Tag Archives: safadeza

(in)Justiça dá ajudinha à Samarco e livra a cara de 22 pessoas

Em 2015, aconteceu uma das maiores catástrofes ambientais. Toneladas de barro, térrea e lixo tóxico desmoronaram com uma tromba d’água e aquela nojeira foi levada pela enxurrada, destruindo a cidade de Mariana e matando o rio Doce. O Sebastião Salgado, depois de muito pressionado, já que sua fundação recebe uma verba gordinha da companhia Vale do Rio Doce, de quem a Samarco é subsidiária, soltou um migué dizendo que ia ajudar a resolver. Quando eu apontei a estupidez disso, me xingaram, como sempre. O tempo passou e as mudinhas e matinhas ciliares do Tião resolveu algo? Lino, eu acho que não.

A Samarco tentou depois jogar uma conversa mole que estava fazendo algo, espalhando espumas flutuantes para conter a lama tóxica. O detalhe dessa espuma fica sobre a água e servir para absorver petróleo foi tido como coisa de menor importância. Hoje, as famílias estão desabrigadas, a pesca já era. O que aconteceu depois disso tudo?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

YouTube, monopólios e a Terra dos Algoritmos Honestos pero no mucho

AVISO

O artigo está longo. Está enorme. Leia por sua conta e risco. Mimimi no comentário sequer será aprovado e comentarista espertão será banido. Este é meu espaço e escrevo o que eu quiser.

Aviso dado

Era uma vez dois manés. Eles queriam gravar vídeos e compartilhar com os amigos. Assim, criaram um site que você poderia subir vídeos em uma resolução que seria risível hoje, mas na época 480p era excelente para qualquer monitor da época, e mandar isso pela Internet dessa mesma época era ótimo, cala a boca. O serviço era gratuito e muito legal. O ano era 2005 e foi assim que foi criado o YouTube, Broadcast Yourself. Eu adorava o YouTube nessa época. A sua página principal era uma rede social, que você via o RSS dos vídeos que você curtia/assinava, via os seus comentários, as pessoas entravam diretamente em contato com você. Um sonho!

Google tinha o seu horrível sistema chamado Google Vídeos, que demorava uma eternidade para carregar, era pesado, ruim de mexer no player, um verdadeiro cocô. Google fez o que melhor sabe fazer: comprou o YouTube, e não fez algo que nunca soube fazer: melhorar o que compra. Não, nunca na história do Google ele fez algo melhor com aquilo que comprou. O que criou do zero era, é e sempre será uma negação em termos de tosqueira, excetuando o motor de busca. Podem ver.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Não ligue pro conservante conservador atrás da cortina

FUD é acrônimo para Fear, Uncertainty and Doubt (Medo, Incerteza e Dúvida). É algo que é usado desde séculos atrás, como veículo de propaganda, que não foi inventada no século XX. Ramsés II já usava propaganda para dizer o quanto ele foi um general fodástico na Batalha de Kadesh. Tudo bem que os Hititas fizeram a mesma coisa, e como naquela época não tinha Google, ficava difícil dizer o que acontecia fora do vilarejo.

Claro, uma propaganda não existe para falar a verdade, e sim para CRIAR uma verdade, mesmo que ela não seja verdadeira; mas, HEY, ela não é para você e sim para quem tem tendências a acreditar num princípio pré-estabelecido como sendo verdade.

A Panera Bread é uma cadeia de restaurantes e padarias atuando nos EUA e no Canadá. Estando sua sede em Sunset Hills, Missouri, um lugar que, não sei porque, nunca é destino final de gente que quer emigrar. Estes só querem Nova York, Miami ou Califórnia. Para vender seus produtinhos, nada como usar de propaganda, e qual propaganda é tão boa e efetiva quanto o velho FUD?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Meganhas de Cristo acabam com orgia de assessor do Papa

Vida eclesiástica é dureza. Se não se busca a Chave dos Céus tem que meter a boca no Apito de Chamar Anjo. Infelizmente, certas práticas não são lá muito bem vistas pela Gestapo de Jesus, também conhecida como Congregação para a Doutrina da Fé ou não muito legal o nome Tribunal do Santo Ofício ou, melhor ainda Inquisição. Ainda mais quando estas práticas são realizadas num apartamento DO PRÓPRIO Santo Ofício.

Orgias e sodomia ainda são pecados pelo Vaticano, mas parece que os mais perto do Vaticano não sabem disso.

Servindo de empata-foda para as insânias religiosas, esta é a sua SEXTA INSANA!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Lobby faz São Paulo enfiar mais homeopatia nas pessoas, mesmo elas não querendo

O Brasil é a terra da pseudociência. Seja dando comendas a rezadeiras, como obrigando o SUS oferecer besteiras pseudomédicas. Aqui, insanamente, temos leis do tipo Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no Sistema Único de Saúde – SUS. Este “programa”, em que devemos estimular crença de vó e técnicas médicas de 3000 anos, ao invés de um simples antibiótico. Se é pra darmos atenção à sabedoria milenar, sugiro colocar uns alhos na porta do quarto para prevenirmos vampiros, também.

