Tag Archives: maneirissimo

Grandes Nomes da Ciência: Emmy Noether

Assim, senhora. Muito, muito bom. Um pouco mais pro lado. Pode olhar um pouco pro lado? Sim, assim. Olhe, senhora, acho que se colocar a mão no encosto dessa cadeira ficará melhor. Sim, tá lindo. Não respira.

Emmy está ali, imponente, reta, com um olhar calmo, a boca entreaberta, mas é a resolução em pessoa. Lhe disseram que ela não poderia fazer coisas. Ela não deu bola, fez o que não poderia ser feito. Lhe disseram que não alcançaria nada de muito relevante. Hoje seu nome é pronunciado com respeito e admiração. No tempo que mulheres eram parte do adereço de casa, ela mostrou seu lugar no vasto mundo dos números. Infinitos, racionais, belos e fascinante.

Hoje é dia 23 de março e é dia de Emmy Nother.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Os 15 anos da Missão GRACE

O Gravity Recovery and Climate Experiment – GRACE é um projeto conjunto entre a NASA dos Estados Unidos e o DLR da Alemanha. Tem como objetivo a obtenção de medidas precisas do campo gravitacional e também da sua variabilidade.
O GRACE estuda a Terra e tudo o que acontece com ela, mediante ações naturais e humanas, desde agricultura até elevação dos oceanos.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

As semelhanças morfológicas entre golfinhos e crocodilos

 

Em Biologia Evolutiva existe uma coisa chamada “Convergência”. São soluções que duas espécies totalmente distintas encontram para um mesmo problema, mesmo quando uma não tem nada a ver com a outra. A morfologia do golfinho e do tubarão é um perfeito exemplo. Elas são bem parecidas, mesmo levando em conta que tubarões são peixes e golfinhos são mamíferos.

O mesmo acontece com crocodilianos (répteis) e baleias (mamíferos). Mesmo que o ancestral comum a ambos tenha 288 milhões de anos, esses dois bichinhos fofos guardam ainda muitas semelhanças, e é função da ciência saber quais são elas e como se desenvolveram.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Testando e aprovando cães para deficientes. Sim, temos a tecnologia

Como é o cérebro dos nossos amigos caninos? Melhor ainda, como é o cérebro dos nossos amigos caninos que ajudam deficientes? Será que há um meio de predizer se um cão seria bom em acompanhar pessoas com deficiência? Haveria como realizar algum teste assim? É o que pesquisadores procuram responder ao examinar 49 cães selecionados para treinamento de serviço de acompanhamento, ainda que nem todos eles tenham sequer começado o treinamento.

O que anda rolando pela cabeça de nossos amigos quadrúpedes?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Pesquisadores enfrentam o câncer com uma substância (não é essa)

Pesquisadores de verdade pesquisam uma substância química que é encontrada em tumores que pode ajudar a parar o crescimento de células cancerígenas. Você ouviu isso antes? Até ouviu, mas em vlog do YouTube, sem publicações científicas. Eu não posto pseudociência, salvo para cr4iticá-las. Esta pesquisa sim, tem publicação indexada. Mas ela é sobre o que?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Bactérias sem senso de camaradagem produzem substâncias antibacterianas

Bactérias são uma constante em nossa vida, seja para o bem ou para o mal. Algumas bactérias são patogênicas e isso significa que fazem um mal desgraçado. Vírus não são nada perto de uma bactéria daquelas bem motherfucker. A nossa pele está lá, cheinha de bactérias, sendo que larga maioria pode viver na pele humana sem prejudicar o hospedeiro, mesmo porque isso seria uma atitude burra do parasita, e nós sabemos o quanto tudo foi divinamente planejado, né?

Agora, pesquisadores estão atrás dessas colônias de bactérias que não só não nos prejudica, como ainda produzem substâncias antimicrobianas.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Pesquisadores estudam as propriedades das teias da aranha-marrom

Nada é tão maneiro quanto teias de aranhas. Com uma resistência superior à do aço, as teias do amigo da vizinhança das aranhas são inigualáveis em termos de resistência e facilidade de trabalhar. Quimicamente, aquilo é um imenso fio de uma proteína (que é um polímero) que é produzido no fiofó das pernudas. Cientistas estão até hoje tentando sintetizar algo semelhante ao que 3 bilhões de tentativa-e-erro deram às filhas de Aracne. Mas uma espécie está chamando um pouco mais de atenção: a aranha-marrom (Loxosceles laeta) e seu modo de fiar suas teias.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

A fantástica viagem de um micromotor caçador de bactéria

Eu gosto de motores. Não aquelas porcarias como os dos carros da Tesla Motoros. Meh, que graça tem aquilo? (Eu quero um! Me deem de presente. Dane-se se estou me contradizendo. Eu abrigo multidões!) Motor maneiro são motores de um pentelhonésimo de milímetro. Um motor inteiro que pode estar dentro do seu corpo e pronto para impulsionar alguma nave que possa fazer uma viagem fantástica.

Cientistas adoram pesquisar motores em escalas micronanicas. Então, cientistas japoneses (não façam relações sobre a anatomia deles) criaram motores em nível celular, movidos a peróxido de hidrogênio. Legal, né?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Bio-bots: os robozinhos biológicos

Você gosta de robôs, eu gosto de robôs. Mais legal que robôs só dinossauros, mas enquanto os dinobots não chegam, que tal ter um robozinho amigo só seu? Não, não necessariamente o R2-D2, aquele robô com formato de lixeira cheio de cabos USB. Existem pequeníssimos robôs chamados bio-bots, criados em 2012, que são capazes de dar um rolé pelo seu corpo, sendo movidos apenas pelas suas hemácias. Isso é muito legal, pois tecnicamente os bio-bots não precisam de motor interno para se moverem, aproveitando a energia do próprio corpo.

Claro, não existe almoço grátis e sempre tem um probleminha. O probleminha é que o coração, aquele safadeeenho, insiste em bater 24h por dia. Como resolver isso? Parada cardíaca? Seria interessante, mas acho que alguém defenderia que isso não é lá muito ético. #Comofas?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Expedições da NASA estudam o planeta Terra

NASA não explora só o Espaço. Ela também faz expedições em todos os cantos do planeta. Em 2016, NASA fez inúmeras expedições estudando nosso planeta e suas mudanças.

Projetos como o HyspIRI, coletando dados sobre a saúde dos recifes de corais e as emissões de gases vulcânicos, o PACE, que monitorará a diversidade do fitoplâncton oceânico e seu impacto no ciclo do carbono marinho, e o SnowEx,, voltado para determinar a quantidade de água armazenada nas regiões terrestres cobertas de neve da Terra, visam ter maiores conhecimentos do que acontece nesse nosso querido planetinha azul.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας