Brasil está com filme queimado junto à ESO. Eu bem que avisei!

O problema do Brasil é… bem, eles começaram em 1500. O pior é a santa credulidade que muitas organizações insistem em ter, pensando que somos o país do futuro. Nós deixamos de ser o país do futuro depois que a Primeira Expedição Exploradora veio aqui e Gaspar de Lemos resolveu que daqui não sairia grande coisa. Infelizmente, o rei insistiu e o luso teve que voltar aqui, com Américo Vespúcio servindo de feitor. Apesar de hoje ser o dia do protesto contra o caldo verde, digo, do SOPA, você pode ter UM MUNDO de informações sobre Gaspar de Lemos na Wikipédia lusófona. Como sou ráquer, eu consegui burlar a tela preta de kernell panic da wiki em ingrêis. (sim, eu usei a dica do Ghedin).

Entrando logo no assunto, O Brasil mais uma vez mostra a que veio e está sendo acusado de atrasar construção do "telescópio boladão" que a ESO — European Southern Observatory (Observatório Europeu do Sul) — está construindo, em convênio com vários países. Sabem a minha posição sobre isso? "Eu te disse! Eu te disse!"

Em 5 de setembro do ano passado, eu noticiei o convite feito pela ESO para o Brasil fazer parte do projeto. Eu declarei meu ceticismo quanto a isso e, como podemos ver, novamente eu tenho razão, algo que há muito tempo tornou-se corriqueiro. Minhas palavras foram:

As pessoas podem até achar um máximo a pesquisa espacial e a participação dos países em projeto neste sentido. Eu sou uma delas… mas não para o Brasil. Não conseguimos desenvolver tecnologia suficiente para matar uma droga de mosquito, tendo que todo ano ficarmos alarmados com a dengue. Ficarmos sonhando que o Eike Batista trará uma fábrica de iPads para o Brasil pode parecer muito, mas quando vemos as filas de hospitais, onde não há material cirúrgico e sequer giz para professores em colégios estaduais, temos que pensar: é realmente necessário e responsável sonhar (só sonhar) que devemos nos meter com um projeto do porte dos da ESO?

Continuamos tendo problemas com enchentes, com mosquitos da dengue, com falta de luz e aeroportos fechando se uma andorinha passa voando e encobre o sol por alguns segundos. Então, só alguém bem idiota acreditaria piamente que o Brasil tem mais responsabilidade que uma criança de 5 anos de idade, apesar que aos 7, Mozart já compunha sinfonias e Gauss era mais inteligente que o pessoal do Ministério de Ciência e Tecnologia (até meu hamster com síndrome de Down é). De acordo com notícia veiculada pela Folha (ahá! É coisa da Imprensa Golpista!), Tim de Zeeuw, diretor-geral do ESO disse que a construção do maior e mais avançado telescópio espacial do mundo está atrasada por causa do Brasil.

A NASA, a essa altura, está falando algo como "nós avisamos àqueles idiotas, mas ninguém nos dá ouvidos". Pelas negociações iniciais, o acordo deveria ter sido enviado para o Congresso até dezembro do ano passado, e as contribuições financeiras deveriam ter começado em 2012. Zeew disse que essa demora é algo que surpreende muito, especialmente com as condições que foram oferecidas. Infelizmente, Zeeuw merece tomar essa pela cara, já que preferiu fazer negócios com o Brasil, ao invés de dar atenção a nós, moradores de Tuvalu. Agora, chora na cama que é lugar quente, se bem que o Brasil não deu a grana pra comprar o colchão. Mal aê.

O Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (3 coisas que juram existir aqui, mas tenho minhas dúvidas) ficou de mimimi dizendo que não tinha dinheiro, pois os  250 milhões de euros eram "um volume elevado de investimentos para o orçamento e as demandas de ciência e tecnologia" (fonte). Minha avó balança a cabeça e do alto de sua confortável poltrona sentencia: "Aqueles de vós que não possuis orifício retrofuricular que não deveis posicionar confortavelmente em assentos". Meu avô, um pouco menos verborrágico, vai direto ao assunto: "quem não tem cu não se senta!". Qualquer um de nós sabe que pare ter as coisas é preciso gastar, a não ser que você não se incomode de cair no cheque especial ou ficar com o cartão de crédito cancelado por falta de pagamento e com o nome no SPC, SERASA e PQP.

Fica aí registrado mais um ato da Ópera-Bufa que é este país, pensando em se colocar entre grandes nações, só porque é o 8º PIB do mundo, mas com um índice salarial semelhante ao Gana.

