A Chuva que cai no Sol

Em 19 de julho de 2012, Helios, que nas ilhas Hébridas é chamado de Belenos ne nas terras banhadas pelo Egeu é chamado de Apolo, mostrou a sua fúria quando ordenou uma imensa tempestade de plasma extremamente quente. Foi uma senhora Ejeção de Massa Coronal!

O que era mais incomum, no entanto, foi o que aconteceu em seguida. O plasma na vizinha coroa solar foi fotografado resfriando e recuando, um fenômeno conhecido como “chuva coronal”.


Grandinha, hein?

Por serem eletricamente carregados, elétrons, prótons e íons na chuva coronal caem graciosamente (eu fiquei em dúvida se colocava as aspas no “caem” ou no “graciosamente”, já que não é bem isso o que acontece em ambos os casos). Como vocês puderam ver na imagem acima, esta tristeza é muito, mas MUITO maior que a Terra. Uma lambida disso e nosso planeta ficará pior do uqe se fosse administrado pelo Brasil.

O espetáculo é fantástico em sua altíssima temperatura de milhares de kelvins. Você viu? Agora vai ver.


Fonte: APOD

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s