Mãe psicopata é presa por torturar filho pequeno

Eu não sei o que há no mundo. Era para os pais defenderem e protegerem a sua prole, como é visto em todos os animais. O instinto de paternidade e maternidade foi o que nos garantiu sobreviver nos primeiros anos de nossas vidas. Muitas espécies nascem com alguma defesa, mas no geral são vítimas fáceis. Seres humanos, pior ainda. Nossa infância é muito longa em comparação aos outros animais, mesmo primatas.

Agora, nos Estados Unidos, uma mãe foi presa por maus tratos e tortura de seu filho. Que mãe psicopata é essa que tortura e trata com requintes de crueldade uma criança inocente? Sempre ela, a fé religiosa cega pronta para fazer novas vítimas.

Vendo o fanatismo crescer cada vez mais, esta é a sua SEXTA INSANA!

Elizabeth Hawk mora em Farmington, um buraco escondido que não foi oficialmente reconhecido como pertencente a canto nenhum. Aquela pocilga tem menos de 800 moradores, o que é menos que muito prédio de condomínio por aqui. Quem toma conta daquela tristeza de lugar, mesmo que não oficialmente, é a força policial do escritório do Sheriff da cidadezinha de Warton, que pertence ao condado de Fayette, que por sua vez fica na Pennsilvania. Aquela bosta de lugar onde Elizabeth Hawk (que jornalecos brasileiros traduziram para Elizabeth Falcão, pois bastou jogar no Google Translator) mora nem deve ventar, pois o vento fez a curva muito antes, e se fizerem um trabalho arqueológico encontrarão algumas botas, as quais foram as que Judas perdeu.

Elizabeth Hawk entrou para uma igreja e virou mais uma crente fanática da religião de Nossa Senhora da Alface e virou adoradora do Brócolis Sagrado. Como toda vegan louca (desculpem o pleonasmo), ela perdeu a noção da realidade e estava “alimentando” seu filho Sebastian, de 11 meses de idade, com uma linda e equilibrada refeição de florzinhas, nozes e frutinhas silvestre.

Repetido. A criança tem 11 meses de idade, mas o importante para estes psicopatas é salvar a merda do boizinho fofinho,e garanto que gentinha vegan vai defender isso. Afinal, é ético. O que pode ser mais ético que salvar os pandinhas?

O pai de Sebastian fez o que qualquer pessoa minimamente normal faria, exceto na parte de meter a porrada na mãe irresponsável. Ele chamou a polícia e o Fayette County Children & Youth Services, uma espécie de Conselho Tutelar daquelas bandas. A polícia veio e deu de cara com uma estúpida de 30 anos na cara e um bebê cheio de erupções na pele, se coçando sem parar, sendo que mamãe se recusou a cuidar das feridas, provavelkmente por causa dessa babaquice de indústrias farmacêuticas são o demonho, e é tudo tratado em bichinhos lindinhos. Temos que salvar o bichinho fofo! Foda-se se o filho está à beira de uma infecção.

Elizabeth agora está vendo tomatinhos nascerem quadrados no xilindró da polícia estadual. A criança está sob maiores e melhore cidados e vegans arrumarão alguma desculpiha do tipo “ain, ela não nos representa”

Sim, bando de retardados, representa! Ela faz exatamente o que vocês, seus idiotas, pregam. Ainda bem que forças policiais estão de olho nessa gentalha. Apesar que ir pra cadea ainda é muito pouco, mas é melhor que nada! Ainda bem que países sérios (ok, não muito, mas mais do que aqui) como a Itália já determinaram que dar comida vegan para crianças dá cadeia.

Para finalizar, lembrem-se: ideologias como veganismo e outras religiões são como pênis: Tenha o seu e sinta-se no direito de ter orgulho dele. Mas não tente enfiar em crianças ou forçar em outras pessoas, pois é muito feio!

PS. E aí, Robson. Beleza? Pode mandar mais dos seus seguidores virem aqui me xingar. Só aumenta a minha visitação e me dá tema pro Voz dos Alienados. FLW; VLW


Fonte: ABC, para depois o estagiário do Globo ter metido no Google Translator

10 comentários em “Mãe psicopata é presa por torturar filho pequeno

  1. Mas ela não é vegan escocesa.

    Vegans escoceses são, por exemplo, o Robson e os amiguinhos dele, que certamente também estão lendo todos os comentários daqui.

  2. Eu estava lendo o livro “Pensando como um freak” e em um capítulo ele explica como o golpe do príncipe nigeriano funciona.
    O golpe consiste em contar uma história tão bizarra que funciona como um filtro para afastar pessoas que tem alguma suspeita . Ou seja, se você acredita nessa história, então estará apto a cair no golpe e dar o dinheiro.
    Depois que li isso, percebi que isso explica o mecanismo do fanatismo.
    Explicando: se você acredita que uma mulher pariu caveiras, outra foi pro inferno e voltou, o homem não pisou na Lua, Terra plana, alimentação alternativa ou outras “histórias fantásticas”, Você se filia a ideologia entra para o grupo e acredita em todo o resto que é “revelado”.

    1. acho que seria o caso de pessoas altamente sugestionáveis, mesmo sendo uma parcela ínfima da população, tenho uma população de 7 bilhões, temos algumas milhões de pessoas nesse perfil.

      1. Sim. E nesse caso o filtro serve para fazer a seleção de pessoas.
        Se você esta em uma igreja e o pastor apresentar três caveirinhas de plástico dizendo que orou e uma irmã pariu elas você pode simplesmente sair ou ficar.
        Geralmente quem é mais sugestionável acaba ficando, os céticos vão embora.
        Se você acredita numa história dessas então, talvez, não vá questionar o fato de dar dinheiro para o pastor, coisa que um cético talvez não fizesse.
        Estou usando religião como exemplo, mas pode ser aplicado a qualquer tipo de ideologia e é claro que nesse exemplo estou usando de pontos extremos (ficar ou sair) e pode haver casos de pessoas que mesmo não levando a sério o que é dito, podem não ser muito cooperativas.

  3. E não é só, tem uns pais no brasil sil sil, que não vacinam seus filhos, por quê é coisa do diabo.

  4. Meu pai sempre me falava que em lugares distantes assim, o natal só chegava dia 27. Acredito que a informação também.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s