Obviamente, não é nada disso. Estamos sendo roubados pelos burgueses europeus e a Imprensa Golpista está distorcendo a História, já que revolucionários que somos iremos mostrar como a Esquerda em forte e somos o melhor país do mundo, cuja prova é a quantidade de haitianos que correm para cá.

Nós, tuvalenses, morremos de inveja de vocês.

29 comentários em “Brasil está com filme queimado junto à ESO. Eu bem que avisei!

  1. Pois é, e não é que (desta vez) você não tem razão?
    “O problema do Brasil é…” e desanda a escrever a mesma baboseira que te ensinaram, não é?
    Não podemos participar de projetos de alta tecnologia porque as pessoas que detêm o poder (elites, assinzinho como vosmecê) acreditam que não podemos e pronto.
    “Melhor nem tentar.”
    “Não vai dar certo mesmo.”
    “É muito caro.”
    “Temos outra prioridades.”
    Pois eu acredito que pessoas como você deveriam ser as primeiras a, em vez de dar uma de adivinho (eu te disse…), defender os gastos (investimentos, por fim) em ciência e tecnologia. Quem sabe um dia a cantilena convença a burocracia deitada em berço esplêndido.

    Quanto aos mosquitinhos e outros insetozinhos, além de sua sanha de levar à extinção uma espécie, será que não é porque a maior parte do território brasileiro, desde a separação da América do Sul da África, encontra-se situado entre as linhas do Equador e do Trópico de Capricórnio? E porque construímos nossas cidades, como tão bem não ensinado pela civilização egípcia, nas várzeas dos rios?

    1. Opa! Tava com saudade dos retardadinhos!

      Não podemos participar de projetos de alta tecnologia porque as pessoas que detêm o poder (elites, assinzinho como vosmecê) acreditam que não podemos e pronto.

      elite
      (francês élite)
      s. f.
      O que há de melhor e se valoriza mais (numa sociedade).

      Obrigado pelo elogio, ralézinha. :mrgreen: Os que têm o “Poder” são indústrias que ADORARIAM pegar estes contratos? Penso que não. São os queridos deputados e senadores que, por sinal, os que são maioria votam a favor do governo Só que ninguém trabalha de graça e quem dá o dinheiro? A ralé eleita por vocês, ‘tendeu, petralha?

      Pois eu acredito que pessoas como você deveriam ser as primeiras a, em vez de dar uma de adivinho (eu te disse…), defender os gastos (investimentos, por fim) em ciência e tecnologia.

      Se vc tivesse lido o texto, veria que eu defendo, assim como defendo um aumento real pro salário mínimo e sou contra bancadas evangélicas. Pena que deputados e senadores preferem votar aumento nos próprios salários.

      Quem sabe um dia a cantilena convença a burocracia deitada em berço esplêndido.

      Quem sabe, um dia, professores passem a ter salários decentes, né? Quem sabe um dia seus amados políticos parem de roubar e cassem de uma vez por todas as isenções fiscais dadas a igrejas. ops, esqueci. Temos bancada evangélica e católica no Congresso.

      Quanto aos mosquitinhos e outros insetozinhos, além de sua sanha de levar à extinção uma espécie, será que não é porque a maior parte do território brasileiro, desde a separação da América do Sul da África, encontra-se situado entre as linhas do Equador e do Trópico de Capricórnio?

      Será por que não existe um plano de saneamento básico, onde rios enchem a cada caneco dágua que cai do céu? Será por que cidades como Teresópolis todo ano são devastadas por causa da chuva e tudo fica imuindo por não haver prevenção? Mosquito por mosquito, basta acabar com a casinha dele. Mas quando prefeitos proíbem entidades como a Cruz Vermelha de trabalhar, vemos que posições geográficas significam muito pouco.

      E porque construímos nossas cidades, como tão bem não ensinado pela civilização egípcia, nas várzeas dos rios?

      Os egípcios tinham um sistema administrativo melhor. Que tal?

      1. @André, ^”Eu sou uma delas… mas não para o Brasil.”
        Eu li o texto, aliás leio todos aqui, que por sinal são muito bons.Mas lá no fundo da mente, ou de um blog, a gente sempre tem umas merdas escondidas, não é? Palavras suas. Investimento em ciência e tecnologia é a melhor coisa do mundo, desde que não seja no Brasil. É o que dá para depreender do texto. Mas como sou “retardadinho” deve ter alguma coisa no conjunto de letrinhas que eu não consegui interpretar direito, ops, esquerdo, pois petralhas não podem escrever direito, ops de novo, ih, sei lá.

