O homem que confundiu seu gato com outro gato

Isso pode parecer título do livro do Oliver Sachs, mas não. Se bem que tem (quase) tudo a ver. Estamos falando que um determinado senhor que teve sua virada virada por uma zica no cérebro. Esta zica (não confunda com o Zyka Vírus) fez com que este senhor não reconhecesse mais o seu gato como o seu gato. Era um intruso, um farsante, um espião illuminati, era um gato gatuno.

Isso que o pobre homem sofre é Síndrome de Capgrass, uma condição maluca que deixa o cérebro zuado, a ponto de não reconhecer parentes e mesmo a própria aparência, achando que todos foram substituídos por farsantes.

O dr. Ryan Darby e o dr. David Caplan são neurologistas e verificam as maluquices que acontecem dentro da cabeça das pessoas. Um exemplo disso é um paciente de 71 anos de idade, com um lindo histórico de meter a cara na manguaça, traumatismo craniano por causa do jogo de hóquei e transtorno bipolar. Um exemplo de vida saudável, como podem perceber!

De uns seis anos pra cá, esse homem ficou paranoico escreveu bilhetes para a esposa, dizendo que sua casa estava sendo monitorada pelo Governo e que as pessoas ao seu redor eram agentes do FBI. Estava mais parecendo o personagem do Mel Gibson em Teoria da Conspiração.

O cara tem que ter uma auto-estima lá nos píncaros para achar que o Governo (que nega conhecimento, lógico) está deveras preocupado com a vidinha insossa dele. É uma arrogância incrível achar que todo mundo está interessado no que ele faz, mas arrogância, apesar do desvio, não está na lista de doenças da OMS. Mas Síndrome de Capgras está.

O sujeito anda tão pancada das ideias (não, este site não é politicamente correto. E você tem mau hálito!) que agora cismou que seu gato é um impostor. Por algum motivo que pessoas normais tentam e falham entender é por que diabos o Obama mandou substituir o gato fedorento dele por outro. O paciente reconhecia que fisicamente era o mesmo bichano, mas a personalidade do dito cujo (no caso, o gato, que demonstra maior sanidade mental) tinha sido substituída por outra!

Caplan & Darby (que parece nome de dupla humorista de cassino) não sabem ao certo por que isso ocorre. A própria Síndrome de Capgras é um mistério sem se saber detalhes. O caso desse paciente, que parece ser engraçado (ok, é!) mas é um problema sério para parentes e amigos, é único até agora. Não se tinha notícia de pessoas que não reconheciam seus próprios animais. Isso mostra coo nosso corpo, divinamente planejado, veio com bugs. De repente, Deus estava segurando errado.

O estudo foi publicado no periódico Neurocase.

5 comentários em “O homem que confundiu seu gato com outro gato

    1. Não levei a sério por que estava na Wikipédia,então dei mais pesquisadas para saber sobre o assunto,então alguns sites propõem diversas hipóteses de que pode ser Esquizofrenia,Alzheimer ou complexo de Édipo,mas outros afirmam que tem a ver com as emoções reprimidas,alguns sites que afirmam que a causa da Síndrome de Capgras está ligada com as emoções :

      http://www.infoescola.com/doencas/sindrome-de-capgras/

      https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADndrome_de_Capgras

      http://asdoencasraras.blogspot.com/2013/03/sindrome-capgras.html

      Mas nada a se levar a sério ou como verdadeiro,já que não há mesmo um jeito de saber a verdadeira causa,por que aparentemente muitas doenças podem levar consequentemente a Síndrome de Capgras.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s