Genética confirma o que todos sabiam: Tigres são máquinas de matar

Tigres são lindos, maravilhosos e praticamente um Exterminador vivendo na selva. Aquela coisa foi feita para duas coisas: 1) Matar; 2) Devorar o que matou. Disso, todo mundo sabe, inclusive quem viu de perto, mas teve pouca chance de explicar às pessoas em maiores detalhes, já que fragmentos de ossos, músculos e demais tecidos não falam.

Pela primeira vez, foi sequenciado genoma do tigre, e mostra como os grandes felinos evoluíram para matar. com extrema eficiência e nem mesmo Sarah Connors conseguiria escapar.

O dr. Jong Bhak trabalha na Fundação de Pesquisa Genômica da Coreia (a do Sul, a pior delas). Ele trabalhou no sequenciamento do genoma do tigre siberiano (Panthera tigris altaica). Este bichano foi escolhido, pois é alvo de caçadores e está correndo risco de extinção. Assim, entendendo o genoma do maledetto, procura-se meios para preservar a espécie, se bem que eu acho que isso é meio controverso. Até que ponto temos o direito de decidir qual espécie vai pra vala da Evolução, e quais se mantém vivas?

Este monstro alaranjado chega a quase 4 metros de comprimento, pesando 300 kg, sendo o maior felino selvagem do planeta. Nem mesmo leões africanos chegariam perto desta coisa. Ursos siberianos fogem dele. EU fujo dele!. Ele é mau, um caçador nato e não hesitará em te convidar para o jantar, sendo você o convidado principal. Aqui, um exemplo de como esta coisa caça:


Soft kitty, warm kitty, little ball of fur. Sleepy Kitty, purr purr, purr… FLY YOU FOOLS!

Bahk e seus colaboradores resolveram examinar o badass tigre primeiro para saberem que diabos o tornou diferente de outros felinos. Aquela porcaria de gato mandaria pra vala qualquer coisa que se atrevesse a ficar no caminho dele. Mas como ele chegou nisso? Se Evolução existisse, seria uma explicação!

Pegando amostras do DNA de um tigre siberiano macho de nove anos, que vive feliz no Zoológico Everland, na Coreia do Sul, Bahk o comparou com as informações genéticas do tigre de Bengala (Bengala é uma região. O tigre não é manco), do leão africano (encontrado na África) e do leopardo da neve.

A comparação mostrou que geneticamente todos os gatos malvadões daí de cima são muito próximos, o que não é nenhuma surpresa, afinal. Isso demanda um melhor detalhamento de todo o genoma deles, isto é, mapear completamente os genes do felinões para saber em que ponto da história evolutiva eles se separaram e onde se deu esta separação. O trabalho foi publicado na Nature Communications e é texto integral, pois paywall faz Jesus chorar. Divirtam-se!

Logo de cara, algumas diferenças se sobressaíram, como um gene que está envolvido na adaptação a lugares mais altos, onde o ar é rarefeito. Ou seja, correr pro alto da montanha não é garantia, e se você e seu amigo estiverem fugindo de um tigre siberiano, lembre-se: você não precisa correr mais que o tigre. Basta correr mais que seu amigo.

A pesquisa revelou que o seu querido Felis domesticus ("gato", para os íntimos) tem genes caçadores também, ainda mais quando ele cisma em lhe trazer presentinhos adoráveis como ratos decapitados, pombos estraçalhados, rotweillers… tá, exagerei.

Mapear os genes desses grandes felinos nos fará entender como e quem ele é realmente. De onde é, onde estava e para onde deve ir. É meio complicado ficarmos impedindo a Natureza seguir seu curso, mas a matança indiscriminada não é tão fator natural assim;. Entretanto, a própria Evolução nos fez os predadores mais perigosos. Está em nossa essência, em nosso instinto e, talvez por isso, promover tais extinções seja, sim, um processo natural, já que a Natureza está pouco se lixando para quem vive ou morre.

Mas até mesmo eu, que já endurei corações de muitos faraós, fico admirado com a beleza dos tigres. Sempre foram meus felinos favoritos, mas guardando certa distância. De acordo com a Teoria de Schrödinger, quando da presença de um tigre siberiano, a uma distância de cerca de 20 metros, você está vivo e morto ao mesmo tempo…

Até o momento em que ele olhar para você.

7 comentários em “Genética confirma o que todos sabiam: Tigres são máquinas de matar

  1. Gatos são magníficas e elegantes máquinas de caçar, matar e devorar suas presas (os molares felinos não trituram, apenas picam a carne crua em pedacinhos) e nós, pequenos e grandes, temos muito orgulho dos resultados de nossa evolução. Pena que alguns primatas bípedes e pelados, que acham que são grande coisa por causa de seus inventozinhos deselegantes e toscos, resolveram transformar alguns dos mais belos exemplares de nossa variada família em tapetes e bolsas de madame…

  2. Animais assim engrandece a beleza da natureza. O mundo pode ser chato, mas tem suas atrações. Espero qie futuramente essa pesquisa genômica impeça a extinção deste como os demais animais. Só lembrando que não é porque somos badass que vamos jogar todos os outros animais pra vala.

    Ah, por falar em genomas, olhem isso aqui
    Pode isso Arnaldo, digo, André?

    1. As inumeras doenças genéticas são o quê? A prova que Deus não só existe mas é um filho da puta? Procura por “teratologia” no Google. Mais arrepiante que todos os filmes de terror juntos.

      1. Tudo se encaixa perfeitamente. Doenças genéticas monstruosas, pedronas FDP prestes a atingir a terra, crentes sadomasoquistas, o AT bíblico… O cara existe e sádico é pouco para lhe descrever sua essência.

  3. Por falar em tigre André, você já viu isso:

    http://revistagloborural.globo.com/Revista/Common/0,,EMI342672-18071,00-GUINNESS+ELEGE+LIGRE+DE+KG+E+M+DE+COMPRIMENTO+O+MAIOR+FELINO+DO+MUNDO.html

    Apesar de ter herdado genes de dois dos predadores mais mortais da terra, e ser um lindo animal, creio que pelo tamanho e peso esse “Ligre” não sobreviveria muito na natureza, deve ser lento e tenho duvidas sobre a capacidade de seu corpo em se sustentar.

    1. Ligres não sobreviveriam na Natureza pelo simples motivo que são estéreis, que nem burros e mulas. Não são espécies férteis. Agora, pense no maravilhoso tigre de dentes-de-sabre.

      (como sempre, os comentários em sites de notícia acabam se tornando um viveiro de idiotas)

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s