Indonésio está ameaçado de demissão por ter dito que Deus não existe

O bom da Indonésia é… bem, esqueça. Se tiver algo de bom lá é o aeroporto para ralar peito daquela bosta o mais rápido possível. Se bem que eu gosto dos filmes de terror trash de lá (sim, eu gosto e você vê Big Brother. Hunf!) Como nada é ruim o bastante que a religião não faça piorar, tem gente que acredita piamente naquele negócio de amor fraterno e liberdade de pensamento. Algumas insistem que podem escrever suas opiniões num blog (oiê!) sem ter babacas incomodando, enquanto outros soltam um desabafo no Facebook, tendo que ver o lado negro que se esconde nos corações humanos (ou nem tão escondido assim). Foi o que aconteceu com um indonésio que escreveu "Deus não existe" no Facebook e agora corre até risco de ir pra vala.

Esta é a sua SEXTA INSANA!

Um homem chamado Alexander ficou famoso no passado ao passar pelos lugares, passando o rodo geral. Ele era tão bom no que fazia que o pessoal começou a venerá-lo como um deus, já que não seria muito esperto duvidar do baixinho arretado. Séculos depois, um outro Alexander, nascido na Indonésia, resolveu que sua voz tinha que ser ouvida. É um bom homem, honesto e professava o islamismo (notem o tempo verbal). O problema é que ao tomar o remédio da estupidez da manhã, ele se confundiu e tomou uma pílula de cor vermelha. Olhou pela janela e viu o mundo como ele realmente é.

Alexander (não se sabe se este é o nome verdadeiro do sujeito) mostrou-se desapontado com tanta violência e desgraça no mundo. Ele fez uma postagem no grupo Ateis Minang (Ateus de Minang) no Facebook o que poderia-se esperar de uma postagem num grupo de ateus: Jesus é o Senhor Deus não existe, mas no mundo onde os membros do Ministério do Pensamento se infiltram por todos os lugares, alguém viu a postagem de mr. Alexander e isso está trazendo sérios problemas para ele. O problema reside no fato que a Indonésia é um dos maiores países islâmicos do mundo e a lei lá é regida pela Sharia, pois a Indonésia é um país teocrático. Isso implica que o autor de qualquer tipo de blasfêmia (só vale se for contra Allah) pode acarretar em uma pena de prisão de até 5 anos. A lá o problema agora!

Para melhorar o que já é ótimo, o homem, um funcionário público (imaginem… ser funcionário público na Indonésia deve ser o sonho profissional de qualquer um!), está correndo o risco de ser demitido, e como nada é tão miseravelmente péssimo que não pode se tornar uma catástrofe, uma multidão está querendo a cabeça dele, tendo a polícia que dar salvaguarda ao sujeito, deixando-o em custódia protetora. Resumindo, ele está vendo Maomé nascer quadrado, antes que alguém enfie uma caaba na cara dele. Obviamente, ele deve estar longe de quaisquer outros presos, já que estes são criminosos, mas são de Deus!

O Ministério de Assuntos Religiosos (sim, essa aberração existe) está prontinha para meter um processo do tamanho da bunda da mulher de Maomé e se eu fosse o sr. Alexander, tratava de ralar peito lá e pedia asilo político em algum outro lugar. No desespero, cabe até fugir pro Brasil. Ifdhal Kasim, diretor da Comissão Nacional para Direitos Humanos, pediu  — em sua tola inocência – à  polícia para que se mantenham-se neutros e não ser forçado a agir pela maioria, já que, nas palavras de Kasim, "Eles deveriam proteger a liberdade de expressão, em vez de ouvir muito para a maioria (…) A polícia deve permanecer neutra, em vez de manter a lei subjetivamente."

Ok, vai sonhando.

Tentando entender como alguém pode criar aberrações legislativas tão bizarras quanto esta, solicitei um parecer do dr. Giorgio A. Tsoukalos:


Fonte: The Next Web ; via @GuzAts

10 comentários em “Indonésio está ameaçado de demissão por ter dito que Deus não existe

  1. Nossa, bota sexta insana nisso! O artigo está bem de acordo com uma “Sexta insana”, só pq o cara disse que Deus não existe, o coitado corre o risco de ser demitido e linchado. Esse povo aí é MUITO insano. Eles exigem RESPEITO à religião deles, mas não respeitam uma NÃO CRENÇA e se acham os donos da verdade… Religião é tudo igual mesmo, sempre dogmática e quando contestada apela para ameaças e hostilidade. :|

    1. O problema não é nem a não-crença, é qualquer coisa que a pessoa professe que não seja a religião mandante no lugar. Cristãos tb estão ferrados naquele paisinho mequetrefe.

      1. @André, O bom é que ele poderá se redimir e se converter a qualquer uma das 5 religiões aceitas pelo estado, e o ateísmo não se inclui nela.

        Imagino a cara do camarada, com um cardápio de deuses à sua disposição.

        Eu te escolho, Monstro de Espaguete Voador!

  2. O amor e respeito que as religiões tanto alegam possuir ficam evidenciados a cada dia.

    Alexander deu azar, talvez ele teria oferta de asilo político no Brasil, mas isso nos tempos do molusco.

  3. Quando você falou que é regido pela Sharia, foi brincadeira ou eles usam realmente a Sharia em julgamentos? (visto que, constitucionalmente, eles são “livres pra religião”, apesar de só reconhecerem seis)

  4. Uma vez li uma entrevista sobre um brasileiro que é juiz num país islâmico. Ele mostrou como o fato da jusrisprudência ser estática, consolidada e imutável colabora para que o direito não mude. Assim, p.ex, ainda que as pessoas queiram mudar (um homem que ache que não há nada de mais em mulheres conduzirem veículos), o Direito (jurisprudência)não admite essa mudança e como o direito não admite essas mudanças, as pessoas não mudam seus corportamentos, pq, se mudarem, poderão ser apenadas. Vira um ciclo vicioso e a sociedade fica eternamente nas trevas.

  5. O papel aceita tudo, e mesmo Israel se denominando uma república democrática, na prática é um estado teocrático. Mas e quanto a Indonésia? O país se denomina uma teocracia oficialmente, ou é como Israel?

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s