Teoria da Evolução está ERRADA! Archaeopteryx não é o 1º pássaro

É um choque para todas as pessoas normais, digo, todos que sabem que a Evolução é FATO! O Archaeopteryx pode não ser exatamente o primeiro pássaro, como se sabia até agora. Não! O que a maldita Ciência, que não se decide, resolveu é que uma nova espécie pertencente a outro gênero, cujo fóssil foi encontrado recentemente, pode desbancar a posição do Archaezinho, lançando novas perguntas. Como era melhor quando acreditávamos em pessoas vindas de um punhado de barro que Deus largou por aí…

— Mas, peraí! Vâmu cum carma! Como assim "outro gênero"?

Vamos pelo início. Archaeopteryx não é o nome de UM pássaro. É o nome de um gênero, da família dos Archaeopterygidae. Estou sem paciência de falar sobre o Archaeopteryx. Olhem lá na Wikipédia (na de língua inglesa, por gentileza). Até hoje, o mais famoso desse gênero é o A. lithographica (ou Asa Antiga Escrita na Pedra. Parece nome de chefe indígena dos Sioux Oglalas) . Sua conformação é, sem dúvida, algo entre um dino e um pássaro como conhecemos hoje. Se você pesquisar no site da Nature, poderá ver muitos artigos que o mencionam, mas não se esqueçam que a Nature faz parte do movimento da Nova Ordem Mundial, financiada pelos Illuminatis, com a missão de destruir a família cristã, usando o poderio evolucionista em prol da meta ateísta de Karl Marx.

Enquanto idiotas, digo, defensores do CriaBURRIcionismo ficam esperneando ao pedir por elos perdidos — de repente por se basearem naquele seriado da década de 1970 –, as pesquisas mostram como sempre que não há UM elo perdido, já que esse negócio de PUF cabra mudando de cor por ter varas fincadas na frente só acontece em contos da Carochinha. Agora, há mais um competidor, ou elo ou seja lá como vocês queiram chamar mais uma espécie que apresenta características de dinos e de aves.

O fóssil em questão é o Xiaotingia zhengi (clique na foto de abertura para ampliar) descrito num artigo da Nature pelo dr. Xing Xu, paleontólogo do Instituto de Paleontologia de Vertebrados e Paleoantropologia em Pequim, e seus colegas. Ele (o fóssil e não o dr. Xu) foi encontrado no oeste da Liaoning, China, em rochas que datam da época Jurássico, de 161 a 145 milhões de anos atrás. Como muitos fósseis semelhantes, foi encontrado impressões de penas na rocha, mas o miserável possuía também garras nas pontas de suas patas dianteiras e dentes afiados. Essa coisa voando atrás de você, querendo morder a sua bunda, não devia ser algo bonito de se ver.

Ao comparar características Xiaotingia com os de Archaeopteryx e de outras aves relacionados  aos dinossauros , o dr. Fu Man Chu Xu elaborou uma nova árvore para a família, onde o Archaeopteryx está conjuntamente o  Xiaotingia e entre os deinonicosauros, cujo irmão mais famoso até participou de filmes consagrados: O velociraptor.

— Muito bem, o que temos então? Se o Archaeopteryx não é a mais antiga relação entre dinos e aves, significa que essa bobajada evolucionista-marxista-ateísta-dawkiniana é mentira e Jesus punirá a todos os que foram enganados até agora?

Não, sua mula!

Isso é MAIS UMA evidência que houve evolução de uma espécie e esta acabou, ao longo de vários milhões de anos, se tornou OUTRA espécie. Chore, esperneie, grite, xingue e culpe o atirador de Oslo.Nada mudará o fato que dinos e aves tenham tido parentes intermediários. Nunca existiu UM SÓ fóssil intermediário, pois Evolução acontece em árvore e não segmentadamente como se fosse uma corrente. Assim, tanto o Archaeopteryx como o Epidexipteryx possuem relações e nada mudará isso. Ao achar o Xiaotingia, mais um capítulo da vida na Terra foi escrito, uma revisão brevíssima na grande história evolutiva, sem que uma só palavra dita até agora tenha sido considerada errada ou sem valor. O conhecimento flui, é melhorado.

