Pesquisa mostra que vegetarianos não são tão saudáveis assim

Meu artigo sobre Veganismo tem mais de 400 comentários (ver Veganismo Desmascarado). Na tentativa desesperada de defender a religião da Nossa Senhora da Alface, os adoradores do Brócolis Sagrado escreveram muitas batatadas, como colocar artigos e mais artigos provando que qualquer pessoa pode viver muito bem sedo apenas vegetariana. Curiosamente, ou os artigos falam de refeições "equilibradas", consumindo também quantidades generosas de leite e ovos (porque, né? Leite e ovos são de origem vegetal) ou forte suplementação alimentar, como vitaminas B12, aminoácidos essenciais, ferro, zinco etc. A excelente e perfeita nutrição à base de vegetais são tão completas que precisam de complementos. Spot the error.

Agora, saiu uma pesquisa apontando que ditas vegetarianas não são tão saudáveis assim. E, claro, mimizentos alegaram o óbvio: a maldita indústria da carne está financiando desinformação!

A drª Nathalie Burkert trabalha na Sociedade Austríaca para a Saúde Pública e é pesquisadora da Universidade Médica de Graz, na Áustria. Ela chefiou uma pesquisa estuda hábitos alimentares e como isso influencia na saúde das pessoas.

Burkert e sua equipe entrevistaram mais de 1.300 pessoas, de diferentes faixas etárias. O que os pesquisadores descobriram foi que os vegetarianos eram mais propensos a se sentirem saudáveis. O problema é que os dados apontam que pensar não é o bastante, já que existe um fator chatinho chamado "Realidade", e ela mostrou que a sua saúde física e as relações pessoais estão abaixo da média. Às vezes, o Efeito Placebo não é suficiente para garantir que sua saúde seja melhor.

O trabalho de tia Nathalie indicou que as condições de vida dos vegetarianos têm indicado que eles têm uma pior condição subjetiva de saúde, mais restrições de saúde e aumento de alergias e incidência de câncer, além de doenças mentais; e eu não farei piadinha sobre a última parte.

O estudo também mostra que os vegetarianos têm um índice de massa corporal inferior e afirmam que beber menos bebidas alcoólicas. Curiosamente, isso não foi o bastante para garantir uma melhoria na saúde. E, particularmente, não consigo ver relação de ser vegetariano e consumir menos bebida alcoólica, apesar de, segundo os próprios vegetarianos, comer carne e ter grandes tendências a beber litros de cerveja serem intimamente ligados. Afinal, o problema na saúde é comer a carne ou encher a cara de cachaça?

De acordo com este comentarista (leiam toda a thread. Foi divertido!) — que tentou de todo modo defender que os links das pesquisas que ele postou mostravam que ser vegetariano era muito mais saudável — qualquer um pode viver mais e melhor com dieta "bem planejada". O interessante foi que nas publicações que ele trouxe, o planejamento era consumir leite e ovos no lugar da carne ou, que a pessoa se enchesse de suplementos alimentares.

Mas se a alimentação vegetariana é suficiente e carne faz mal, por que precisam de suplementos alimentares. E por que tomar suplementos se pode-se comer um bife? Comparar a adição de iodo no sal de cozinha e tomar suplementos polivitamínicos para suprir a carência causada pela não ingestão de carne é meio forçar a barra. E o caldo ainda entornou quando ele mencionou a Índia como exemplo de alimentação vegetariana, quando ela lidera o ranking de mortalidade infantil. Então, apela-se mencionando nuggets e batata frita. O primeiro praticamente não tem carne, e o segundo… bem, eu não sei, mas sempre ouvi falar que batata e soja (de onde vem o óleo de fritura) são vegetais.

Segundo o trabalho de Burkert e sua equipe, publicada na PloS One, a dieta mediterrânea, que contém frutas e vegetais e um pouco de carne, é mais saudável do que um estrito regime vegetariano. As pessoas no estudo que consumiram uma dieta mediterrânea disseram se sentir mais saudáveis e tinham menos doenças crônicas do que os vegetarianos. Eles tinham uma melhor saúde, melhor qualidade de vida e menos necessidade de visitas aos médicos.

Claro, os fanáticos religiosos vegans já estão vociferando por aí que a pesquisa foi financiada pela indústria da carne, como se a Associação Mundial dos Açougueiros tivesse um poderoso lobby nas universidades para que publicassem pesquisas desse porte.

É… creio que a pesquisa está certa sobre a parte de problemas mentais.

12 comentários em “Pesquisa mostra que vegetarianos não são tão saudáveis assim

  1. E nem precisavam publicar uma coisa que a maioria dos mais instruídos, sobre alimentação, já sabemos. Somos onívoros e precisamos de tudo um pouco para ficarmos saudáveis por mais tempo.

  2. Os discursos em torno desse assunto sempre são acompanhados por ameaça de morte. O curioso é que os adultos são tratados como crianças pelos defensores do prato verde, ou seja, mal podem escolher o seu alimento.

  3. Isso mesmo, do jeito que a coisa vai, vamos comprar tomate com se compra melancia, por pedaços, pobres vegans! rsssss! :mrgreen: :shock:

  4. @André,

    A pesquisa não indica que a dieta vegetariana é a causadora de doenças crônicas e problemas de saúde, apenas relaciona pessoas com dieta vegetariana a doenças.
    “Our results have shown that vegetarians report chronic
    conditions and poorer subjective health more frequently. This
    might indicate that the vegetarians in our study consume this form
    of diet as a consequence of their disorders, since a vegetarian diet
    is often recommended as a method to manage weight [10] and
    health [46].”

    “Mas se a alimentação vegetariana é suficiente e carne faz mal, por que precisam de suplementos alimentares. E por que tomar suplementos se pode-se comer um bife? ”
    A vitamina B12 é removida da água que bebemos no processo de filtragem, então substituimos adicionamos suplementos à nossa alimentação, ou comida que é fortificada com B12, assim você não precisa tomar suplementos.

        1. MONTHLY SURVEY OF VITAMIN B,, CONCENTRATIONS IN SOME WATERS OF THE ENGLISH LAKE DISTRICT

          Algumas… águas do Lake District na Inglaterra. Puxa, eu não sabia que só havia um manancial hídrico!

          RESULTS
          The results are shown in Fig. 3. In the filtered lake water assays, values of less than 1 μμg/rnl were not considered calculable from the assay standards and have been omitted; for the material off the filters, where in effect, 50 ml of extract represented 500 ml of original lake water poured through the filter, the corresponding lower limit is 0.1 μμg/ml.

          Pesquisa quanto é um micromicrograma pra mim, sim?

          Com tanta vitamina B12 lá, por que suplementos alimentares?

          By the way, não gosto muito de gente covarde que se esconde. Considere-se impedido de postar.

Deixe uma resposta para Tírrel Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s