ENEM 2017: Brasil mostrando o que tem de melhor

Que o sistema educacional brasileiro é uma mistura de show de horrores e uma ópera-bufa, não temos a menor dúvida. Todo ano o ENEM mostra a tristeza patética na qual nos encontramos. Alguns otimistas veem que as coisas estão melhorando. Já os realistas nos baseamos em fatos como só ter havido apenas 53 provas que foram gabaritadas pelos alunos. Já em termos de redação, mais de 309 mil tiraram zero.

Digam a verdade: vocês sabiam que eu ia gravar vídeo sobre isso, né?

Inscreva-se em nosso canal.

https://apis.google.com/js/platform.js
function onYtEvent(payload) {
if (payload.eventType == ‘subscribe’) {
// Add code to handle subscribe event.
} else if (payload.eventType == ‘unsubscribe’) {
// Add code to handle unsubscribe event.
}
if (window.console) { // for debugging only
window.console.log(‘YT event: ‘, payload);
}
}


2 comentários em “ENEM 2017: Brasil mostrando o que tem de melhor

  1. “Digam a verdade: vocês sabiam que eu ia gravar vídeo sobre isso, né?”

    Sim. Esperava ansiosamente por tal peça.

    E além de sugerirem o uso de rampas nas escolas, também sugeriram que as escolas usassem massivamente o Braille.

  2. Eu tenho muito medo do futuro e porque não dizer do presente também, estamos formando uma geração de profissionais que eu chamo de compradores de diploma.

    Com todo o respeito ao ensino a distancia ou não, é isso que vem acontecendo.

    Vi varias pessoas do meu circulo de amigos cursando esse tipo de faculdade e vi eles, (faculdade), fazendo de tudo pra não reprovarem o individuo, tanto que mesmo algum deles merecendo, não repetiram matérias, porque sempre encaixa um trabalho aqui, uma prova extra ali, outra com consulta acolá.

    Aí vem o caso da minha mãe, que passou meses com problemas de dores estomacais quase que diários, passou na mão de 6 médicos, fez tudo quanto é tipo de exame e só sabiam dizer, “é mas a senhora não tem nada, ta aqui nos exames, vamos fazer o seguinte, vou lhe receitar um tratamento, ou toma buscopan, essa então era clássica e nada passava.

    Até que ela levou meu pai que é cego no dentista, esse sim precisaria de braile, e comentou com o dentista sobre o ocorrido com ela, ele mandou ela abrir a boca e disse, mas a senhora esta com candidíase oral, vulgo sapinho, o troço já estava se espalhando pro estomago por isso as dores.

    Agora ela esta tratando e não tem mais dores, um dentista achou o problema.

    Foi mal pelo livro, mas a revolta por dependermos desse tipo de profissional que o Brasil esta formando é muita, quero ver quando começar a cair prédio, mas o que, já estão caindo???

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s