O poder ininterrupto do Klyuchevskaya Sopka

Um fumo negro sobe das montanhas do Leste. Nas terras de Mordor, onde as sombras se deitam, o horror é forjado a ferro e fogo. Orcs dançam nas profundas cavernas, enquanto balrogs não ousam sequer a chegar perto. Um troll das montanhas olha pro céu, seguro que o raiar do sol não o transformará em pedra, pois está tudo escuro. Longe dali, os Homens do Oeste esperam pelo que pode vir de maligno, pois o Senhor do Escuro trabalha. E quando ele termina, ele diz: Ash nazg durbatuluk, Ash nazg gimbatul, Ash nazg thrakatuluk, Ugh burzum-ishi krimpatul, Uzg-Mordor-ishi amal fauthut burguuli.

As terras tremem e as forças nefastas se espalham… Ou pelo menos seria assim se o mundo fosse mais divertido. Como este planetinha é meio sem graça, estou apenas falando de um vulcão, mesmo.

Kamchatka tem o nome de alguma entidade monstruosa, pronta para destruir o mundo, para depois sermos salvos por algum herói de nome mais esquisito ainda (ou adolescente com poderes sem noção, como nos modernos livros babacas infanto-juvenis). Nesta península, o mal, o poder a destruição tem um nome. Seu nome é Klyuchevskaya Sopka e é um estratovulcão mal feito o pica-pau, mais feio que a necessidade e mais perigoso que chefe chegando perto de onde você está, acessando Facebook ao invés de trabalhar.

O Klyuchevskaya Sopka é um dos vulcões mais ativos do mundo, com mais de 100 erupções nos últimos 3.000 anos, de acordo com o Programa Global de Vulcanismo do Smithsonian . Doze erupções confirmados ocorreram desde 2000. E, convenhamos, você e qualquer pessoa minimamente lúcida não iria querer ficar perto dele.

Quando o satélite Landsat 8 sobrevoou na tarde de 20 de outubro por sobre Orodruin, digo, o Klyuchevskaya Sopka, foram tiradas várias fotos de lava saindo do Vulcão motherfucker. com seus nada desprezíveis 4.750 metros de altura.


Clique na imagem e a veja com um tamanho absurdamente grande!

Essa imagem é uma combinação de luz verde, infravermelho próximo e ondas curtas de infravermelho. O infra-vermelho praticamente detecta emanações de calor e é exatamente o calor da lava que aparece como um vermelho brilhante, enquanto a neve e o gelo aparecem com tom esverdeado. É uma espécie de Photoshop nerd.

Aprendemos nos colégios sobre vulcões. No máximo, sobre Pompeia, mas não muito sobre os vulcões da atualidade. Já não ouvimos muito sobre o Monte Santa Helena e praticamente nada sobre Palweh e absolutamente nada sobre Klyuchevskaya Sopka. Nosso sistema de ensino visa falar bobagens sobre como as pessoas são sofridas no Nordeste, mas nada sobre como é a geografia da região. Não aprendemos nem a geografia de outros lugares e sim besteiras sociológicas insossas.

O planeta tem muito a nos ensinar, mas não queremos aprender nem passar este aprendizado. Queremos passar informações toscas e despropositadas, para nos sentirmos mal por termos, senão tudo, o básico. Enquanto isso, o  Klyuchevskaya Sopka está lá, esperando que saibamos melhor sobre ele e como ele exerce influência na Natureza.

O Senhor do Escuro sorri. Ele está satisfeito por saber que conhecimento é o verdadeiro Poder e este poder está escapando das mãos do reino dos homens, fadados ao eterno sono.


Fonte: Earth Observatory

3 comentários em “O poder ininterrupto do Klyuchevskaya Sopka

  1. André, gostaria de que falasse, por favor, sobre os recentes tremores de terra no Rio Grande do Norte.

  2. Eu comparo o Klyuchevskaya Sopka com aqueles cachorros badass que só sabem latir, morder as pessoas que é bom nada.
    O diretor do Instituto de Vulcanologia e Geodinâmica, Genrikh Shteinberg disse em entrevista ao site Voz da Rússia:

    “Não há uma ameaça direta do Klyuchevskaya Sopka para os pontos populacionais. O povoado mais próximo dele está a 30 quilômetros do sopé do vulcão. Isto não é perigoso. A cinza pode cair, mas em pouca quantidade – alguns milímetros por metro quadrado. Outra coisa é a aviação. Naturalmente que os aviões que se dirigem ao Alasca, ao Japão, Sudeste Asiático têm que se desviar da nuvem de cinza.”

    Uma entidade monstruosa que não faz mal às pessoas não é tão motherfucker assim…

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s