Brasil apresenta o SUS da pseudociência

Ciência diz ao paraplégico: levanta e pegue este copo d'água
A eletrizante superfície de Titã

O SUS nem de longe é o pior dos sistemas de saúde públicos. Para começar, muitos países de primeiro mundo sequer contam com um (ou um decente). O problema do SUS é que 1) a população é sem-noção e vai para o pronto-socorro sem ser em caso de emergência, basicamente para pegar atestado. Lotam aquela bosta, mas o cara prefere ficar 4 horas na fila para não ter que ir trabalhar. Não tente entender. 2) Políticas imbecis que colocam pseudociências vagabundas (desculpem o pleonasmo).

Agora, o SUS fez o grande favor às pessoas de ayurveda, quiropraxia, ioga, shantala, arteterapia, biodança, dança circular, meditação, musicoterapia, naturopatia, osteopatia, reflexoterapia e reiki entre as práticas no SUS. Se der, a verba deixa contratar médicos e remédios da medicina de verdade.

Estas bobagens foram incluídas na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares. O nome é longo e se resume em “Placebo Institucionalizado”. Seu bebê está passando mal pra cacete? Calma que vai ter uma tia fazendo umas massagens nele e depois manda pra casa. Vacinação? Não dá tem muita química e química faz mal. E pare de beber água também. 100% de todas as pessoas que bebem água morrem. Hitler bebia água. Pedófilos bebem água. Só seu Juca da esquina, aquele cachaceiro, que no máximo bebe aguardente.

Está com sérios problemas? Vá para a musicoterapia. Lá tocará música e você fica bem. Ou pode usar Spotify ou ainda um rádio (pergunte aos seus pais). Biodança… Who? Reiki. Adoro Reiki. É tipo usar a Força ou transformar em ciência algo que não é diferente de “receber passe” em centro espírita. O fato de uma menina de 10 anos provar que isso não passa de lorota é secundário.

Quando você for se tratar (e não apenas pegar atestado) e tomar com uma porta fechada pois não há ortopedia ou as máquinas de ultrassom estão com defeito, quando você tiver que agendar consulta e lhe disserem que só em 2018, lembre-se que tem verba para ter gente de pernas cruzadas, de olhos fechados, curtindo uma ioga, com dinheiro público. Quando seu tratamento não é nada diferente de ligar um canal no YouTube e ficar fazendo nada, vemos que chamar isso de “medicininha de merda” é exagero. Nem “medicininha” pode ser chamada. Porque, se medicina alternativa funcionasse, seria chamada apenas “medicina”.

Parabéns, Brasil. Você transformou em realidade o sketch do Plantão Médico Homeopático.


Fonte: G1

Ciência diz ao paraplégico: levanta e pegue este copo d'água
A eletrizante superfície de Titã

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!