Uma análise dos problemas das religiões

As religiões têm muitos problemas. Controle social, manipulação política e econômica, guerras, porradarias, assassinatos, ataques suicidas etc. Até onde a religião é diretamente responsável por isso? Quem sãos os que estão por detrás desse teatro de horrores?

O cientista André Carvalho tenta responder essa e outras perguntas. Ele examinará fundo a religião e perseguirá quais os responsáveis por todas as atrocidades e… (estou convencendo como documentário da National Geographic?).

Este é mais um vídeo. Espero que gostem.

Infelizmente, gravei e publiquei este vídeo depois do programa do John Oliver. De qualquer forma, se você gostou deste vídeo, dá joinha, inscreva-se no canal, coloca uma rosa branca numa encruzilhada. Se não gostou, clica no "gostei" e se inscreva no canal, que assim ele some.

10 comentários em “Uma análise dos problemas das religiões

  1. “estou convencendo como documentário da National Geographic?”

    Tá mais pra globo repórter!

    Como você mesmo disse, o problema não e a religiosidade em si, mas o próprio ser humano que se utiliza de qualquer subterfúgio para criar guerras e dominações. Se utilizam das religiões como fonte de manipulação. Aliás, regimes ateístas também fizeram o mesmo, e com maiores requintes de crueldade, só que usaram outras ideologias.

    1. Eu nunca fui contra crenças. O que sou contra é o modo como usam a fé das pessoas em proveito próprio, como estabelecimento de poder de controle.

  2. Não fazer com os outros o que não gostariamos que fizessem conosco é realmente uma regra simples, e mais antiga que a própria Biblia. Mais interessante que isso, é uma regra que não precisa de religião. Logo, Mateus e Romanos são irrelevantes aqui.

  3. “(…) Essa é a máxima cristã. (…)”

    Essa auto-rotulação que paulinos/ebionitas se dão me confunde! Acha que é possível seguir Jesus, Paulo e/ou Moisés ao mesmo tempo, sem entrar em contradição moral e ser desonesto intelectual?

    Alias, acha que a Bíblia inteira é necessária como guia moral, e não apenas algumas poucas passagens/parábolas (que mal encheriam uma folha) que representam a Ética da Reciprocidade?

  4. Guerras são causados por motivos econômicos, um dos poucos poucos pontos que concordo com Marx.

    Marx falou muitas bobagens e essa é mais uma delas.

    Quando o Rei Fernando II decretou a expulsão dos judeus da Espanha em 1492, Maquiavel duvidou que os motivos tenham sido apenas religiosos, mas ele queria se apossar das propriedades dos ricos judeus.

    E a Guerra dos 30 anos? A Contra-reforma?

    Posteriormente esses mesmos judeus foram recebidos de braços abertos pelos mamelucos, também por causa de sua influência intelectual /econômica e não por que ‘árabes e judeus se davam bem antes do sionismo’.

    Irrelevante

    O problema é o fundamentalismo, mas o maior problema está muito além das religiões, que muitas vezes são bons catalizadores para acontecimentos piores motivadas pelo egoísmo e busca de poder do homem.

    Isso foi dto no vídeo, com citação do livro da Karen Armstrong

  5. Se você não viu nem o vídeo, é inocência minha esperar que leia os artigos e discussões sobre as guerras religiosas que já aconteceram, e as atrocidades cometidas motivadas pela religião.

    É outro opinador desinformado. O Brasil tá entupido de opinadores desinformados.

    1. Sim, de fato, é uma inocência da sua parte achar que vou moldar minha opinião por causa dos debates que ocorreram nesse site.
      Eu não tenho dúvidas que atrocidades são cometidas por fanáticos. O Estado Islâmico é um bom exemplo atual. A pesar que considero eles um fruto de ocupações americanas.
      Mas retire as religiões do mundo, as guerras vão continuar existindo. No estado atual de nossa consciência…

      1. As guerras podem continuar existindo, mas pelo menos, não teremos maníacos sociopatas alegando que o que fazem é certo porque foram enviados por deus em pessoa.

  6. Só não são irrelevantes porque você é cristão. E você mesmo confirma isso na última frase (pergunta) da sua postagem. E a resposta é sim.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s