        1. Eu li o texto, aliás leio todos aqui, que por sinal são muito bons.

          Isso, leia tudo. Um dia vc conseguirá interpretá-los.

          Mas lá no fundo da mente, ou de um blog, a gente sempre tem umas merdas escondidas, não é?

          Chama-se “trolls na área de comentários”.

          Palavras suas.

          Qq blogueiro sabe disso.

          Investimento em ciência e tecnologia é a melhor coisa do mundo, desde que não seja no Brasil. É o que dá para depreender do texto.

          Interpretação de textos é pra fracos. O seu querido governinho deu um corte de 18% no MCT. Isso quando não temos o hábido de despejar cientistas de seu lugar de trabalho. Ciência, aqui, nunca foi prioridade.

          Mas como sou “retardadinho” deve ter alguma coisa no conjunto de letrinhas que eu não consegui interpretar direito

          Começou depois da letra “C” de “Ceticismo.net.

          ops, esquerdo, pois petralhas não podem escrever direito, ops de novo, ih, sei lá.

          Troll banido. Sabemos que daqui não virá nada que preste, mesmo.

  2. O Brasil já está gastando bilhões com a Copa do Mundo, então não há motivos para investir alguns milhões de euros em projetos científicos de grande importância!

    Terra Brasilis é sim o país do futuro, mas este é muito, muito distante, Tiriricas e Romários não deixam dúvidas disso.

  3. O problema do Brasil são os brasileiros… É clichê mas é verdade…
    De que adianta gastar em “alta tecnologia” sem nem tecnologia básica nós temos, é, todo mundo liga idiotamente TECNOLOGIA com ELETRÔNICOS, então o piá compra um notebook e se acha o ser tecnológico… Quero ver um carinha formado nos moldes atuais do ENEM conseguir usar um bagulho desse….
    A propósito, sou da classe vassala, mas quero um dia ser elite…

    1. Teve uma dona que prestou prova pro ENEM pra ver as questões e montar um gabarito. Ela deixou as questões em branco e tirou uma nota MAIOR que a nota mínima. Show, né?

      1. @André,

        André ontem dei uma lida numa reportagem que tratava justamente da sua citação. Sim é um show, show de horrores.

        Sobre a postagem só demonstra o que todos sabemos, que no brasil as coisas são feitas de qualquer forma e sem nenhum compromisso.

      2. @André, notei o show de horror sim. Minha nota de Matemática foi maior que de História/Geografia, mesmo eu tendo tido um grau de acerto excepcional naquela parte.

        Cheiro de fraude, não?

          1. @André, peguei os cadernos por desconfiança mesmo e fiz o teste sem qualquer expectativa quanto ao resultado.

            Prova fraca onde a desatenção tirava mais pontos do que eventuais lacunas no conhecimento da matéria.

            Contrapondo o gabarito que saiu logo depois da prova com o meu caderno, vi que tinha acertado 40 das 45 em geografia. Estranhamente o meu resultado oficial foi rebaixado para pouco mais de 700 nessa parte.

            Em matemática, onde meu nível de acertos foi mais baixo (pouco acima de 30 questões), tive nota próxima a 800.

            Vai entender isso.

      3. @André, tem mais e pior.
        Quando questionou o porquê disso, recebeu uma resposta com erros de português e que não respondia nada, Descobriu que eciste um calculo diferente para provas normais e especiais (para deficientes) o que tornava a prova para deficientes mais dificil que a normal, e não conseguiu uma resposta satisfatória de porquê a nota foi maior que a mínima.

  4. Meretrizes, ignorantes, corruptos, eleitores que votam em palhaços e agora caloteiros. Chamar alguém de brasileiro logo será ofensa.

  5. Sempre há dinheiro para o que não faz diferença e nunca há para o que realmente importa.

    A prefeitura de São Paulo está sendo acionada em centenas de ações judiciais porque não fornecem creches suficientes para todas as crianças. Eles alegam que não tem recursos (coitadinhos). Mas tem dinheiro para dar para a Odebrecht e para o Timico construir um estádio.

    1. @Fátima, creche não dá visibilidade política. Já o negócio do futebol e a obra do vistoso estádio sim.

      Não precisa ser muito esperto para sacar qual a prioridade para os nossos demagogos.

