E no retorno, torno a ver o mesmo de sempre

Eu ia colocar o título “Lá e de volta outra vez”, mas todo mundo gosta de chupar o Tolkien e usar esta frase. Eu tive uma microférias excelente, obrigado, não que vocês tenham que se importar. Então, eu volto e continuo vendo gente enchendo o saco com medição da temperatura no pulso, o terraplanismo em tempos de Coronga.

Não sei por que as pessoas se preocupam com isso.

Continuar lendo “E no retorno, torno a ver o mesmo de sempre”

O coronavírus e o efeito da vítima identificável

Ontem, eu tive que me aventurar fora de casa, mesmo em tempos de pandemias, eu precisei sair. Eu realmente precisei. O mundo que vi foi estarrecedor. As pessoas agindo como se nada estivesse acontecendo. Eu com uma máscara PFF2 e outra de TNT por cima (paranoia ajuda a nos manter vivos, ainda mais depois do que eu vi) e pessoal na rua passeando como se nem fosse com eles. E isso porque a prefeitura do Rio baixou uma lei obrigando uso de máscaras em locais públicos.

Saindo um pouco disso, mas ainda no tema que vocês entenderão daqui a pouco, tem o caso da senhora que defendia abertura do comércio e que o coronavírus era coisinha sem importância. O problema é que a realidade bateu à sua porta da maneira mais funesta: seu marido morreu por Covid-19. Aí a postura muda, mas isso tem um nome: O Efeito da Vítima Identificável.

Continuar lendo “O coronavírus e o efeito da vítima identificável”

Celulares causam acidentes em gente tosca que não presta atenção, diz pesquisa

Eu gosto quando algumas pesquisas são o puro óbvio ululante, como diria Nelson Rodrigues. Não que algumas delas não sejam necessárias. Até são, mas isso porque as pessoas são absurdamente estúpidas e insistem e fazer merda, como andar pela rua entretido com a fuça no celular.

Pensem comigo: o desgraçado vem andando pela rua, com o focinho virado pro celular e o pescoço torto. O que poderia dar de legal disso? Bem, segundo pesquisadores da Universidade Rutgers, ferimentos na cabeça e pescoço ocorridos ao andar com um celular, ou mesmo quando estão dirigindo e usando celular (o miserável além de atropelar alguém ainda pode ter dor no pescoço, mas não larga aquela bosta!)

Continuar lendo “Celulares causam acidentes em gente tosca que não presta atenção, diz pesquisa”

Professor imbecil escreve conteúdo sexual na lousa só pra ensinar redação. O que poderia dar errado?

Em 2011, eu noticiei o caso de um professor de Matemática metido a engraçado, que resolveu usar memes como os que vinham por email nos seus exercícios. Isso deu rim, muito ruim, a ponto da polícia querer investigar quem eram os terríveis bandidos Zaroio, Pipoco e Maifrend. Agora, um outro professor retardado, achando que sala de aula é extensão de redes sociais, paga outro mico escrevendo um monte de bobagens na lousa e pedindo para alunos escreverem redação sobre “sexo oral e anal”. Para orientar os alunos na… “composição” o professor escreveu alguns palavrõezinhos básicos de temática sexual na lousa.

Era para alunos do sexto ano do Fundamental, esclareça-se!

Continuar lendo “Professor imbecil escreve conteúdo sexual na lousa só pra ensinar redação. O que poderia dar errado?”

Comida vegan é tão insuportável e desnecessária que nem vegan come

Em 2013, eu postei meu artigo Veganismo Desmascarado, onde eu me propus (com muita facilidade, diga-se de passagem), refutar as bobagens que vegans propalam. Normalmente, se pegam na primeira parte do artigo, e seus “Links” acabam sendo um festival de vergonha alheia quando eu os destrincho, já que nem eles mesmos leram (se lessem, não seriam vegans, claro). A segunda e terceira parte eles nem viram (a carência nutricional lhes causou debilidade mental e incapacidade de percepção e leitura).

Veganismo, entretanto, virou modinha entre os hipsters e gente que quer se sentir especial (sem ser amados. Ninguém suporta vegans), e daí começou um festival de espertalhões se valendo disso, montando canais no YouTube com dietas vegans. E isso vai muito bem, até que flagraram uma dona que é alta defensora de dieta vegan comendo o maior peixão. Deve ser que peixe não é animal e sim planta, já que é fruto do mar. Vai saber!

Tendo um lauto banquete sem ter a necessidade de suplementação alimentar, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Comida vegan é tão insuportável e desnecessária que nem vegan come”

YouTube desmonetizou canais anti-vacina. Sabem o que isso significa?