Apesar de todo esse esforço, o que está acontecendo? A busca por estas baboseiras tem caído no SUS. Talvez porque as pessoas morrendo não voltam a se consultar. Aí pessoal do governo tá preocupado. Tadinhos! Daí o que se faz? Em São Paulo baixaram uma nova lei que reforça uso de homeopatia. Legal, né?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

CVM ferrou empresa de consultoria que se baseava em Astrologia. Eu ri

O Brasil é um país esquisito. Mais do que o Japão… ok, tudo bem. Nada é mais esquisito que o Japão. O problema é que aqui o bizarro é corriqueiro com sanção estatal, com “parcerias” com entidades que dizem controlar o tempo, mas nunca conseguem essa proeza direito, e mesmo assim continuam fechando “parcerias”.

Para vocês terem uma ideia, tem até empresa que oferece serviços de análise de cenário econômico e recomendação de ativos do mercado financeiro com base na… Astrologia! Sim, por que não?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Fosfoetanolamina será vendida como é: nunca como remédio

Num dos episódios da série The Knick, o dr. John Thackery recebe a visita de um propagandista de indústria farmacêutica convidando-o para ser garoto propaganda de um novo remédio. Nessa época (início do século XX), era comum médicos emprestarem seu nome e retrato (desenhado, claro) para remédios e “remédios”, como endosso. A fórmula antiga de colocar um cara de jaleco branco na sua frente para você tomar um ad verecundiam (apelo à autoridade) pela fuça e você acreditar que aquilo realmente tem alguma eficácia. Se o doutor emprestava a sua cara, é porque era bom, né? Bem, o dr. Thackery disse que não aceitava aquilo, pois aquela bosta não curava ninguém.

Já com a fosfoetanolamina houve algo parecido, mas um tanto diferente. Não que aquela bosta cure alguém, mas é que seus idealizadores não têm o menor pudor de aparecer em público atestando a veracidade de eficácia de uma porcaria feita em laboratório mais imundo que cozinha de traficante. Enquanto essa merda não tem seus poderes curativos comprovados (rê! rê! rê!), pessoal vociferava que tinha que ter isso ao alcance do público. Eu sempre falei que tinha e era sob a forma de suplementos alimentares, mas não no Brasil. Bem, seus problemas acabaram! Já temos fosfoetanolengôdo disponível no Brasil. Aê!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Vítima de pseudociência morre de câncer. Mas vai que funcionasse…

A Ciência não existe de sacanagem. Fundamentalmente, a Ciência existe para proteger a Humanidade das merdas que a própria Humanidade faz. Ignorar a Ciência é se candidatar a ter sérios problemas, ou acabar de vez com os seus problemas, mas de uma forma um pouco… como direi… sofredora.

Naima Houder-Mohammed é um exemplo disso. Ela achou que esse negócio de Ciência era coisa de companhias farmacêuticas querendo explorar a população e resolveu se tratar com medicina alternativa. Darwin, o implacável, selecionou-a.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Descoberta a cura da diabetes: Nobel a caminho. SQN!

Tem coisas que são fáceis de entender em essência, como capitalismo e desespero. Isso leva a dois princípios: burrice e esperteza. Primeiramente, as pessoas estão doentes, precisam de tratamento e o colapso que a Saúde Pública vem enfrentando piora mais ainda, com postos de saúde hiperlotados, agendamentos para o ano que vem (sério!), falta de remédios etc. já me disseram que no posto de saúde que fica no Instituto Oswaldo Cruz, com o Farmanguinhos ali do lado, falta remédios simples, como analgésicos. Isso leva pessoas a caírem nas garras de espertões, que seguem a boa receita do capitalismo: supra uma necessidade e você terá lucro. Se o socialismo de distribuir remédios não deu certo, vender curas vai muito bem, obrigado.

E quando o primeiro espertão encontrou o primeiro otário, surgiu a primeira religião, com receitas mágicas para tudo. Me isso leva muitos safados vendendo curas milagrosas. (Não, DESSA VEZ o artigo não é sobre fosfoetanolamina, é sobre outro pessoal vendendo receita mágica com promessinha furada).

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Sobre Publicações Científicas com Acesso Aberto

Eu já discuti isso num artigo, mas o pessoal tem predileção por vídeo também. Neste aqui eu falo como ter acesso ao conhecimento é complicado, e as editoras de periódicos científicos não facilitam. Cobram absurdas quantias de dinheiro só para ler um artigo; e isso quando não cobram do pesquisador também.

A União Europeia resolveu acabar com esta farra decidindo que até 2020 todas as publicações feitas por pesquisadores em institutos europeus terão que ser de acesso aberto. Qualquer um poderá ler sem pagar nada. As editoras, parece, não estão gostando muito. Tadinhas. Bem, sem delongas. Vamos ao vídeo?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας