Casal hiponga deixa bebê morrer por desnutrição. Darwin errou o alvo

Suplemento alimentar faz flatulência de vaca ter menos metano
Ladrão tosco alega que assalto era para cumprir pacto com Shareware

Palhoça fica na Grande Florianópolis. Lá tem uma comunidade alternativa, cheia de hipongas. Vocês sabem, esse pessoal que tem grande ligação com a Natureza, principalmente em se tratando de certas plantas que se usa para aspirar seus vapores depois de enroladinhas. É praticamente um DCE gigante.

Bem, dois retardados moram lá, num lugar lindinho chamado Vale da Utopia <trilha sonora da Noviça Rebelde>. Como a única cabeça necessária para procriar não precisa necessariamente ter massa encefálica dentro, eles tiveram uma filha. O problema, é que esses dois imbecis acharam que tinham que tratar a criança sem alimentação que prestasse, e o bebê morreu por des… MORREU DE FOME! 3 Meses de idade!

Guilherme Smanioto Vieira Paula é um inútil de 30 anos e que largou a faculdade de Geografia para ser hiponga, junto com uma retardada chamada Fabíola Vieira Skowron, de 26 anos, largando Joinville para ir morar nesta merda chamada Vale da Utopia, que é área de preservação ambiental, assim, não pode ter casas, ou seja, estavam praticamente vivendo no mato.

A criança teria nascido de nove meses depois e o parto foi realizado pelo próprio casal. Obviamente, nada de pré-natal, o bebê não tinha registro civil e muito menos passado por um médico. Isso é coisa de gente burra, pois a Natureza está aí para nos mostrar o quanto ela é boazinha. Bem, a Seleção Natural não tem melindres, não tem princípios. É só a Natureza fazendo o que melhor sabe fazer: deixar quem tem condições de viver continuar vivendo.

Esses dois criminosos (contem comigo: invasão de área de preservação ambiental, maus tratos de incapaz, não registro de criança recém nascida, não fazer pré-natal, negar assistência médica, não alimentar corretamente… estou esquecendo algo?) alimentava a criança não com leite. Mamãe hiponga alegou que tinha dois siliconões nos peitos, mas os retirou. Isso acarretou que ela não podia amamentar (aham, me engana que eu gosto), daí começaram a dar pra criança óleos, sementes trituradas e leite de coco. Este ensopado de bruxa que davam para um bebê se alimentar. Porra de vegans malditos!

Ah, sim, mas eles coavam, tá? Sério, eu queria muito ficar uns 10 minutos com esses dois, para fazê-los entender os seus erros, de forma educada, controlada e o mais didática possível:

No sábado, dia 1º, 5 amigos que estavam fazendo trilha pela região deram de cara com esses dois (escreva seu xingamento aqui. Quanto mais cabeludo, mais merecido) e mais Ana Lu, o bebê, no colo e mais duas mulheres com mais uma criança de aproximadamente um ano e meio, provavelmente, outras hipongas. Os amigos conversaram com a galera, viram que a criança não se mexia, mas papai e mamãe que acabaram sendo full retard (e nós sabemos que nunca se deve ser completamente retartado) e só chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, SAMU, no domingo. Era tarde demais.

O pessoal do SAMU fez apenas a segunda coisa a ser feita: levá-los pra delegacia (a primeira seria meter a porrada em todo mundo, mas foram profissionais. Não garanto que eu agiria assim).

Guilherme e Fabíola (recuso-me a chamá-los de "pai" e "mãe". Pais não assassinam filhos de maneira torpe) foram pro xilindró e estão vendo Ashtar Sheran nascer quadrado. Ligaram para a tia-avó de Ana Lu, que veio hoje de Ponta Grossa, Paraná, com uma procuração pronta para aqueles dois desclassificados assinarem para autorizá-la a fazer o registro de nascimento num cartório da cidade e, posteriormente, o atestado de óbito, de forma a levar o corpo da menina para sepultar em Ponta Grossa.

No depoimento, este sacripanta contou ao delegado que Ana Lu morreu na lua de domingo, por volta das 22h. mamãe hiponga falou que a menina "transcendeu, virou luz e vai iluminar a Terra".

NÃO, SUA VACA!!!!!!!

Esta menina foi morta, assassinada por você, sua energúmena e o babaca do seu marido. Ela vai pra terra, sem nem ter tido a chance de viver um aninho sequer, e agora virará comida pra vermes. Cadeia é pouco para vocês dois! Aliás, não… Cadeia é o lugar indicado para você e o inútil do seu maridinho. Não sem antes avisar a todos os seus companheiros de presídio o que você e seu marido, dois assassinos psicopatas, fizeram. Sua menina ainda teve uma duração de 3 meses, vocês? Nem isso.

Claro que o Estado garantirá a sua segurança. É a lei, e temos que segui-la. Ainda assim reservo-me no direito a ter minha ideia sobre as aplicações da Pena de Morte reforçada. Vocês não são nem animais. Nem mesmo animais fazem isso, em toda luta pela sobrevivência.

SE condenados (porque ainda alguém pode defender alguma espécie de insanidade ou coisa parecida), a pena por maus-tratos agravado por morte é de 4 a 12 anos e PODE aumentar por se tratar de um menor de 14 anos. 

Óleos, extratos, castanha, sementes… E essa desclassificada era formada em enfermagem! Me recuso a acreditar que os cursos lá sejam tão ruins assim. O babaca é de Geografia e eu nem tenho coragem de sacanear amigo meu professor de Geografia, pois ninguém merece ser comparado com infanticida. Até mesmo a infinita zueira tem que ter limites!


Fonte: G1

Suplemento alimentar faz flatulência de vaca ter menos metano
Ladrão tosco alega que assalto era para cumprir pacto com Shareware

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!