Alguns cientistas estão agora se debruçando sobre o achado. Alguns ainda não aceitam que o Xiaotingia seja o fóssil mais importante neste entrelaçamento dinossauros-aves. A árvore genealógica de nossas galinhas sofreu uma pequena alteração, mas isso não fez com que sua história familiar mudasse a ponto de elas terem aparecido como num passe mágica.

— Ei! Peraí de novo! E este título sem-vergonha que disse que a Evolução estava errada? Foi pra me fazer de idiota?


36 comentários em “Teoria da Evolução está ERRADA! Archaeopteryx não é o 1º pássaro

  1. Texto direto e muito bem escrito =) Mais uma peça do imenso quebra-cabeças da história se encaixa, acho muito foda como a história é elaborada a partir desses achados.

    E quanto a pegadinha, a primeira coisa que pensei “Ué? Texto ‘pegadinha-primeiro-de-abril’ fora de época?” XD

  2. Não tenho palavras para descrever como a ciência é bela, hehe

    Ela é expandida, investigada e a cada dia pode apresentar descobertas incríveis (ou não tão incríveis assim), num ritmo maravilhosamente eterno.

    PS: Esse artigo me lembrou dos meus tempos de infância, em que era apaixonado por dinossauros, era fã de Jurassic Park e não entendia direito a relação entre dinossauros e aves quanto a genealogia desses, haha.

      1. @André,

        Eu lembro que quando era criança, tinha um Archaeopteryx em uma coleção de figurinhas do chcolate Surpresa. Também gostava de assistir os filmes da série Em busca da vale encantado, que tinha um saurópode chamado Littlefoot. Em um dos episódios, ensinava noções básicas de evolução para as crianças. Porque as crianças de hoje em dia nçao se interessam por paleontologia e passa o dia inteiro falando porcaria no Yahoo! Respostas?

    1. @mike.9010,
      Essa ciência é tão bela que diz saber tudo, mas não sabe como foram extintos os dinossauros! Fora as coisas que ficam inventando e dando o nome de teoria para bobos acreditarem!

      1. Essa ciência é tão bela que diz saber tudo, mas não sabe como foram extintos os dinossauros! Fora as coisas que ficam inventando e dando o nome de teoria para bobos acreditarem!

        Alguém mostra uma escola para esse infeliz?

      2. @Petres, Só três coisinhas:

        1. Se a ciência não souber ninguém mais sabe.
        2. Nos dê a sua versão.
        3. Sabe o que é e onde fica a cratera Chicxulub?

        Pois é. Não sei se você entrou há pouco tempo, mas fica claro que você não sabe com o que está lidando. Tome cuidado.

        Depois não diga que não avisei.

  3. A Teoría da Evolução impressiona pela soberania. Um ramo muda mas a Árvore da Vida está forte como nunca. Pessoalmente não acredito que haja exatamente UMA primeira ave. As espécies são variadíssimas e se de fato há uma primeira ave é provável que nunca saberemos qual é.

    Não sei se mereço um presente como o colega acima, mas também era muito fissurado em dinossauros e animais pré-históricos. Pegava as pás escondidas na garagem e cavava buracos enormes no quintal atrás de fósseis. Claro que levava palmadas por isso. :sad: Bem, talvez se tivessem me deixado com a minha curiosidade quem sabe não teria ido mais longe…

    1. @Nihil Lemos, essa discussão é muito interessante. Ernst Mayr dá uma paulada nesses conceitos fechados da Sistemática, a ideia do holótipo. Na verdade, o que importa é a variabilidade genética e a densidade populacional, que oferece condições para os organismos irem se diferenciando no espaço e no tempo.
      Se o André, o editor chefe e sócio proprietário deste blog (rsrs), permitir, vou trazer um resumo de um capítulo do último livro do mestre darwinista, onde ele faz estas argumentações.

  4. Muito bem esclarecida essa história de ELO PERDIDO. São ideias praticamente medievais e que se propagaram no senso comum como verdades absolutas. Dias desses tentei explicar o conceito de espécies-anel, o que leva à distribuição da variabilidade genética, num fórum de debates onde o tema era divulgação científica, e quase fui apedrejado. É bem verdade que um dos debatedores era discípulo amado do Enezio, aquele. E aí, dá para imaginar o nível do sujeito.

