Brasil misógino proíbe mulheres de mostrarem o rosto ao apresentar telejornal. NÃO! Foi o queridinho Afeganistão

Da série: Brasil é o pior lugar do mundo para ser mulher. Afinal, vocês sabem: mulheres aqui não tem direito a nada, não podem fazer nada. Você jamais teria âncoras de telejornal mulheres ou mesmo com o cabelo descoberto e menos ainda mostrando o rosto. Bom mesmo é o Afeganistão. Continuar lendo “Brasil misógino proíbe mulheres de mostrarem o rosto ao apresentar telejornal. NÃO! Foi o queridinho Afeganistão”

Talibã amorzinho impede safadeza de marido e esposa andando juntos

Eu adoro o pessoal do Talibã. Um dos motivos é que eles até podem fingir algo que não são no início, mas sempre rejeitam a modernidade e voltam a abraçar a tradição de agirem feito os escrotos de sempre. Dessa vez, eles estipularam que hômi andar com muié dá jacaré (hein? Ah, vai ficar assim mesmo), é haram, é pecado, é sem-vergonhice. Como? NÃO, TAMBÉM NÃO PODE HÔMI COM HÔMI, SEU PERVO!

Moral da história: Talibabacas proibiram homens e mulheres de jantarem juntos e visitarem parques ao mesmo tempo.

Lhe prevenindo andar junto com idiotas, esta é a sua SEXTA INSANA! Continuar lendo “Talibã amorzinho impede safadeza de marido e esposa andando juntos”

Mulher saudita ameaça: Ou dá o divórcio ou saio pelada na rua

Casamento é complicado, e alguns deles não dão certo, o que acaba em separação e divórcio. Isso pode ser traumático para as partes, ou uma delas. Mas também tem o lance que um deles está tão de saco cheio que mete o louco, caso contrário fica preso ou presa num mundo de doideira. Um exemplo disso é uma mulher que ameaçou o marido de sair andando pelada pela rua se ele não desse o divórcio, e isso foi num país islâmico!

Me despindo das maluquices diárias, esta é a sua SEXTA INSANA! Continuar lendo “Mulher saudita ameaça: Ou dá o divórcio ou saio pelada na rua”

No Irã, divisão pré-crime já fica de olho se a mulher engravida. Vai que queira abortar!

Texas Irã podem andar de mãozinhas dadas. Não tanto por causa da religião, mas por ambos detestarem abortos. Mas há algumas diferenças. Primeiro, no Texas o aborto é proibido mas não tem pena de morte (ainda), enquanto no Irã não é tão bonzinho assim. Em segundo lugar, no Texas esperam acontecer primeiro para depois processar. No Irã, a “Justiça” é um pouquinho mais rápida e denunciam mulheres grávidas antes de qualquer coisa, já para prevenir que elas sequer tenham a ideia de fazer um aborto.

Sabendo que há coisas que só o Fundamentalismo religioso pode proporcionar, esta é a sua SEXTA INSANA! Continuar lendo “No Irã, divisão pré-crime já fica de olho se a mulher engravida. Vai que queira abortar!”

Talibã diz que gays devem ser mortos por um muro desabado sobre eles, mas é a Religião da Paz™

Todo mundo sabe que o Brasil é o pior lugar do mundo para ser gay. Por isso, ninguém assume publicamente, não existe parada gay, artistas ficam trancados no armário de concreto e carnaval e marcha de carmelitas descalças são praticamente a mesma coisa. Imaginem se políticos como governadores iriam se declarar homossexuais!

Já o Afeganistão é um pouquinho pior que o Brasil. De acordo com um dos juízes do Talibã, gays serão esmagados até a morte por meio de uma parede sendo derrubada sobre eles. Essa é a Religião da Paz™. Continuar lendo “Talibã diz que gays devem ser mortos por um muro desabado sobre eles, mas é a Religião da Paz™”

Islã tenta foder com hindu depois do matrimônio

Eu gosto da Índia. Eles tem uns filmes bem legais (recomendo o Baahubali, que tem na Netflix). O problema é que é um cantinho do mundo…. como direi?… uma merda. Sim, é isso, uma merda. Eu não queria morar lá mesmo que fosse um marajá. Imagine um lugar tão tosco, mas tão tosco, mas tão tosco que trata vaca como gente e gente como bicho.

Semana passada, deu ruim na terra do deus Jotalhão. O motivo? Casamentos inter-religiosos. Mas calma que isso é só o início da celeuma.

Continuar lendo “Islã tenta foder com hindu depois do matrimônio”

Camelinhos de Allah têm ataque de pelanca e fecharam restaurantes. Porque sim!

Faz tempo que não falamos nada dos nossos amiguinhos jóqueis de camelos. Um lugar maravilhoso por aquelas bandas é o Irã, uma teocracia como todas as teocracias (idiota), baseada numa maluquice qualquer que nem eles entendem direito. Isso leva a coisas esquisitas, como a polícia religiosa sair e dar uma de fiscalzinho brasileiro para fechar 547 restaurantes.

Não que precise de motivo, mas eles deram assim mesmo: violação da moralidade islâmica. Ah, bom, aí, sim! A diferença é que aqui você resolve com o fiscal enquanto lá o fiscal que resolve você, se é que vocês me entendem.

Continuar lendo “Camelinhos de Allah têm ataque de pelanca e fecharam restaurantes. Porque sim!”

Brasil é o pior lugar do mundo para ser mulher. Irã diz: Segura meu Maomé

O Brasil é o pior lugar do mundo para ser mulher. Todo mundo sabe disso; principalmente quem não sabe o que rola nos países islâmicos, ou quem finge que não sabe o que rola nos países islâmicos. O Irã, por exemplo, um maravilhoso lugar que eu quero é distância. Prefiro ir com a camisa do BOPE dar um rolé no Complexo do Alemão. Tudo bem que eles têm sérios problemas com todo mundo, mas parece que se você for mulher, eles têm um “carinho” todo especial, ainda mais se você abrir a boca. Então é chibatada, mesmo e está com sorte se não tomar uma pena de morte.

Comendo um bacon e oferecendo pra um xiita, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Brasil é o pior lugar do mundo para ser mulher. Irã diz: Segura meu Maomé”

Seguidor de Allah mata criança que não era muçulmana escocesa

Pecadores, pecadores por todos os lados. Uma ignomínia ambulante, apostatas que não se tocam do quão nocivos são. É preciso tomar uma atitude! E um taxista assim pensou e este taxista assim procedeu. Ao levar mãe e filho para visitar o santuário do profeta Maomé em Medina, o taxista perguntou se eles eram xiitas. Eles eram. Como um servo de Allah, o Exaltado, o taxista quebrou uma garrafa e rasgou a garganta da criança. Ninguém o impediu. Um policial se deu conta tarde demais. O servo de Allah foi detido e preso, mas ele está consciencioso que fez o que sua convicção religiosa decidiu que tinha que ser feito: acabar com essa praga de gente que não é muçulmana de verdade.

Continuar lendo “Seguidor de Allah mata criança que não era muçulmana escocesa”