Descoberto defunto de cavalo com sangue líquido. O que poderemos fazer de errado?

Fósseis são muito legais. E quanto mais conservados, mais legais são. Tão legais que alguns candidatos a Frankenstein correm logo para tentar reviver os bichos mortos de antigamente, mas isso seria total estupidez, como o dr. Ian Malcolm pode atestar. Mas quem liga pro que o pessoal de Exatas fala? Mas hoje não estamos falando de Jurassic Park e sim da descoberta feita por pesquisadores na região de Yakutsk, na Sibéria. O que eles conseguiram demais? Nada, não. Só extrair amostras de sangue líquido de um potro de 42 mil anos que foi encontrado num permafrost em 2018.

Voltando ao Jurassic Park, os cientistas estão achando o máximo terem encontrado sangue líquido, pulando de alegria pela possibilidade de ter algumas células viáveis ??para clonar o seu dono. Percebe, Evair, a clonagem do cavalo.

O dr. Semyon Grigoryev é chefe do Museu do Mamute em Yakutsk, lugar onde um mamute lanhoso foi descoberto em excelente estado de conservação, já que o frio ajuda a conservar o corpo. Ele e seus colaboradores estudam o cavalildo encontrado na depressão Batagaika em 11 de agosto de 2018. Permafrost deixou os restos do defunto em excelente estado. Até o sangue estava bem preservado.

Os pesquisadores conseguiram extrair amostras de sangue líquido dos vasos cardíacos do ex-cavalo, e algum celenterado achou que seria uma ótima ideia clonar o bicho, mas o próprio Grigoryev descartou isso, pois nada ficou comprovado se as células sanguíneas são realmente viáveis ?para serem cultivadas e, claro, clonadas. Qualquer coisa além disso é maluquice de jornaleiro retardado.

Seguem as fotos

//s.imgur.com/min/embed.js

A Universidade Federal do Nordeste em Yakutsk se juntou com a Fundação de Pesquisa Sul-Coreana Sooam Biotech Research para analisar o sangue do cavalildo, para ver se dá para clonar o equino. Eu duvido muito. Seria preciso cultivar aquelas células e nem se tem ideia se elas estão biologicamente ativas, mas eu apostaria que não. Para tanto, elas teriam que estar absolutamente em estado de hibernação, e nem mesmo a carne do seu congelador está viva, não importando se você mal acabou de matar o boi e meteu-o no freezer.

A pesquisa é importante, mas nada da volta dos cavalos mortos-vivos por enquanto.

Fonte: Siberian Times.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s