E se futebol fosse noticiado como fazem com descobertas científicas

einstein-soccer.jpgFico assombrado com a maneira que os jornalistas noticiam qualquer descoberta científica. Alguns chamam isso de Divulgação Científica. Eu chamo de “Pelo amor de Deus, que merda é essa?”. Muitos exemplos eu já dei aqui e em qualquer blog de divulgação científica decente sempre aparece uma amostra de como algumas pesquisas possuem informações totalmente deturpadas, a fim de ficar mais “palatável”. Daí, eu fiquei imaginando, o que aconteceria se os jornalistas esportivos dessem notícias nos mesmos parâmetros do pessoal que se intitula jornalista científico. Acho que daria no diálogo a seguir.

Jornalista: Bem, amigos, estamos mais uma vez aqui para acompanharmos o Campeonato Brasileiro. Ontem, em pleno Maracanã, o Inter da Rocinha venceu o Capiauense do Sul por 3 a zero. O primeiro gol aconteceu logo no primeiro tempo, quando depois de uma dividida, Wenderson Clayderman cruzou e Tonhão acertou de primeira!

Editor: Você está maluco? Que diabos você tá falando?

Jornalista: Ué? Estou seguindo o script.

Editor: Cara, você não percebe que isso tudo tá errado?

Jornalista: E como eu vou saber? Eu não estava lá. Me mandaram o texto e eu estou noticiando.

Editor: Meu, tu tá variando. Ninguém vai entender isso. Primeiro tempo? Dividida? O cara dividiu a bola? Cruzou? Tem cenas de sexo explícito?

Jornalista: Deixa de ser burro, cara. São os termos do futebol, ora.

Editor: Ah, tá. E, agora, todo mundo é técnico pra saber o que é cruzar, né? Pense no que uma velhinha iria pensar se ouvisse isso. Você quer fazê-la pensar que existem 22 pervertidos numa orgia em campo?

Jornalista: Você enlouqueceu?

Editor: Cara, coloca assim: “Depois de algum tempo, o jogador Wenderson, meio-de-campo do Internacional, chegou perto do jogador Antônio Silva, entregou a bola, e este chutou diretamente ao gol do Interiorano Meridional.”

Jornalista: Você fumou o que? Você alterou toda a notícia, seu maluco! Primeiro, tem outro Wenderson no time; acho que é Wenderson Magaiver. Não sei, não conheço o time. O Wenderson Clayderman não é meio-de-campo, é lateral. Segundo, o time é Inter da Rocinha e não Internacional. Internacional é de Porto Alegre; é outro time! Ademais, o nome do Tonhão, segundo me disseram, não é Antônio. Tonhão é apelido.

Editor: Cara, e daí? Que diferença faz?

Jornalista: Pros torcedores do Inter da Rocinha faz muita.

Editor: Detalhes… detalhes… Estamos aqui para informar para todo mundo. Se o cara é torcedor do Inter do… da… bem, é torcedor desse time, ele que vá na sede do time e procure se informar.

Jornalista: É? Tá, só que você mudou o nome do Tonhão e o outro time é Capiauense do Sul e não Interiorano Meridional.

Editor: Sei, e você quer ser processado, né? Primeiro, ninguém vai conferir se o nome do Tonhão é Antônio, Pedro ou Policarpo. Segundo, fica politicamente incorreto chamar de “Capiauense”. Você está menosprezando o pessoal que mora no interior. Pode ser processado por descriminação.

Jornalista: É “discriminação”.

Editor: Viu só? Você concorda comigo.

Jornalista: Eu não falei que concordava. Eu… bem… ah, deixa pra lá. Deixa eu ler o resto da notícia. Então, pessoal, depois de 20 minutos, Cabeção entrou de novo…

Editor: Lá vem você de novo com a orgia…

Jornalista: … e chutou sem defesa para Demóstenes. Só que o juiz deu impedimento!

Editor: Mas é realmente necessário falar assim?

demostenes.jpgJornalista: Ai, meu saco! O que foi, agora?

Editor: Não vou nem tocar no assunto do “chutar”, mas você bem que poderia colocar uma foto do Demóstenes. Veja: a gente pode colocar aqui do lado.

Jornalista: Bom, uma foto é interessante e… EI! Eu conheço este cara. Meu filho fez um trabalho sobre ele no colégio. Esse cara era grego: E MORREU HÁ MAIS DE 2 MIL ANOS, DROGA!

Editor: É só uma ilustração. Aliás, falando em ilustração, ninguém vai saber o que é impedimento. Assim, eu proponho um infográfico para explicar melhor isso. Taqui:

infografico-futebol.jpg

Jornalista: Pelo amor de Deus, O QUE É ISSO???

Editor: Sabia que você ia adorar.

Jornalista: Cara, que loucura é essa? Olha este boneco aqui embaixo. Ele tá dando condição ao que tá com a bola. Isso não é impedimento. E cá pra nós, que desenho feio! Minha filha de 3 anos desenha melhor que isso.

Editor: Isso é só um esboço pro pessoal ter uma idéia do que é. Não precisa ser certinho. Ademais, eu mando pra editoria de arte e eles fazem uma coisa caprichada, como um animação em fresh.

Jornalista: É Flash. E, a propósito, o que é “Tirlider”?

Editor: Você não sabe? Aquelas gostosas que ficam rebolando ao lado do campo.

Jornalista: É Cheerleader, retardado!

Editor: E quem se importa com nomes? O próprio Camões disse que as rosas não precisavam se chamar rosas para serem cheirosas.

Jornalista: Quem falou isso foi Shakespeare.

Editor: Lá vem você com a história dos nomes de novo. Temos que dar valor aos autores brasileiros.

Jornalista: CAMÕES ERA PORTUGUÊS, PORRA!

Editor: Você está demonstrando falta de profissionalismo e imparcialidade. Darei o texto para outro noticiar. Compareça ao Departamento Pessoal.


Inspirado no texto If sports got reported like science

7 comentários em “E se futebol fosse noticiado como fazem com descobertas científicas

  1. Muito bom!!

    Uma ótima e simples analogia, principalmente a do “Isso é só um esboço pro pessoal ter uma idéia do que é. Não precisa ser certinho”. É uma das que mais percebo em matérias de certas revistas por ae…

  2. Ri com tanta força que meu olho saiu do lugar!

    No final das contas, esta notícia seria veiculada assim mesmo, pra cumprir o prazo e competir com as demais mídias. E provavelmente seria ilustrada assim, com o desenho original para evitar gastos desnecessários. (Vide a mais popular animação do Big Bang)

  3. Trilider! Ri muito.. Ai parei para pensar nos neologismos que os jornalistas criam quando dizem os termos corretos e chorei de desgosto. Muita criatividade ;) ficou ótimo!

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s