A rigor, Nada. Mas pessoal ainda acredita na bondade do YouTube. Sim, eles realmente estão removendo as monetizações (e não propaganda) de vídeos que promovem conteúdo anti-vacinação, citando a proibição de material “perigoso e prejudicial”. O Tubo foi lá nas empresas que anunciam em canais de anti-vaxxers para dar aquele toquezinho camarada. Obviamente, você é burro e comprou esta ideia, né? Se comprou, não se preocupe, você não foi o único.

Continuar lendo “YouTube desmonetizou canais anti-vacina. Sabem o que isso significa?”

Gente “esperta” que se consultou com doula, tomou chá da lata e o feto teve má-formação. Parabéns, pessoal

2000 anos de Medicina nos preveniu várias doenças e aumentou nossa expectativa de vida para cerca de 70 anos (no início do século XX era de 40. Há 1000 anos era de uns 15 anos, e aos 12 você já estava pedindo pra morrer). Erradicamos várias doenças, fazemos microcirurgias, muitas vezes só com uma pequena incisão, não deixando nem cicatrizes. Mas aí chega o século XXI e temos o que? Um bando de millenials que cismaram que o bão mesmo é ter filho com parteira. Péra, parteira não. Parteira é coisa de pobre. Eles chamam “doulas” (é uma parteira hipster).

Eu já tinha publicado que isso dá MUITO certo (SQN). Agora, o que noticiaram? Mulherada reclamando que a doul… a parteira hipster “receitou” chazinho que causa malformação fetal. Eu até riria se não fosse trágico. Não, péra! Eu rio, mesmo. Ninguém manda ser imbecil que ainda vive na era pré-científica.

Continuar lendo “Gente “esperta” que se consultou com doula, tomou chá da lata e o feto teve má-formação. Parabéns, pessoal”

Mulheres são menos propensas a receber ajuda por medo de acusação de assédio

Dizem que toda boa ação será castigada. O ponto reverso é que medo de um castigo inibe uma boa ação. É que nem você vai ajudar uma velhinha a atravessar a rua e já acham que você quer sequestrar a coroa; tem vezes que nem ela mesma quer a sua ajuda. E com a atual onda de mulheres que veem machismo em tudo, o resultado acaba sendo muito sério. Sim, tem mulher que chama cavalheirismo de “sexismo benevolente”. É errado abrir a porta para uma mulher (fonte, fonte e fonte). É errado chamá-la de “dama” (lady, em inglês. Fonte). É errado, pelo visto, homens existirem. Mesmo porque tem gente louca que defende que 90% dos homens devem ser exterminados e os outros 10% só devem existir para procriação (EU NÃO ESTOU INVENTANDO!!)

Sabem qual foi o resultado disso? Homens vendo mulheres precisando de ajuda na rua e, com receio de serem processados por assédio, não as ajudam, aumentando seriamente a chance de elas morrerem por falta de assistência.

Continuar lendo “Mulheres são menos propensas a receber ajuda por medo de acusação de assédio”

Professor malvado machuca coraçãozinho puro de aluno falando de fatos científicos

Eu gosto de muitos conceitos. Eles são ótimos, mas só quando conceitos. Democracia e Liberdade são belos exemplos que são maravilhosos para se defender, mas só quando alguém tem ataque de piti. Um professor universitário teve uma amostra disso quando ele usou do seu poder investido e humilhou várias* pessoas por seu modo psicótico de ver o mundo. Isso levou a um inquérito interno.

Motivo? Este professor falou que biologicamente mulheres e homens são diferentes.

Continuar lendo “Professor malvado machuca coraçãozinho puro de aluno falando de fatos científicos”

Canudinho de Refrigerante do Mal está destruindo o planeta, segundo políticos cariocas

No universo das pequenas coisas, você precisa fazer um estardalhaço com algo que não tenha efeito nenhum, de forma a fingir que trabalha e mostra serviço. Nada é mudado mas você tira onda que está fazendo muito por todos, quando efetivamente não está fazendo nada para ninguém. É com base nisso que se baseia esta proibição imbecil dos canudos de plástico no Rio de Janeiro. Motivo? “Ain, o meio-ambiente lindinho não pode ser emporcalhado por causa desses malditos canudos”. Que nem a foto ao lado mostrando a imensa quantidade de canudinhos de refrigerante.

Mas, Oh!, nós sabemos muito bem o verdadeiro motivo por trás disso.

Continuar lendo “Canudinho de Refrigerante do Mal está destruindo o planeta, segundo políticos cariocas”