Havia uma outra Belém? Mas jornalistas continuam os mesmos

Em épocas festivas como a atual, peregrinos de várias partes do mundo vão visitar a terra de Jesus: Belém, apesar de ele não ser bem originário de lá. Só que parece que havia mais de uma Belém. Afinal, qual é a Belém mencionada no relato evangélico e, mais importante, onde Jesus teria nascido a ponto de ser encarado como Messias mediante as predições messiânicas?

Primeiro, vamos esclarecer certas coisas: Não houve previsão NENHUMA! (acorde de piano). Em Levítico 20:27 é dito: "Quando, pois, algum homem ou mulher em si tiver um espírito de necromancia ou espírito de adivinhação, certamente morrerá; serão apedrejados; o seu sangue será sobre eles."

Então, o que Isaías, Miqueias etc. fizeram? Nada, nenhuma previsão. Eles só transmitiam a mensagem de Deus e, normalmente, começavam as frases com "Assim diz o SENHOR(…)". Então, aquela história de profetas prevendo o nascimento de Jesus séculos antes é CBD (Conversa para Boi Dormir). Por exemplo, alegam que Gênesis 49:10 prevê que Jesus nascerá na tribo de Judá, pois "O cetro não se arredará de Judá, nem o legislador dentre seus pés, até que venha Siló; e a ele se congregarão os povos". Infelizmente, não é verdade, pois Jesus não era filho de José e sim do espermatozoide santo, enquanto que Maria era da tribo de Levi. Fora isso, alegam que Miqueias 5:2 "prova" a previsão que Jesus seria de Belém. Infelizmente, a passagem diz: "E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares clãs de Judá, de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade".

No inglês literal de Strong: And thou, Beth-Lehem Ephratah, Little to be among the chiefs of Judah! From thee to Me he cometh forth — to be ruler in Israel, And his comings forth [are] of old, From the days of antiquity.

Belém Efrata era um clã, uma família. Period! Daí vem aquele lance de João e Maria, digo, José e Maria perambulando pelas bandas saindo de Nazaré, indo pro Egito, dando um rolé na Uruguaiana e indo parar na25 de março para fazer as compras de Natal. E não. O Pará não tem nada a ver com isso e muito menos a Fafá. Lucas, o mais porco historiador que o mundo conheceu, disse que Belém era uma polis, uma grande cidade, onde Belém podia ser qualquer coisa, mas grande cidade com certeza não era.

Agora, pesquisas arqueológicas indicam que a Belém que vem sendo escavada não é a Belém onde Jesus supostamente teria nascido, conforme notícia veiculada pela NPR. Algo muito novo, não é? Bem, ate podia ser, se a Folha Gospista da Imprensa de SP (mas hein?) não tivesse veiculado esta notícia no dia 24 de dezembro… do ano passado. Olha, NPR, dá uma olhadinha aí que o estagiário reaproveitou o calendário do ano passado. Aliás, Folha, a National Geographic já tinha falado sobre isso em 2008! Qual é o problema dessa gente?

Afinal, qual a Belém? Não importa muito. Assim como não importa quando o verdadeiro Jesus, o chamado "Jesus Histórico", nasceu. Para cristãos, não é uma questão de ter certeza absoluta, e sim fé. Sua fé os faz seguir os ensinamentos e o modo como os interpretam. Não estou discutindo aqui se o Jesus Histórico era igualzinho ao Jesus Bíblico. Estou falando como os mitos são trabalhados mediante nossa psiquê. Até bem pouco tempo, ninguém acreditava 100% na literalidade bíblica; isso é coisa recente. Os mitos e relatos heroicos existem desde muito tempo antes da Judeia sequer existir, quanto mais que apareceria um líder messiânico.

Então, do que estamos falando aqui? Bem, principalmente como jornalista adora requentar matéria por pura falta do que colocar nos espaços em branco dos jornais, já que ficaria estranho voltarmos a publicar poemas e receitas nas primeiras páginas de jornais, como acontecia nos tempos da censura.

Já deixei mais que patente meu total ceticismo sobre o carpinteiro mágico, mas é interessante comentar notícias atuais que não são tão atuais assim para aproveitarmos e dispormos de algumas gotas de informação.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s