito frio. Ao aproveitar este domingo, junte-se a mim dando uma lida no que saiu durante a semana. De preferência, com o aquecedor no máximo!

Angola dá um pé na bunda da Igreja Universal

Os promotores de Angola perderam de vez a paciência Igreja Universal. Nada menos que sete edifícios da IURD foram apreendidos na mão grande e botaram todos os pastores, bispos e mandantes pra fora, expulsando todo mundo dali. Motivos? Pouca coisa: fraude fiscal e outros crimes dando um balé nos impostos; mas não é só isso. A sede angolana já não se entendia direito com a matriz brasileira.


Célula-tronco ajudando ratinhos com artrite. O próximo é você

A cartilagem é uma forma de tecido conjuntivo mais rígido que possui uma cicatrização lenta por ser avascular. Ela funciona como um tecido amortecedor que reveste a superfície do osso ao nível das articulações, protegendo-as. Ela possuem uma enorme capacidade de resistência à carga e permite o amortecimento e o fácil deslizamento, sem contato das superfícies ósseas, já que as revestem. Estão sempre em renovação, havendo em situações normais um equilíbrio entre a formação e a destruição da sua estrutura e uma pronta e eficaz resposta à reparação em caso de lesão.


Asteroides e outros Objetos Próximos

Objetos Próximos da Terra são corpos celestes cuja órbita intercepta a órbita da Terra. Eles podem ser asteroides, cometas e grandes meteoroides, tendo grande risco de colisão. Se você acha que isso não é nada demais, pergunte a qualquer dinossauro o que ele acha de um asteroide caindo na Terra . Os NEOs (oriundo do acrônimo do nome em inglês) são um risco para naves espaciais, astronautas e satélites, além de, claro, cair na Terra e causar estragos. Estudá-los é, portanto, uma necessidade.


Como exoesqueletos realmente funcionam quando presos às pernas

Eu não preciso falar de exoesqueletos. Além de ser eugenia, como alguns idiotas falam, eles são um passo para o futuro, em busca de um mundo melhor. Estou falando de exoesqueletos, não de inúteis formados em Filosofia. Claro, nada é tão bom que não possa ser melhorado e, convenhamos, exoesqueletos ainda têm muito o que melhorar, mas cientistas estão fazendo a sua parte.


Divulgador científico tem que acabar! Educador financeiro também

Por muito tempo eu me chamava de “divulgador científico”, também. Mas peguei ranço desse pessoal. Todo mundo fica papagueando “ah, porque com mais divulgação científica não vão jogar lixo na rua, não vão maltratar bicho, não vão isso, não vão aquilo”. Minhas queridinhas, as pessoas estão tendo aula de língua portuguesa desde o fundamentalzinho, algumas já saindo alfabetizadas da pré-escola e mesmo assim temos 92% de analfabetos funcionais.


Um retratinho mágico do Sol

O Sol é uma estrela fascinante. O mais fascinante do Sol é ser uma estrela e estar bem próximo de nós, sem nos queimar de forma horrível. Por isso, podemos apreciá-lo, observá-lo, estudá-lo e, claro, admirar as maravilhas que só uma bolona de átomos sendo fundido a milhões de graus celsius poderia proporcionar. É um mundo só seu, sem ninguém pisar lá ontem, hoje e provavelmente pelo resto dos seus 5 bilhões de anos que ainda lhe restam.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s