A imensidão em um mapa imenso

Nossa noção de mundo é vasta. Vasta como o próprio mundo. Junto com nossa noção de mundo vem o nosso desejo de representa-lo de diferentes maneiras. A imagem acima é o mapa mundi dos babilônios, que recebeu o nome Imago Mundi  (“imagem do mundo” ou “retrato do mundo”). É o mais antigo mapa representando o mundo que temos hoje, datando do século 6 AEC.

Representar o mundo inteiro sempre foi algo inerente a nós. Representar o mundo é reconhecer onde nós vivemos de forma abrangente. Não apenas o vilarejo ou província, que para muitas pessoas era o mundo inteiro, mas realmente representar lugares que não se esteve ou provavelmente nunca estará.

Hecateu de Mileto fez a sua própria visão de mundo em 476 AEC. Abaixo, uma representação:

Mas hoje é mais… fácil. Temos satélites para fotografar o nosso mundo inteiro. E uma dessas fotografias podemos ver isto aqui:

Não viu nada demais? Dê um zoom. Fica na cidade de Meppen, Alemanha. Isso que você está vendo ao centro é uma torre de resfriamento e tem nela pintado o maior mapa registrado pelo Guiness, o livro dos recordes.

São 131 metros de altura E está ali, registrado para quem quiser ver. A torre está desativada, mas a obra de arte feita pelo artista Christoph Rihs Weltbild, conhecido pelas suas obras de arte e mapas em formato cilíndrico.

Sim, eu sei que aquela torre não tem formato cilíndrico, antes que vocês venham me apontar. Ainda assim, é grandioso e uma marca. Uma pena que não durará por tantos anos e séculos e milênios quanto o mapa babilônio. Quem sabe alguém faça uma escultura na próxima vez?

Você?


A propósito. O Imago Mundi tem 12,2 cm de altura por 8,2 cm de largura. Um pequeno grande mapa.

3 comentários em “A imensidão em um mapa imenso

  1. Lembrei de um post que vi no blog 100nexos:
    “Naquele Império, a Arte da Cartografia logrou tal perfeição que o mapa de uma única Província ocupava toda uma Cidade, e o mapa do império, toda uma Província. Com o tempo, esses Mapas Desmedidos não satisfizeram e os Colégios de Cartógrafos levantaram um Mapa do Império, que tinha o tamanho do Império […]”

    https://www.blogs.unicamp.br/100nexos/2015/10/05/o-maior-mapa-do-mundo-do-mundo/

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s