Quando e onde os cães se tornaram cães?

A origem dos cães domésticos ainda é incerta.. Sabemos, através de marcadores genéticos, que a separação entre cães e lobos modernos se deu no final do Pleistoceno. Acreditava-se que os primeiros cães viram a luz do dia há cerca de 14 mil anos, na Europa e no Oriente Médio, mas os cães do sudeste asiático só surgiram há cerca de 7.000 anos (ver Agricultura ajudou a fazer cães serem cães), mas isso ainda está sendo debatido, pois não existe verdade suprema em Ciência. Ela sempre está revendo seus conceitos.

Agora, novas pesquisas mostram que a origem dos cães pode não só não ser nesses lugares, como muito tempo antes do que se imaginava.

Fósseis de canídeos foram encontrados na república de Altai, um pseudo-país que faz parte da Federação Russa, tem vastos 92.600 km2 e possui 202.937 habitantes (área da cidade do Rio de Janeiro: 1.260 km2; 6,32 milhões de habitantes. Aquela porcaria do Altai é quase um condomínio abandonado).

A domesticação começou lá pelos idos do início da agricultura (você leu o link acima, não é?). E o dr. Olaf Thalmann – do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade de Turku (na Finlândia) – resolveu estudar e reavaliar a relação genética de um dos cães mais antigos, já encontrados.

O fóssil encontrado tem 33 mil anos e é esta gracinha aí do lado. Faz cuti-cuti aí no Rex, faz. De acordo com o artigo publicado na PloS One, eles analisaram o DNA e examinaram ??413 nucleotídeos da região de controle mitocondrial e ZZZZZZZZZZzzzzzzzzz.

Resumindo a parada, os exames revelaram que o fóssil pertenceu ao ancestral desta fera assassina que você tem em casa (estou falando do chiuhaua que você tem aí e não a sua sogra). Se você tem pinimba com a PloS One, pode ler o artigo da Science.


Sepultura de um cão em Greene County, Illinois. Cerca de 8.500 anos atrás.

Thalmann e seus colaboradores estudaram fósseis de 18 animais semelhantes a lobos e canídeos de mais de 36 mil anos, na Argentina, Rússia, Bélgica, Alemanha e Estados Unidos. Eles não apareceram aqui, porque o elo ancestral comum entre capivaras e manifestantes que depredam institutos de pesquisa podia querer libertá-los.

O DNA dos cães modernos mostraram semelhanças com o material genético dos espécimes antigos europeus e lobos europeus modernos. Assim, é muito provável que os cães começaram a se achegar aos primeiros homens antes da agricultura ser inventada, quando caçadores-coletores realmente precisavam de um amigo para suas andanças nos caminhos de um planeta hostil, onde tudo estava a fim de matar as pessoas, como se fosse uma gigantesca Austrália.

Entender a história dos cães é entender nossa própria história. Nós os ajudamos a serem cães. Eles nos ajudaram a sermos homens. A  simbiose entre nossas espécies nos deu muitos benefícios, como nos ajudar a cuidar de nossas casas, nos divertirmos, nos sentirmos seguros, brincar com nossos filhos, morder a bunda dos vizinhos chatos e espantar animais ferozes, enquanto lhes demos casas (antes mesmos de NÓS termos uma casa), um lugar quente para dormir, comida e companheirismo, pois esses cães também gostam de nossa companhia. Desde as estepes russas até caçadores-coletores, cães sempre foram companheiros e sempre serão, pois ainda que andemos, nós e eles, pelos vales das trevas, não temeremos mal algum, pois podemos contar sempre um com o outro.


A imagem de abertura é uma arte rupestre de Madhya Pradesh, na Índia. Data incerta.

4 comentários em “Quando e onde os cães se tornaram cães?

  1. “…analisaram o DNA e examinaram ??413 nucleotídeos da região de controle mitocondrial e ZZZZZZZZZZzzzzzzzzz…..”
    Fico pensando, não deve ser fácil para o andré ler todos estes periódicos e transformá-los em algo “palatável” para o público que, apesar de interessar-se por Ciência, não “manja dos paranauê” :grin:

    Só posso agradecer por todo este trabalho…..

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s