Religiosos turcos morrem de medo de Darwin

Vilão da vez: Hand Spinner do Mal
O mau comportamento que visa ensinar bom comportamento

Evolução parece ser uma pedra no sapato na garganta dos fundamentalistas (mal aê, Cardoso!). O desespero crental para tentar impedir o ensino da Teoria da Evolução não só é patético como prova como seus idealizadores têm uma fé frágil, incapaz de resistir a um simples capítulo num livro de Biologia. São tão ridículos e desesperados que até poderiam sacar a carta da manga “sim, Evolução existe. Foi a forma como Deus povoou a Terra com os seres vivos”. Mas não. A ralé crental fanática é incapaz desse salto. E isso porque a Bíblia sequer detalhe como os animais foram criados, mas fundamentalistas sequer leram a Bíblia, salvo a parte que o pastor mandou ler, esquecendo do contexto antes e depois, ou da partezinha que contradiz tudo.

Agora, quem entrou na onda foi a Turquia, que removeu o ensino de Evolução dos currículos escolares por se tratar de um “tema complicado” tenho certeza que sim. Seus imãs não fazem a menor ideia do que seja, mal tendo entendido o que o Alcorão diz.

As chamadas “autoridades educacionais” da Turquia deram uma revisão geral. E foi aí que veio a machadada. Nada de Evolução nos colégios. Só que eles são mais diretos e não ficam de trapaça dos fundamentalistas do Bible Belt, que inventaram aquela palhaçada de “Design Inteligente”. Proibiram e tá proibido, não tem essa de desculpinha. Foi algo mais ou menos assim

Aqui, ó. Esse negócio é complicado e ninguém aqui vai/quer aprender. Se fode aí e enfie Darwin na bunda!

De acordo com os gênios educacionais turcos, os alunos precisam de “antecedentes” para poder compreender as premissas e hipóteses, ou então eles não conseguirão entender. Onde eles entenderiam estas premissas e hipóteses? Nas aulas, mas eles não conseguem entender, pois o conteúdo foi removido das aulas, então aí mesmo que é retirado o ensino de Evolução, j[á que os alunos não têm como entender, já que poderiam entender se não tivessem retirado Evolução dos currículos e os professores pudessem ensinar.

Ficou claro agora?

O medo religioso por causa de uma simples teoria científica já mostra o quanto essa fé que dizem ser forte, na verdade, é mais frágil que porcelana vagabunda. O grande coração de ferro na verdade é gelatina ao sol. A fé que move montanhas é tão fraquinha quanto um floquinho de neve numa chapa quente.

Sim, pequenos religiosos. Vocês são patéticos e frágeis. Nem vocês mesmos acreditam na sua religião, ou ela jamais seria abalada. Eu até sentiria tristeza de vocês, mas como eu penso que religião é um câncer sociológico, entendo que só pela força mesmo vocês tentam calar. Bem, tentem muito. Já sabemos do que vocês são feitos e o deus que vocês dizem existir, deve estar bem desinteressado em receber vocês, mas não se preocupem. Todos sabemos que nada disso existe, então, vocês não correm perigo.


Fonte: Ars Technica

Vilão da vez: Hand Spinner do Mal
O mau comportamento que visa ensinar bom comportamento

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!