Meganhas de Cristo acabam com orgia de assessor do Papa

Dissertação de mestrado será feita em prostíbulo
Nova onda: Glitter na bacurinha, com sabor tutti-frutti

Vida eclesiástica é dureza. Se não se busca a Chave dos Céus tem que meter a boca no Apito de Chamar Anjo. Infelizmente, certas práticas não são lá muito bem vistas pela Gestapo de Jesus, também conhecida como Congregação para a Doutrina da Fé ou não muito legal o nome Tribunal do Santo Ofício ou, melhor ainda Inquisição. Ainda mais quando estas práticas são realizadas num apartamento DO PRÓPRIO Santo Ofício.

Orgias e sodomia ainda são pecados pelo Vaticano, mas parece que os mais perto do Vaticano não sabem disso.

Servindo de empata-foda para as insânias religiosas, esta é a sua SEXTA INSANA!

Ao que tudo indica, o cardeal Francesco Coccopalmerio estava presente na festança, mas tal informação não foi confirmada oficialmente e nem vai. Coccopalmerio é e presidente do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos no Vaticano. Este departamento, digamos assim, da Santa Sé tem como função interpretar as leis da Igreja e presta auxílio técnico-jurídico para os outros dicastérios, que nada mais são que os “departamentos” da Cúria Romana. Este pontifício conselho examina, sob o aspecto jurídico, os decretos gerais dos organismos episcopais: conferências episcopais e concílios particulares. Ou seja, ele é o advogado de Papa e vai interpretar as leis para a Cúria e todos os leigos. Lembram da palhaçada “interpretar o que tem na Bíblia”? Esqueça. Tudo o que houver de leis e decisões episcopais é função do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos dizer o que aquilo significa, e com aval do Papa, que sabemos ter ligação direta com o Todo Poderoso Omni3.

Ao que parece, o distinto apartamento andou incomodando os vizinhos, principalmente por causa do entra-e-sai (não neste sentido) intenso e o comportamento suspeito do pessoal que ia lá; e foi aí que chamaram a polícia. O problema é que se trata de um apartamento da Gestapo de Jesus, daí Dom Domenico Giani, comandante da Gendarmeria (Polícia do Vaticano ou Meganhas de Cristo) foi avisado e este mandou a polícia vaticana pra lá e a merda bateu no ventilador tão forte que nem Tomé quis ver mais nada!

Foram encontrados um pessoal pelado, bebidas e drogas. Só não ficou esclarecido se tinha uns boy magia ou era Lemon Party, mesmo. Aliás, é melhor eu não saber… Não, com certeza, eu não quero saber. O dono da festa estava tão doidão que acabou sendo levado a um hospital, tendo que passar por desintoxicação para depois passar pela Inquisição a delegacia para dar depoimento.

Ao que tudo indica, Papa Francis não ficou nada feliz com isso e mandou dar um jeito de aposentar o tiozão o mais rápido possível, já que a ICAR precisa de tudo, mas não de mais um escândalo. Ou não tão cedo. Quem sabe na semana que vem…


Fonte: The Times

Dissertação de mestrado será feita em prostíbulo
Nova onda: Glitter na bacurinha, com sabor tutti-frutti

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!

  • Mário Araújo

    André, mas que história cabeluda, hein?

    Ou deveria dizer… Peluda? 😀

    Abraços!

  • Leon

    HAHAHA