As sacudidas da Lua

Estamos acostumados a astros orbitando o Sol, assim como a Lua orbita a Terra. Pensamos que est órbita é delicada e suave, e até pode ser, mas aos nossos olhos. A Lua tem uns “tremeliques”. Chamamos isso “libração”, do latim “librare”, que significa “balançar”, porque é esta a impressão que tempos: a Lua está dando umas sacodidas.

Esta percepção se dá porque, ao olharmos para a Lua por um telescópio, qualquer mínima vibração de nossos equipamentos, nós mesmos ou o astro, parece que ele está dando saltos como se estivesse num touro mecânico.

O astrofotógrafo Andrew McCarthy queria registrar essa ocorrência em alta resolução para enfatizar as mudanças na luz nas crateras lunares. Ele meteu o pé e rodou por todo estado americano do Arizona em busca de um lugar limpo e sem ser (muito) afetado por luzes artificiais. O resultado foi o timelapse a seguir, feito com mais de dois milhões de fotografias individuais.

Um comentário em “As sacudidas da Lua

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s