ONG “veste” estátuas com próteses pros seus membros amputados

Eu não sou de Humanas, sabe? Eu não consigo ter a evolução mental e filosófica para entender certos vieses neoclássistas e como intelectuais austríacos viam o mundo, refletindo sobre as condições birguesas e o avanço da sociedade eugenista. Eu não consigo, portanto, ver nada de ruim em próteses, apesar de alguns acharem que isso é apenas externar eugenia e preconceito. Próteses são uma forma de fazer pessoas que perderam membros terem uma vida melhor, e viverem melhor consigo mesmas.

Assim, um ONG de caridade chamada Handicap International fez uma campanha para conscientizar pessoas, equipando uma série de estátuas de Paris com próteses para os membros. E ficou muito legal.

Uma réplica da Vênus de Milo, a famosa estátua da deusa grega sem braço, ganhou um par de braços prostéticos feitos por impressoras 3D. A ação foi feita na estação de metrô do Louvre, à saída do museu que leva o mesmo nome, no qual a estátua original esta exposta. A réplica tem a deusa segurando uma maçã moldada em sua mão esquerda, e outras estátuas em Paris também estavam sendo equipadas com próteses, incluindo várias no Jardim das Tulherias nas proximidades, como o “Alexandre Combatente” de Charles Leboeuf.

Tudo isso foi parte da campanha #BodyCantWait, da organização que já proporcionou 19 membros “impressos” baseados em resina e fornecerá mais de 100 pessoas na Índia.

A Handicap International diz que cerca de 100 milhões de pessoas em todo o mundo precisam de membros artificiais. Essas próteses, normalmente, são caras, algumas aqui no Brasil chegando a milhares de reais. Muito milhares, e muitas pessoas não podem pagar por elas. Nossa ciência e tecnologia estão barateando-as, mas mesmo assim ainda falta muito para que elas possam chegar a todos.

Quanto à campanha, pense que você não precisa ser escroto como um idiota de Filosofia que ganhou um prêmio para dizer que pessoas ampuitadas têm que viver sobre uma cama, sem poder andar, levantar e olhar as pessoas nos olhos ou simplesmente pegar um copo d’água.

Um ´”fílósofo” precisa mais da ciência que a ciência precisa de filósofos.

Ah, sim, tem videozinho.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s