Nigeriano entra na porrada por transformar amiguinho numa cabra

Eu adoro a África (mentira. Eu não quero ir pra lá, e você também não. Você quer é ir pra Nova York que eu sei!). A África é um continente todo zuado; uma espécie de Brasil em níveis continentais (até o formatinho é parecido!). Lá ainda temos tribos vivendo como no tempo das cavernas (não muito diferente de nossos índios daqui), em que alguns chefes governam com mão de ferro e bem gostam das maravilhas e tecnologia ocidentais (como nossos índios daqui), vivendo muito bem, obrigado, e a grande maioria da população tribal ainda vive como seus antepassados viviam há milênios (como nossos índios daqui), ainda mantendo crenças tolas e rudes, como… adivinhe!

Enquanto na Gâmbia o governo persegue bruxas, na Nigéria um zé ruela foi pego de porrada porque transformou um outro sujeito em uma cabra. Dá gosto de morar num lugar civilizado assim!

O caso aconteceu no Rivers State, um dos 36 estados da Nigéria (que com todos os defeitos possui um programa espacial, diferente do Brasil), 6º mais populoso do país, com pouco mais de 5 milhões de habitantes, mais precisamente na cidadezinha de Rumuokoro.

A polícia de lá investiga o ataque por parte de uma turba de idiotas que resolveu pegar um sujeito de porrada já que – segundo os imbecis – ele transformou um homem numa cabra. Quem? pois é, essa parte não souberam dizer. De acordo com depoimentos, a vítima (da porradaria, não do suposto feitiçço) de 36 anos foi visto dando um rolé com uma cabra preta em torno da comunidade de Rukpoku. A conclusão ÓBVIA é que ele só podia ter transformado alguém na referida cabra. Como você não pensaria nisso?

Muito bem, o populacho achou muito esquisito o cara andar com bicho, daí correram atrás do sujeito gritando e xingando de “feiticeiro”. Só não o mataram porque a polícia interveio. A vítima – cujo nome não foi divulgado –, a cabra – que se chama “Remember” – e dois babacas que estavam entre a multidão ensandecida foram levados para a delegacia, onde o homem contou seu lado da história. Todo mundo está detido na delegacia (inclusive Remember), e o restante da população retardada ralou peito, pronta para fazer alguma outra merda amanhã.

E ainda tem gente boa e pura de coração achando que o ser humano está ficando menos retardado (sim, Homero, é de tu mesmo de quem eu estou falando!)


Fonte: Daily Post

4 comentários em “Nigeriano entra na porrada por transformar amiguinho numa cabra

  1. Não precisa ir na África pra ficar espantado com essas coisas.No Brasil, dentro de algumas igrejas, também é perfeitamente possível encontrar retardados que acreditariam nestas transformações. Aliás, não sei como nenhum pastor ainda não teve a brilhante ideia de levar uma cabra no altar para ameaçar transformar em animal quem não paga o dízimo em dia. Bom, deixo parar de dar ideia, porque logo aparece esta notícia por aí.

  2. Ao menos lá na Nigeria os caras “viram a prova, que era a cabra”, só faltou o individuo, mas aí são outros 500, já aqui no Brasil basta alguém inventar no “face”, que fulana faz bruxaria pois ela esta fazendo mal as criancinha e já vem uma dezena de “super heróis” linchar a pobre da mulher sem nem ao menos se perguntar se tem fundamento o que foi postado ali. Ou então acusar uma escolinha de pedofilia e acabar com a vida dessas pessoas.

    Não estamos muito longe de uma Africa, nesse quesito.

  3. Ah. Até a metade do texto pensei noutra coisa, já que, ali por perto, o pessoal costuma tratar mulheres como cabras e cabras como mulheres.

    No mais, tem muitos rincões com água encanada pelo mundo afora que se orgulham de possuir a mesma mentalidade.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s