Carpinteiro faz mágica e devolve as mãos a crianças amputadas

Não, não é desse carpinteiro que eu estou falando. Este carpinteiro não gosta de amputados.O carpinteiro mágico que estou falando é Richard Van As (sim, você que sabe algo de inglês pensou a mesma coisa que eu e dá razão às mulheres em achar que nunca passamos dos 13 anos), um camarada muito legal que ao sofrer um acidente percebeu que podia fazer muito mais pras pessoas do que simplesmente se lamentar.

Tudo começou quando Richard estava trabalhando em sua casa, perto de Joanesburgo, África do Sul. Era o ano de 2011 e Richard irá se lembrar para sempre deste dia. Ele perdeu o controle de sua serra e esta perda de controle custou-lhe 4 dedos de sua mão direita.

O homem que dependia das suas mãos para trabalhar com certeza ficou arrasado, mas o que separa meninos de homens é a tenacidade de reverter isso, de passar por cima das fatalidades, pois nem tão fatal foi (ainda mais quando é na mão dos outros, não é mesmo?), pois Richard ainda estava vivo e bem… ok, perder dois dedos assim não deixa ninguém bem, mas ele não quis saber.

O carpinteiro perdera qualquer tipo de capacidade de usar sua mão direita, o que seria perda total para um carpinteiro comum, mas Van As não era um carpinteiro comum, pois o jedi é o cristal da Força e a Força é a lâmina do coração. Ainda no hospital, com médicos e enfermeiros olhando com compaixão para Richard e outros pacientes encarando suas vicissitudes, o Carpinteiro Jedi resolveu que ele não iria aceitar isso. Ele não ia construir seu próprio sabre de luz, ele preferiu reconstruir a sua mão… ou melhor, seus dedos!

No outro lado do mundo, em Bellingham, no estado de Washington, Ivan Owen gravara um vídeo, usando uma mão mecânica, acionada por cordões e movimentada com o abrir e fechar da mão. Conceitos antigos como alavancas, polias, roldanas etc passaram pela mente de Van As, que já tinha visto as próteses do tipo X-Finger, mas 10 mil dólares POR DEDO acaba sendo algo um pouco salgadinho. Princípios básicos que Arquimedes riria de tão fácies, pedindo algo mais complicado para que chama-se a sua atenção. Se ele estivesse vivo, depois de mais de 2000 anos, ele teria sua atenção despertada pela criação de Owens e Van As: o Robofinger, desenhado, projetado e construído mediante a colaboração e doação de várias pessoas, até que ele chegasse a ser isto aqui do lado.

Ok, qualquer um poderia ter projetado isto, mas ninguém projetou. Da Vinci bateria palmas ara a eficiência, beleza, elegância e funcionalidade da peça. Mas não ficou só nisso. Com tecnologia futurista (para os padrões do século XIX), hoje dispomos de impressoras 3D. Com isso, surgiu a Robohand, uma prótese feita com uma impressora 3D, usando plástico, cabos, parafusos e muita engenhosidade. Graças a doações que somaram 22 mil dólares, Van As e Owen construíram diversas próteses de custo bem mais atraente, mais simples e eficientes. 150 dólares está bom para você?


Pro Leon está mais do que ótimo!

A maravilha desta prótese é que, se você não tiver 150 doletas (e não, não vende na Deal Extreme), você pode fazer as suas próprias próteses. Como? Bem, vai depender se você tem uma impressora 3D, porque os arquivos são disponibilizados por eles, digrátis!

Van As e Owen não acabaram com todos os problemas do mundo, mas pelo menos colocam de volta sorrisos nos rostos de crianças, dando-lhes capacidade de viverem uma vida normal. Religiões, psicólogos e filósofos fariam de tudo para que você aceitasse sua atual condição. Seja por uma vicissitude da vida, seja por algum castigo cármico ou mesmo porque são um bando de retardados inúteis que só ficam lhe dizendo que você não pode ser feliz nem almejar algo a mais na sua vida.

A Ciência, não. Nem que use uma prótese, ela levantará o dedo médio e dirá que conformismo é pra idiotas, para fracos, para gente que compartilhará e-mail de Nossa (deles) Senhora ou figurinha no Facebook, indo dormir em seguida, pouco se importando se você tem braços, pernas ou mesmo um prato de comida decente. A Ciência, tão critizada por desumanizar, é que faz a diferença, e Heidegger que se foda!


Sim, eu vi isso no site do Bem Estar. Sim, eu sei que é notícia que saiu em fevereiro. Não, não preciso de mão protética para fazer sinal específico para gente reclamona.

4 comentários em “Carpinteiro faz mágica e devolve as mãos a crianças amputadas

  1. Me lembrou o Toni Iommi, guitarrista do Black Sabbath, que perdeu os dedos em um torno, e criou suas prórpias próteses para tocar guitarra.

    “A maravilha desta prótese é que, se você não tiver 150 doletas (e não, não vende na Deal Extreme), você pode fazer as suas próprias próteses. Como? Bem, vai depender se você tem uma impressora 3D, porque os arquivos são disponibilizados por eles, digrátis!”

    Mas, quem não tem 150 dólares para comprar a prótese vai ter dinheiro para comprar uma impressora 3D?

    1. ” Bem, vai depender se você tem uma impressora 3D”

      VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER VAI DEPENDER

  2. Vai depender, claro, até por quem já tem uma impressora 3d em casa, não vai ter os 150 dólares, provalvelmente porque está pagando as prestações da impressora.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s