    2. @Fátima, Opa! Falou da Odebrecht, mexeu no meu salário. Deixe o governo continuar a doar as licitações todas para eles. Se não forem eles, são os Galvão. Ou ainda temos a Vale. Enfim, não vamos cortar as parcerias que dão certo, né? E ó só, a Odebrecht ainda é construtora de muitas ETA e ETE no Brasil, isso é um benefício para a população, certo? Ai venho com a minha maior cara de pau (coisa que se aprende rápido nessas reuniões) e pergunto: mas você prefere água para beber e estádio para o futebol de quarta ou domingo, ou escola para seus filhos? … Me retiro, antes do aviso de ban bonito.

  6. No governo dos anos 90, o investimento era nulo. Mesmo com as privatizações, o dinheiro teve outros fins que não educação, pesquisa ou infra-estrutura.

    No governo dos anos 2000 as coisas passaram a mudar, a classe média passou a inflar, a economia passou a crescer, o estrangeiro passou a investir mais no Brasil, investimentos no desenvolvimento do país passaram a ser mais comuns. Da maneira equivocada, muitas vezes, e não estou falando apenas do ESO (que além de equivocada é patética).

    http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?tl=1&id=1214773&tit=Gastos-com-educacao-crescem-apenas-2

    E um dia as coisas irão se acertar? Provavelemente. Talvez daqui a 20 anos, como falou o Ministro da Fazenda certo dia.

    http://veja.abril.com.br/noticia/economia/brasil-levara-ate-20-anos-para-ter-padrao-europeu-diz-mantega

    Mas não é esse meu ponto. Acompanho as postagens do site (muito boas, por sinal no que se refere a religião e ciência, apesar de eu preferir o “inovacaotecnologica” para este ultimo, obviamente por se tratar de um site especifico para o assunto), mas intrigado quando o assunto é política.

    Futebol, pollítica e religião são assuntos polêmicos, e é difícil encarar todos os 3 isento de paixão. Uma prova disso são os comentários políticos lidos por aqui, sempre unilaterais.

    Problemas com enchentes existem no governo peemedebista do RJ? Claro. Existem diversas citações nesse mesmo site. Mas seria só lá? Vamos verificar a vizinhança, do governo peessedebista:

    http://blogs.estadao.com.br/sp-das-enchentes/

    A fonte é o mesmo jornal que até recentemente acusava o Governo Federal de censura. Outras mídias têm a mesma queixa (a dita mídia golpista). A mesma mídia que apoia a oposição, que por sua vez….também censura!

    http://www.alvi.com.br/main/index.php?option=com_content&view=article&id=1032:aecio-neves-censura-imprensa-em-minas-gerais&catid=1:latest-news&Itemid=71

    Para o citado acima não faltavam fontes, citei apenas uma delas.

    Aí me vem à mente o petralismo e o Aerolula. Uma vergonha pagar mais de 50 milhões afim de gerar uma economia de 5 milhões anuais se livrando do antigo sistema (valores em dólares).

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u66686.shtml

    Parece que um peessedebista aprendeu a lição:

    http://diariodocongresso.com.br/novo/2012/01/copel-compra-aviao-e-beto-richa-quer-mais-quatro-aeronaves/

    E aprendeu a (des)mentir também!

    http://www.gazetadopovo.com.br/blog/caixazero/conteudo.phtml?tl=1&id=1213690&tit=Richa-agora-diz-que-nunca-pensou-em-comprar-mais-avioes

    Ora, o que quero dizer aqui é que essa discussão petralhas x tucanalhas nada mais é do que um evangélicos x católicos, ou um católicos x espíritas. Engraçado ver a ótica cética se dissolver em um assunto fora do contexto “religião”. Confesso uma ponta de decepção por esperar ceticismo também relacionado a esse assunto.

    Só uma observação :)

    Abraço!

    1. Engraçado ver a ótica cética se dissolver em um assunto fora do contexto “religião”. Confesso uma ponta de decepção por esperar ceticismo também relacionado a esse assunto.

      Ótica cética? Ahhhh, MILHÕES de desculpas. Eu não sabia que tinha que escrever o que vc queria.

        1. Alguém está te impedindo de fundar um partido político ou se filiar a um? Alguém lhe impede de se candidatar a vereador, deputado, prefeito ou governador?

  7. Sério que o Brasil está dando o calote puro na ESO? Eu fiquei besta quando o país foi convidado para o evento, mas não achei que seria brasileiro até no pagamento das contas… Quando que os outros países vão aprender o que é Brasil? :/

  8. Você precisava ter assistido o programa “Canal Livre” da Band deste domingo onde o ministro do MCT explicou (bem, pelo menos tentou) o embroglio envolvendo o Brasil e a ESO. Lamentável. =/

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s