  5. Tá bom! Vocês explicaram muita coisa nessa matéria!

    Agora explica como essas espécies que estavam evoluindo dos dinossauros não foram extintas junto com eles e de onde surgiram tantas espécies de aves distintas em tantos lugares distintos do planeta?

    Essas teorias ridículas mais parecem a teoria da reencarnação de Alan Kardec!
    Não passa de conjectura barata!

    Então ficamos assim: vocês acreditam nessas palhaçadas e deixem que os outros acreditam nas deles!

    1. Agora explica como essas espécies que estavam evoluindo dos dinossauros não foram extintas junto com eles e de onde surgiram tantas espécies de aves distintas em tantos lugares distintos do planeta?

      Simples, mente iluminada. Dinos de tamanho menor precisavam de menos recursos, GÊNIO. Assim, eles não tiveram problemas em sobreviver, já que eles não fazem fotossíntese e não seriam afetados pela falta de luz solaar. :)

      Essas teorias ridículas mais parecem a teoria da reencarnação de Alan Kardec!
      Não passa de conjectura barata!

      Provas?

      Então ficamos assim: vocês acreditam nessas palhaçadas e deixem que os outros acreditam nas deles!

      Então ficamos assim: vc PROVA que é mentira, usando análise de DNA, evidenciando que não há nenhuma relação entre dinos e aves. Ok?

      1. @André, pois é, o senso comum elabora conceitos que ninguém sabe de onde vêm e nem como se fixam com tamanha força na cabeçorrinha das pessoas. Essas extinções não ocorrem assim, do dia pra noite. O bicho, ou uma espécie, não saem a cometer suicídio coletivo para não sofrer, e nem são mortos enfileirados num paredão como se fosse fuzilados. Há um decréscimo de viabilidade do organismo, por diversas razões, que levam o grupo a um desaparecimento. Faltam recursos como água, luz, alimentos, as condições ambientais não favorecem a reproduação, a capacidade de adaptação ao ambiente que vai mudando não dá conta do recado, enfim, tem-se N-possibilidades. E isso, mesmo assim, num período de tempo longo, de centenas de anos, o que dá condições para que outras espécies ocupem aqueles nichos que vão ficando vagos.
        Agora, se o cara prefere facilidades, vá ler uma bíblia em javanês que é mais fácil, né.

      1. @Nihil Lemos,

        Sei não…Mas acho que além do alienado em questão, vai aparecer também algum jornalista ou boneca lusitana para demonstrar que essa notícia só prova que a evolução está errada… :mrgreen:

    2. @Petres,
      “Então ficamos assim: vocês acreditam nessas palhaçadas e deixem que os outros acreditam nas deles!”

      Tradução:

      Então ficamos assim: vocês acreditam nessas teorias complexas, revisadas por pares, e deixem que os outros acreditem nos contos de fadas deles.

    3. @Petres, Essa história de “fiquem com sua verdade que eu fico com a minha” já deu no saco.

      E o pior é que aqueles mongolóides da Antropologia ainda dão respaldo “acadêmico” para esse tipo de merda vinda desse tipo de retardado.

      Fazer o quê?? As ideias de Foucault e seus seguidores já empestearam o senso comum

    4. @Petres,

      Fóssil! Vc tem algum fóssil da cobra falante aí?

      Achei que não. E outra coisa fósseis provam a evolução. Que evidência que vc tem que prova a existência de uma cobra falante?

      Isso me lembra o comediante americano Lewis Black, que diz levar um fóssil no bolso. Toda vez que ele encontra um criacionista, ele tira o fóssil do bolso e diz: fóssil!
      E se o “cria” continuar falando, ele o joga por cima da cabeça.

  6. A propósito dessa descoberta, conversando com colegas da área de Paleontologia recentemente, é sabido que há uma tendência de se alterar a classificação de aves e dinossauros, considerando um único grupo polifiletico com uma denominação própria. Seria fabuloso!

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s