Disney faz milagre até com areia

Há um erro recorrente das pessoas. A maioria delas acha que Disney trabalha com cinema de animação. Disney não trabalha com animação, Disney produz magia. As coisas que eles fazem está mais para bruxaria da pesada e, dizem, que eles têm conjuntos de servidores com placas de vídeo voodoo pra isso (se você riu, parabéns! É velho). A qualidade vem de ampla pesquisa e desenvolvimento, rendendo inúmeros artigos científicos. Animação não é ficar mexendo com massinha… Bem., até é, mas ciência aplicada e que diferencia seu filho das animações da Disney.

Agora, os nerds da Disney desenvolvem sistemas para renderizar objetos granulados, como areia, açúcar etc,de forma mais rápida.

A Disney Research já mostrou sua bruxaria com seus algoritmos pra reproduzir neve e até olhos cada vez mais naturais. Junto com o  Karlsruhe Institute of Technology – KIT –, e a Universidade de Cornell, a Disney Research desenvolveu um processo apresentado recentemente na Conferência Internacional de Computação Gráfica em Los Angeles, a SIGGRAPH 2015.

O processo criado por eles se baseia em mapear algumas interações, como reflexões sobre grãos, alterando o modo como o volume de cada objeto é tratado durante a renderização. Ele se adapta à estrutura de transporte de luz em meios granulares em diversas escalas. Na escala mais fina, quando apenas alguns grãos são gravados, a geometria, propriedades de tamanho e materiais de grãos são discerníveis individualmente. Em outras palavras,m cada grão é renderizado de forma independente, mapeando como a luz se difunde por cada uma dessas partículas, e o que percebemos como "realismo" é como esses feixes de luz interage com cada partícula, desviando-se e/u refletindo de volta. Porque enxergar é propriamente isso: uma grande ilusão de óptica ao tentar interpretar os caminhos que a luz faz ao tocar num objeto e se refletir por causa disso. Ou ser absorvida, mesmo.

A densidade e abordagens clássicas de como os raios de luz são rastreados através dos grãos virtuais são levados em conta, sendo que o caminho de rastreamento calcula caminhos de luz de cada pixel de volta para as fontes de luz. Você tá interessado? Quer saber mais? Veja o videozinho, que fica mais fácil.

Se bem que, de minha parte, está mais pra isso aqui:

De acordo com a pesquisa, o tempo de renderização cai absurdamente, pois os cálculos ficam mais rápidos cerca de 10 a 100 vezes. Com certeza não é pouca coisa. Ainda quer saber mais? Toma o artigo (*.PDF) dos pesquisadores e deleite-se.

3 comentários em “Disney faz milagre até com areia

  1. A magia da disney está em usar ideias gratuitamente e não protegidas por direitos autorais ao mesmo tempo que faz lobby para defender e prorrogar os direitos autorais que ela possui.

Deixe uma resposta para Julio Cesar Ferranti Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s