Camelinhos de Allah surtam por causa de filme vagabundo

Antes de mais nada, devemos salientar a importância das religiões como sendo guias morais e fundamento ético de qualquer sociedade, onde seus seguidores sabem da importância do convívio, relegando aos não-crentes a decadência na barbárie. O Islã é a pérola do Oriente e fiel seguidora dos princípios pacifistas do pedófilo, digo, misógino, digo, profeta Mohammed. Por causa de um filme de baixo orçamento, os Camelinhos de Allah mostraram toda a calma e temperança de sua religião, começando um imensa quebra-quebra, com mortos e inúmeros feridos. O que diabos está acontecendo?

Está acontecendo o que sempre aconteceu quando um bando de retardados acéfalos sai às ruas. O que os hooligans do deserto precisam é apenas um pretexto e este pretexto foi um filme muito o do vagabundo, onde o tosco do Maomé é retratado como mulherengo, pedófilo, gay (não pergunte) e tinha diversos capangas. Só faltaram colocá-lo sentado com um gato no colo e fazendo propostas que outras tribos do deserto não poderiam recusar.

Os camelinhos de Allah surtaram de forma épica e começaram o arrastão em quase todas as embaixadas norte-americanas daquele lugar esquisito chamado Oriente Médio. Na Líbia, o Consulado da cidade de Benghazi, onde o embaixador J. Christopher Stevens e mais três funcionários foram mortos de forma bárbara ontem, 12/09, de forma bem semelhante ao que aconteceu no século VII, onde o misógino de turbante bancou o louco-furioso e saiu matando a torto e a direito. No Iêmen – aquele lugar onde você é incapaz de identificar num mapa mudo – 4 pessoas já morreram e 34 estão feridas, mas ós números já devem ter subido. No Egito, os toscos de dishdashah feriram 13 pessoas e os números não param de crescer. E porquê? Por causa de uma merda de filme mal-feito, cujo trailer você pode ver abaixo.

A imundície dos talibãs fizeram "um apelo" ontem para que os muçulmanos afegãos preparem-se para atacar os americanos e pediu que a população “se vingue” dos Estados Unidos blábláblá Whiskas sachê. Em Teerã, no Irã, cerca de 500 maníacos participaram de um protesto perto da embaixada da Suíça, que representa os interesses dos EUA, que nunca gozou de boa fama desde que o psicopata do Khomeini subiu ao poder. Os manifestantes, convocados por uma associação de estudantes radicais, exibiram exemplares do Alcorão, enquanto gritavam "morte à América" e "morte a Israel". Este último, claro, já deve estar preparando seu arsenalzinho e entrando em Defcon 3 ou seja lá como chamam lá.

No Brasil, a embaixada e os consulados intensificaram a segurança, ainda mais com os babacas anti-americanos (mas que calçam tênis Nike, bebem coca-cola e usam iPhone) que há por aqui. Enquanto isso, o Pentágono avisou que 2 destróieres da marinha dos EUA estão seguindo para as proximidades da Líbia, mas apenas "por medida de precaução" (my ass). Próximo passo será um porta-aviões, para depois mandarem o Stallone e seus mercenários (exceto Chuck Norris, que foi prestar condolências pelo aniversário de falecimento de uma cobra que o mordera).

Qual o motivo disso tudo? Porque o filme disse que muçulmanos são violentos e sua religião gera ódio, perseguição e mortes absurdas, já que seus seguidores fanáticos não entendem outra coisa senão a barbárie e violência exacerbada. Diga com sinceridade: OS pobres islâmicos têm ou não têm razão de reclamar frente a tanta mentira?

17 comentários em “Camelinhos de Allah surtam por causa de filme vagabundo

  1. Dicas de como dar início a 3º Guerra Mundial.

    Pague alguns mentecaptos pra fazer um simples e imbecil vídeo, onde mostre um dos atores como Maomé, retratando-o de forma completamente contraditória ao livre de alá. Publique num compartilhador de vídeos famoso. Espere algumas horas, e pronto. Em questão de dias milhares de pessoas terão se matado sem ao menos pensarem direito o por quê.

    Esse é um momento “histórico!”, onde um quase trash-movie poderá ter sido o desencadeador da 3º Guerra Mundial.

  2. O pior de tudo é ve rum monte de cristão criticando o “fanatismo violento” dos muçulmanos. Como se a ICAR não tivesse matado muito mais em sua história de sangue. E como se fosse muito difícil voltar a matar…

  3. O confronto entre cristãos e muçulmanos que não é nem um pouco novo e só vai piorar com o uso de armas cada vez mais poderosas.Espero que a humanidade sobreviva… :|

  4. Ouvi falar sobre isso mas achei que a polêmica era só por conta do homossexualismo de Maomé. Agora que vi na Reuters Brasil que o bicho pegou mesmo. Ficaram ofendidos com a caracterização do profeta e acabaram mostrando que os produtores (seja lá quem cometeu isso) tinham razão. E André, não dá pra ver um trailer de 14 minutos de um filme tão ruim….Isso não serve nem pro antigo Cine Trash.

  5. Belo texto. Infelizmente nos países Islâmicos a religião esta acima de tudo, é governo, é poder, por isso tanta carnificina, quando a religião Cristã ditava ordens e todos tinham que obedecer, era a mesma coisa, só que com o passar dos tempos, eles foram perdendo poder, pelo menos no que concerne punir aqueles que não engoliam as suas mentiras. Acredito que se a Europa não abrir os olhos, os tempos de trevas voltaram, a invasão muçulmana é clara, controle populacional eles não têm, se não surgir alguém na esfera politica para deter isso, a coisa vai ficar desagradavel.

    1. quando a religião Cristã ditava ordens e todos tinham que obedecer, era a mesma coisa, só que com o passar dos tempos, eles foram perdendo poder,

      Vc nunca ouviu falar nas bancadas católica e evangélica, não é?

      1. @André, André, é claro que eles tem muito poder, mas estou dizendo em relação, a nos fritar vivos simplesmente por discordarmos deles, não que não tenha vontade,ok.

  6. O Edir Macedo está de olho na prefeitura de SP.E o pior é que o candidato dele, está liderando as pesquisas.Em breve,teremos uma teocracia no Brasil.Só faltava essa.

  7. Pingback: Blog do Lucho

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s