Geração Leite-com-Pera não pode participar de aulas de ciência por causa de pais frescos

Bafômetro que não é bafômetro ajuda a determinar existência de câncer no esôfago
Jornalistas, pastores e aves ensandecidas

O mundo anda chato. E isso é devido a pais retardados que dão ouvidos a pedagogas alucinadas. Nada pode. Chamar atenção da criança magoa, falar bravo magoa, colocar de castigo magoa, até a mágoa magoa. Os educadores-que-nunca –lecionaram não entendem que o objetivo é magoar, mesmo; de forma que a criança tenha um vislumbre que fez caca, ou uma punição deixa de ter sentido.

Agora, de acordo com uma ONG, crianças estão sendo impedidas de participar de aulas de Ciência, porque papai e mamãe Imbecil da Silva resolveram que elas podem se machucar, e isso as priva de participar das aulas.

Aula de religião está liberado, mas a pesquisa não tocou neste assunto.

A Outward Bound Trust, segundo sua própria definição, é uma instituição de caridade educacional que usa o ar livre para ajudar a desenvolver os jovens de todas as esferas da vida, capazes de executar programas de aprendizagem ao ar livre com aventureira e desafiante, equipando os jovens com habilidades valiosas para a educação, o trabalho e a vida.

Numa reportagem do Telegraph, especialistas da OBT (estou sem saco para escrever aquilo tudo) dizem que alguns alunos já não estão autorizados a participar em experiências científicas por causa temores de saúde e segurança. Ou seja, não só se alastrou o merthiolate que não arde para álcool gel com mais água que álcool (afinal, não tiveram tempo de explicar pra Rahyanny Cleverson que álcool pega fogo).

Eu já vi mãe tirar aluno da aula da Educação Física, porque ele poderia cair ao correr. Poderia machucar-se quando fosse jogar futebol, poderia ter uma concussão se fosse jogar vôlei (foi exatamente o que ela disse). O professor de Educação Física tentou argumentar que seria mais fácil ele se machucar em casa, exatamente por não desenvolver capacidades motoras. A mãe disse pro diretor que ela estava tirando o filho dela imediatamente, pois estava claro que ninguém se importava com a integridade física do garoto, e o colégio estava com sorte dela não contactar a Secretaria de Educação. O Diretor (PASMEM!) disse que então ele é que fazia questão que o filho dela não estudasse lá, pois quem precisava ser educado não era bem o garoto.

Sério, eu quase me levantei e aplaudi!

Querem que as crianças desenvolvam autonomia, mas não as deixam fazer nada. O máximo de autonomia que dão, é a criança poder escolher qual jogo baixar no seu smartphone, tablet etc. As crianças não mais correm, pulam e brincam. Machuca, faz dodói. Passo pelo pátio e vejo esta desgracenta praga de ficarem com o focinho atuchado nos aparelhos, e isso, a longo prazo, não dará final feliz para as suas colunas.

Claro, eu não sou retardado de culpar os aparelhos. Vemos que isso é apenas reflexo de pais que deveriam voltar para os colégios, para ver se aprendem algo sobre postura. Dão aos filhos estas malditas mochilas de rodinhas, que ao meu ver deveriam ser proibidas. Mas são chics, são caras, são ótimas para esfregar na cara de outros pais o quanto você tem mais grana e ama mais o seu filho (mesmo que o segundo não seja tudo isso).

As aulas de Ciência são mais que mostrar gelo derretendo ou sonrisal espumando. É entender o mundo, despertar o interesse por tudo sobre nosso ambiente e entender a nós mesmos. Se eu mostro água fervendo com aquela "fumacinha" saindo, posso explicar como as chuvas ocorrem. Mas, tadinhos, eles podem queimar as patinhas. Por quê? Porque pai idiota não se deu ao trabalho de ensinar que água quente queima.

O mundo de hoje é paranóico. Temos que proteger todo mundo de tudo. Se eu chegar perto de um dos alunos pequenos, tem que ser com um monte de gente presente, ou acharão que eu sou um pedófilo. Não pode encostar que machuca, não pode puxar orelha, desmanchar o cabelo e coisas assim, porque isso estará quebrando a redominha de cristal dos floquinhos de neve.

Daqui a pouco, teremos adultos imaturos, imbecis e que se ofendem por qualquer coisinha, indo no seu perfil e te xingando porque você falou algo que o deixou tristinho. Ou seja, foi assim que os idiotas do Tumblr passaram a existir.

Bafômetro que não é bafômetro ajuda a determinar existência de câncer no esôfago
Jornalistas, pastores e aves ensandecidas

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!

  • Vinicius Henrique Marangoni

    Assisti esse vídeo do Nerdologia esses dias atrás e gostei muito dele. Apresenta um ponto de vista diferente. Talvez você goste.

    Por que o Merthiolate não arde mais?

  • Marcelo Paz

    Bom era quando a criança brincava de pogobol e tinha fratura exposta por que aquele troço era uma máquina de torcer perna.

    Elmo Brandão respondeu:

    Eu nem cheguei nessa etapa porque pogobol também era uma máquina de esfolar os pés

  • “O Diretor (PASMEM!) disse que então ele é que fazia questão que o filho
    dela não estudasse lá, pois quem precisava ser educado não era bem o
    garoto.”

    E o dono da escola não mandou o diretor embora? Afinal, era uma fonte de renda que se ia.

  • Pingback: Pais toscos fazem dos seus filhos um bando de babacas | Ceticismo.net()

  • Asuna-chan

    Eu só não entendi porque você é contra mochila de rodinhas.
    (se for piada interna ou post antigo, eu ainda não vi por ser leitora recente)

    Pryderi respondeu:

    Porque a criança fica toda torta puxando aquela porcaria

    http://rbs.hagah.com.br/rbs/image/10243953.jpg