Bento XVI diz que é absurdo não acreditar em Deus

Faz tempo que nosso estimado Imperador Palpatine XVI não solta alguma besteira muito grande. Ele já é tão dado a sandices que nem noticiamos as besteiras corriqueiras dele, só as muito cabulosas. Cioso de suas obrigações para com o Ceticismo.net – conosco a oração e a paz – Chico Bento XVI disse hoje em Brno, a segunda cidade mais importante da República Tcheca, que a única esperança “certa” é o deus cristão, e que a experiência da história mostra que o homem chega ao absurdo quando exclui Deus de sua vida e que, sem Ele, não é fácil construir uma sociedade baseada no bem e na justiça.

O “absurdo” histórico deve ser o resultado da ação de não acreditar no Nosso (de vocês) Senhor Jesus Cristo, amém, graças a Deus, o qual acarretou as Cruzadas e a Inquisição, por exemplo. Em outras palavras, acreditar num deus que não seja Jesus, realmente ocasionou morticínio, depravação, pilhagens, morte e destruição. O pessoal que ficou num enclave chamado “Gueto de Varsóvia” não me deixa mentir.

Diante de cerca de 150 mil pessoas, que assistiram no aeroporto de Brno à missa que o pontífice celebrou em seu segundo dia de estadia no país, o Papa fez uma chamada à esperança e denunciou que, na época atual, a fé e a esperança foram relegadas ao plano privado, enquanto a sociedade põe sua confiança no progresso econômico e científico. Isso significa que, como a maioria dos crentes, Bentinho precisa ler mais seu próprio livrinho…

Mateus 6:5-8 – Quando orardes, não façais como os hipócritas, que gostam de orar de pé nas sinagogas e nas esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade eu vos digo: já receberam sua recompensa. Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai em segredo; e teu Pai, que vê num lugar oculto, recompensar-te-á. Nas vossas orações, não multipliqueis as palavras, como fazem os pagãos que julgam que serão ouvidos à força de palavras. Não os imiteis, porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes que vós lho peçais.

Algum de vocês já foi numa missa? POis, é. Isso sem falar no que vem a seguir:

Mateus 6:19 – Não ajunteis para vós tesouros na terra, onde a ferrugem e as traças corroem, onde os ladrões furtam e roubam.

Alguém se lembrou do Vaticano?

Pelo sim, pelo não, Chico Bento XVI ainda continuou com suas tolherias ao dizer: “A única esperança certa e de confiança é Deus, e a experiência da história mostra que o homem chega ao absurdo quando exclui Deus do horizonte de suas ações e como é difícil construir uma sociedade inspirada nos valores do bem, da justiça e da fraternidade, já que o ser humano é livre e sua liberdade é frágil”.

Se Bentinho não fosse completamente analfabeto em História, ele saberia que o Código de Hamurabi é um dos mais antigos conjuntos de leis já encontrados, e um dos exemplos mais bem preservados deste tipo de documento da antiga Mesopotâmia de cerca de 1700 A.E.C. Obviamente, tem suas passagenzinhas sangrentas, como condenar à morte qualquer um que minta num tribunal (eu adoraria ver isso aplicado aqui no Brasil), o que ão é muito diferente de condenar um missionário à morte, não procurar defendê-lo, participar de sua execução e, caso seja de sua própria família, denunciá-lo à comunidade (Deuteronômio cap. 13).

Temos também os chineses, que viviam no seu império lá tranquilos. Tudo bem que o chato do Gengis-Khan resolveu que tinha que ser dono daquilo tudo. Gengis-Khan era um enviado de Deus? Bem provável segundo a retórica cristã. Posso citar os aborígenes da Austrália, os índios americanos e mesmo os indígenas brasileiros.

Aliás, temos mesmo que lembrar o que a leva de cristãos fez com os povos das Américas? O livro Armas, Germes e Aço, de Jared Diamond, ilustra bem o que aconteceu. Nos dias atuais, a influência católica foi, e continua sendo, um câncer nas comunidades afastadas, como mostrou uma reportagem do Jornal Nacional sobre o efeito das religiões nos povos indígenas, onde fala que a partir de 1914, os padres salesianos foram proibindo tudo: malocas coletivas, rituais, línguas. Um modo de destruir qualquer civilização é, primeiro, destruir a língua, os costumes. Daí, o coração e a cultura do povo serão esmagados e eles não se lembrarão mais quem são, seus filhos jamais conhecerão nada de seus antepassados, vivendo exclusivamente em função de seu dominante. A História está aí para provar.

Segundo reportagem do Jornal Nacional, a A obsessão católica da conversão dos selvagens foi diminuindo com o tempo, mesmo porqueo estrago já estava feito e irremediável. Para que se preocupar mais? Mas isso, Chico Bento não mencionou na República Tcheca, já que eles nunca viram um índio nem em fotografias e nem se importam com o que acontece no Brasil, e eu duvido até mesmo que eles saibam que a capital daqui é Buenos Aires Brasília.

