Como chegamos nessas mortes por COVID-19? A culpa é da medicina

Todo dia ficam discutindo como chegamos a mais de 428 mil mortes. Claro, tem o pessoal “foi o nazismo”, outros acham (DE NOVO!) que há um plano horrendo para reduzir a população do Brasil. De novo, chamam o Primeiro Energúmeno de genocida. Outros culpam a Big Pharma, a Globo, a Imprensa Golpista (e eu já nem sei mais quem usa este argumento, já que é figurinha carimbada nos discursos das bestas da Esquerda e dos retardados da Direita).

Eu, por outro lado, não sou um imbecil histérico e tenho plena compreensão do que está acontecendo. Afinal o Ceticismo é ficar refletindo sobre a suposta realidade apresentada e contrapor com as evidências correntes. Posso, então, vaticinar: a culpa de tudo oque está acontecendo é do avanço científico.

Acompanhem o meu raciocínio. Há 30 anos, as pessoas de 50 anos ou mais normalmente já estavam se candidatando a uma dentadura. Hoje, bem, eu estou velho e tenho todos os meus 31 dentes. O 32º eu arranquei por causa de uma oclusão (um dente tortinho), coloquei aparelho e tocos dentes de baixo estão perfeitinhos. Foi só o caso de um ter estado em posição errada.

Quem tem idosos em casa sabe como eles são difíceis às vezes. Eles são de um tempo que as pessoas tinham poliomielite, sarampo, difteria etc. diga-me: qual foi a última pessoa que você viu com pólio? Quando foi? Quantas pessoas no total você conheceu que tiveram pólio? Este é o grande problema com pessoal antivax. Eles vieram de um mundo MUITO maneiro, com boa parte das doenças foda erradicadas. Por exemplo, a varíola.

Então, eles tendem a minimizar tudo. É tudo uma tossezinha, um resfriadinho etc. ainda temos muitas doenças perigosas, mas o tio do cunhado do avô morreu aos 80 anos ainda fumando. O estado desse avô nunca é mencionado. Outros morreram cedo, mas esses não servem à narrativa e nunca foram lembrados. Idosos e crianças são um saco no quesito saúde e a gente tem que proteger eles deles mesmos.

Muitos de vocês viram este vídeo e acharam engraçadíssimo. Sabem os que disseram que os velhinhos estavam certos? Sabem os que disseram que que custa sair para dar uma volta? 428 mil mortos. Muito certamente alguns desses que queriam fugir morreram de COVID. Esses idosos eram bolsonaristas ferrenhos? Difícil dizer. Mas eles acharam que tinham peito de aço ou, como uma deles disse, Deus não ia permitir.

Mas permitiu. Um deus pérfido, ruim, indiferente ou simplesmente inexistente. Escolha a sua opção.

Vocês gritam que foram as fake news do WhatsApp, mas você acha que todos estes idosos usam smartphone? Você não acha que é preguiça mental se recusar a pensar ou apenas recusa de aceitar a realidade ou simplesmente mau-caratismo porque querem defender uma narrativa? Não, não é fake news. As pessoas são idiotas mesmo, e quanto mais idoso, pior, pois eles se acham imortais.

O mesmo se pode dizer que imbecil que age feito criança que está na presidência. É apenas mais um idoso idiota se achando imortal, que quando viu que deu merda e a escalada de mortes ficou vertiginosa, foi retardado o suficiente em sua brutal arrogância em continuar a porra da narrativa maluca. Encheu o saco com a cloroquina, mas se conhecemos bem nossos políticos, quando se tem alguma dessas compras para lá de suspeitas, podem ter certeza que são mais que suspeitas, mesmo; e se houve recusa das vacinas da Pfizer, é porque não deve ter rolado o “faz-me rir”.

Não, não é um plano de aniquilação, já que aquele débil mental deve precisar de assessores para mostrar onde é o banheiro, e só encontra o pau pra mijar graças ao bando de desclassificados pendurados no saco dele.

428 mil mortos. Se tivessem aplicado as vacinas, não só teria impedido as mortes de idosos, como impediria um alastramento em níveis bíblicos. Mas você riu dos velhos do vídeo. Eles são tão responsáveis quanto todos os demais, e se você riu e continua rindo, adivinhe, você é apenas mais um idiota que não percebeu a gravidade de tudo isso, preferindo bradar GENOCIDA, GENOCIDA, quando o maior genocida do povo, é o próprio povo, em sua missão de se auto-aniquilar.

Talvez seja melhor para o mundo assim. Basta isolar o Brasil que tudo ficará ótimo em outros lugares. Afinal, qualquer lugar com menos brasileiros, é um lugar melhor.

7 comentários em “Como chegamos nessas mortes por COVID-19? A culpa é da medicina

  1. Também penso da mesma maneira. Em épocas em que o pessoal morria de doenças gravíssimas, intratáveis e incuráveis como tuberculose, lepra, pólio, varíola, diarreia, febre amarela e gripe; câncer, Guillain-Barré, Alzheimer, Parkinson, ELA, COVID e outras doenças “novas” e “da modernidade” jamais tinham vez.

    E quanto ao bolsomito fazer parte de um plano para diminuição da população global, como dizem por aí, duas razões para isso não fazer o menor sentido. A primeira é que ele é estúpido demais para entender e fazer parte de um plano secreto. E a segunda é que… tá bom que político quer a diminuição duma população. Políticos querem mais é que nasça gente, pois o bebezinho que nasce hoje, amanhã será eleitor.

  2. Pois é, ai num embate com minha prima sobre as covid ao qual ela não concordava com isolamento e as pessoas usarem mascara, eu falei que se pega-se na mãe dela ou no pai e levasse um deles, ela teria outra opinião, ai ela me fala, “so morre quando ta na hora, quando deus quer.”
    Ou meu amigo que disse graças a deus a coisa não ta pior, eu disse pra ele falar isso pra família dos 200 mil motos (naquela época), isso que tinha me dito. E saiu com, “e tu acha que muita gente se salvou porque, por causa da ciência? Foi deus véio!”
    Pra não perder a prima e amigo fiquei quieto. Me arrependi!!!

  3. Sábias palavras.No início da pandemia eu já previa que o Brasil ia liderar o ranking de mortes e que estas passariam de 1 milhão.Isso felizmente não se concretizou mas estamos perto.E com certeza devemos fica neste top 3 macabro,talvez atrás da Índia.Um povo que não respeita nada nem ninguém não poderia agir diferente disso.E os políticos que estão aí são só uma consequência.

    1. Eu acho que não chega a 1 milhão. Mas só não vai chegar a 1 milhão por conta dos prefeitos e governadores que estão de olho na vacinação. Pois se fosse depender do cloroquinatard com a faxia presidencial, essa marca já tinha sido quebrada.

  4. Não critiquem o Capitão Bosta. Desde o início da pandemia ele tem se desdobrado para nos salvar com a cloroquina, ivermectina e spray de Israel, viajando incansavelmente com um grupo de patetas de ministério; inclusive, até levando cocaína junto para levantar um dinheirinho e comprar respiradores.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s