Império das Formigas usa mercenários para dar cabo dos inimigos

Enquanto você está aí preocupado com a espionagem da NSA, se borrando de medo por causa do Skynet e se armando contra o Apocalipse Zumbi, saiba que estamos mais que ferrados. Nossas táticas bélicas estão sendo há muito usadas por elas, a criação de Satã, mensageiras do Senhor das Trevas, guerreiras de Lúcifer e criação sábia de um projetista inteligente que mantém a Natureza boa, pacífica e ética.

Infelizmente, esqueceram de contar isso para as formigas; e se nós estamos acostumados a usar mercenários e paramilitares, formigas colocam um óculos de casco de tartaruga, um cachecol e murmuram que elas já faziam isso antes de ser cool!

Rachelle Adams pode se candidatar a uma miss qualquer. Atualmente ela é Miss Inseto, já que tem doutorado em Entomologia pela Universidade do Texas, trabalha no Departamento de Entomologia do Museu de História Natural do Instituto Smithsonian e é pós-doutora pela Universidade de Copenhague, Dinamarca. Ela é praticamente uma Joaninha, apesar desse trocadilho só ter graça em inglês.

Já publicamos vários artigos sobre como a Natureza é boazinha e como as formigas são que nem a triônica Formiga Atômica, boazinhas e sempre prontas a puxar um ferro para sair na porrada com malfeitores. Caso você seja newbie, você poderá ler os artigos em tag específica AQUI.

Rachelle estuda o comportamento das formigas e como elas agem na hora de chutar o pau da barraca. Elas têm um exército pronto para entrar em ação, já que formigas guerreiam, dilapidam outras colônias e chamam besouros vespas e até o G.I. Joe pras vias de fato se for necessário. Espécimes do gênero Sericomyrmex não possuem, entretanto, um exército como outros gêneros, já que formigas formam uma imensa família (em termos de classificação biológica, não tendo necessariamente a ver com graus de parentesco). Elas são fazendeiras. Elas cultivam fungos (sim, vegans, um ser vivo que se alimenta de um ser vivo, escravizando-o e comendo-o sem dó nem piedade. Mas a Natureza é ética…). Como seu modo de vida depende de sua fazenda de fungos, Sericomyrmex defendem seu lar da maneira como pode, recrutando cidadãos para atacar qualquer invasor que cisme em tomar conta do pedaço.

Curiosamente, nessas colônias costuma-se encontrar indivíduos da espécie Megalomyrmex symmetochus, que apesar de ter nome de dinossauro malvadão que colocaria um T-Rex pra correr é uma formiga. Eles foram encontrados em 80% das colônias de Sericomyrmex estudadas. A pesquisa foi publicada na PNAS.

Isto significa dizer que o Megalomyrmex symmetochus (doravante chamada formiga-com-nome-de-dinossauro) não é apenas um bon vivant, que fica na aba das outras formigas. Ele "paga", digamos assim, sua estadia trabalhando como uma espécie de Sylvester Stallone de 6 pernas. E sim, se você quer videozinho, está no lugar certo!

Entendam, não há bondade nisso. Não há corporativismo e muito menos solidariedade. As formigas malvadonas apenas defendem o que chamam de lar e estão pouco se lixando para as Sericomyrmex. A Natureza pouco se importa com ética e com mundinhos perfeitinhos que nossa tola idiossincrasia tanto busca. As formigas-com-nome-de-dinossauro apenas são parasitas, utilitaristas que defendem seu modo de vida e, por mero acaso, acabam beneficiando a colônia da qual ela vive como um cunhado que chegou sorrateiramente e ajuda a defender a casa quando algum ladrão vagabundo cisma assaltar.

Se traçar paralelos com membros familiares lhe deixa desconfortável, podemos usar a comparação feita pela drª Adams, que não é pálida, não tem filhos esquisitos nem criou nenhuma marca de goma de mascar. Para ela,  o as M. symmetochus se assemelham à anemia falciforme, que apesar de ser uma doença que deforma os glóbulos vermelhos, acaba protegendo seu portador da malária, através exatamente desta deformidade na morfologia das referidas hemácias. Isso é prova de uma entidade inteligente? Então, por que surgiu a malária, homessa!

Da mesma forma, a Natureza trabalha por vias irracionais, que acabam favorecendo indivíduos aleatoriamente, e isso ajuda-os a continuar suas vidinhas, alheios a tudo à sua volta.

2 comentários em “Império das Formigas usa mercenários para dar cabo dos inimigos

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s