A preocupação primordial com a Rep. Tcheca é que os católicos lá são apenas 29% da população, enquanto outros 5% pertencem a outras confissões e 66% se declaram indiferentes ou ateus e, ao que me lembre, não foi a República Tcheca que invadiu países, destruiu cidades etc em nome do ateísmo. Nem mesmo os russos fizeram isso. E, prestem atenção, eu falei EM NOME DO ATEÍSMO. Sonhos expansionistas pertencem a quaisquer imperadores, como Napoleão, Inglaterra e até mesmo o Vaticano – sim, o Vaticano já teve até mesmo exército próprio e Rodrigo Bórgia submeteu muitos países à força de suas armas!

Ele se referiu também aos “obscuros” anos do comunismo e destacou como milhares de pessoas sofreram por se manterem fiéis ao Evangelho “e não perderam a esperança”, quando na verdade não foi bem assim. O Comunismo não perseguiu que era católico, mas sim submeteu vários países, assim como o próprio Vaticano, depois os nazistas (ops, estes era cristãos) e muitos outros, enquanto que o hoje a preocupação é com os muçulmanos. Como podem ver, o problema maior está em quem acha que todos têm que rezar pro mesmo deus.

Chico Bento XVI ainda ressaltou que o homem deve ser libertado das opressões materiais e, “mais profundamente, dos males que afligem o espírito”. Talvez, por causa disso, ele ordene que o Vaticano seja desmontado e o ouro doado a instituições filantrópicas.

Vários sacerdotes da Morávia disseram à Agência Efe que um dos grandes problemas da Igreja Católica é a falta de vocações e a pouca presença às missas, à qual vão apenas 5% dos fiéis. Então, a questão é simples: Deixem o pessoal acreditar no que quiserem ora pombas. Querem melhorar algo lá? Doem dinheiro, financiem hospitais, construam casas. Mas, não. Só o eterno mimimimi do tipo “por que você não reza pro meu deus, hein? Ele é tão legal!”

Patético!


Fonte: G1

15 comentários em “Bento XVI diz que é absurdo não acreditar em Deus

  1. Ai, ai. Esse lorde sith não cansa nunca de falar bobagem. O pior é que ele pode falar bobagem a vontade, pois é praticamente o homem mais paparicado dessa esfera de merda que chamamos de planeta terra.

  2. Esse sujeito abusa de ser hipocrita, embora seja muito cômico, covenhamos. Acho que nem precisamos relembrar episódios como inquisição e conquista das Américas, por exemplo, pra ver o “amor” e “moral” ( ou até mesmo na bíblia, com uma moralidade nociva ao ser humano) trazidos por essa instituição. Basta ver uma mácula mais recente, como o apoio aos regimes nazi-fascistas, evidentes na barganha do Tratado de Latão, que originou o Estado do Vaticano, ou a concordata expressando pleno apoio ao regime de Hitler, do qual Bentinho serviu com orgulho a Juventude Hitlerista,que embora hoje negue, adimite apenas que tenha sido ” obrigado “. Essas coisas só incomodam e surpreende quem nasceu em berço católico. O restante das pessoas podem rir de camarote.

    Sobre esses discursos do Chico Bento XVI, alguem soube do belo fora que ele levou da The National Secular Society ao afirmar que a responsabilidade dos desastres ecológicos ou o desrespeito pelo ambiente, está diretamente ligados à aqueles que negam a existência de deus ?

  3. Quero ver “crentesinho” dizendo que a taxa de desgraças ocorridas em países ateus são maiores que dos países teístas agora :lol:

    1. @Abbadon,

      ô Abbadon, eu vi que vc tem alguns rascunhos de artigos aqui.

      Cara, vc pretende publicar eles? Tem um título que esta me interessando … “Dúvidas sobre os autores dos manuscritos do Mar Morto”

  4. Eu estou num ponto que acho engraçado as asneiras que o tio Chico Noia Bento 16 fala.
    Eu levo isso na brincadeira, mas é incrível como tem “pessoas” que levam a sério o que ele fala. (K)

    André você consegui desvendar o segredo a tal escada “mágica” de ‘são josé’??

  5. “Ó, sublime André, obrigado por nos trazer a luz aterna da sabedoria e do entendimento!
    Que estejas em paz e em prazer de 72 virgens (digo…virgens até te conhecerem) e estejas sobremaneira estimado enquanto nos trouxer a ciência de maneira popular!
    Amém!

    Pronto papa… fiz minha oração! Agora para de encher!

    Assissado: Fã iluminado pela salvação cientifica!”

    Vão puxar o saco de alguém que pelo menos tenha 1g de massa cinzenta!
    PQP!
    Divinizar um cara que tem “8 doutorados” (duvido mto) e solta uma pérola destas…

  6. Chico Bento XVI tinha que tá numa banda de Black Metal ahhahahaha esse cara eh parça do capeta rapá kkkkkk *como se existisse capeta e bandas de black metal :neutral:

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s