Governo do estado do Rio obriga bibliotecas a disponibilizar Bíblias

Estamos em tempos de mudança. Enquanto Monteiro Lobato é um porco racista e o Inácio de Loyola Brandão é um maníaco pervertido, enquanto livros de português podem sair com trocentos erros e defende quem fala errado, opondo-se a preconceituosos do idioma. Até mesmo a Justiça teve que intervir. Cultura, agora, é vista como inimiga do Estado, e só não a mandam pra Sibéria, pois a grana da passagem foi gasta levando políticos para passearem (isso quando não usam o jatinho do Eike Batista).

Cioso da formação educacional dos nossos perclaros pimpolhos (pronto, falei "perclaro"! Sou um burguês desgraçado.), o governo do estado do Rio de Janeiro, no uso de suas atribuições e respeitando a Constituição Federal, determinou que as bibliotecas estaduais serão obrigadas a terem disponíveis exemplares da Bíblia. Afinal, democracia se faz assim.

Eu, particularmente, aprovo a decisão, mas há um pequeno probleminha: as diferentes edições da Bíblia existentes. Temos a Nova Tradução para a Linguagem de Hoje, a João Ferreira de Almeida, a Ave Maria, a Bíblia do Silas Malafaia, a Bíblia dos Espíritas etc. Isso pode parecer pouca coisa, mas não é bem assim. Há diferenças. Vamos tomar o exemplo abaixo, de Isaías, o Tolkien Bíblico:

Isaías 14:29 — Não te alegres, ó terra dos filisteus, de que tenha sido quebrada a vara que te feria, porque da estirpe da serpente nascerá uma áspide, e seu fruto será um dragão voador. (versão Ave Maria)

Isaías 14:29 — Não te alegres, tu, toda a Filístia, por estar quebrada a vara que te feria; porque da raiz da cobra sairá um basilisco, e o seu fruto será uma serpente ardente, voadora. (versão João Ferreira de Almeida)

Isaías 14:29 — Vocês, filisteus, todos vocês, não se alegrem porque a vara que os feria está quebrada! Da raiz da cobra brotará uma víbora, e o seu fruto será uma serpente veloz. (versão Nova Versão Internacional)

Isaiah 14:29 — Rejoice not thou, whole Palestina, because the rod of him that smote thee is broken: for out of the serpent’s root shall come forth a cockatrice, and his fruit {shall be} a fiery flying serpent. {cockatrice: or, adder} (sic) (Versão King James)

Cada um menciona um animal diferente. Eles mudaram as letras e as palavras. Pode isso, Arnaldo?

1 Coríntios 4:6 — E eu, irmãos, apliquei estas coisas, por semelhança, a mim e a Apolo, por amor de vós; para que em nós aprendais a não ir além do que está escrito.

E sabendo que os livros dos 3 Isaías (sim, TRÊS!) são livros proféticos, temos que levar em consideração o…

Apocalipse 22:19 — se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.

Problemático!

Eu não me incomodo com livros religiosos em bibliotecas. Acho que realmente deveriam estar lá. O problema reside que não há uma ordem que expressa obrigatoriedade de ter livros como o Bagavad-Gita, Livro dos Mortos, os Upanishads, Alcorão, Zend Avesta, o Shri Guru Granth Sahib etc. Não, a proposta é claramente um estupro à laicidade do Estado, onde defende-se um favorecimento a uma determinada religião. Obrigatoriedade de ter livros do Bart Ehrman, J. P. Meier, Sam Harris ou mesmo Deus é um Delírio (apesar de eu achá-lo que só serve para ateu de fim-de-semana enfiar debaixo do sovaco).

Obviamente, a medida acabará sendo inócua, já que o brasileiro médio é semi-alfabetizado ou burro e alienado por opção. Quem dá valor às Bíblias, muito certamente, já têm a sua (e a que é adequada à igreja que frequenta). Não fará diferença nenhuma, a não ser que meu cinismo sorria o suficiente para perceber que o máximo que causará é que as pessoas realmente leiam aquele monte de besteiras e comecem a perceber que nada ali faz mais sentido que os livros dos irmãos Grimm. O melhor método para rejeitar a Bíblia é lendo-a inteirinha.

Ter livros religiosos em uma biblioteca é algo primordial, pois ali vem escrito a visão de uma sociedade em particular, a descrição de como eles entendiam o mundo e só um débil mental acharia que eles deveriam ser queimados. A Inquisição queimava livros, bolcheviques queimavam livros, nazi-fascistas queimavam livros. É a primeira atitude de qualquer déspota: impedir a população de ter acesso à informação e à cultura, pois dar Internet Banda Larga digrátis não fará ninguém culto, como temos visto ultimamente.

Se fôssemos perguntar ao Lucho ou outros petistas, saberíamos que esta ideia asinina foi do PSDB, engendrado pela Imprensa Golpista, onde a Globo quer dominar o coração das pessoas (elas não possuem cérebros para se dominar). Só que a "brilhante" ideia é do deputado estadual Edson Albertassi, do PMDB — vocês sabem, aquele do mesmo partido que apoiou Lula e reelegeu o governador, transformando o Rio de Janeiro no estado com o PIOR salário dos professores estaduais em todo o Brasil (se o Acre existisse, pagaria seus professores um salário melhor também).

Isso, caras viúvas socialistas, não mostra que o PSDB é a 1ª maravilha do mundo. Mostra que PT, PMDB e tantos outros são formados por uma escória, e tão ruins quanto qualquer outro meio político, pois políticos são todos iguais. Mas, enfim, não acreditem em nada disso, é tudo invenção da Imprensa Golpista, já que a fonte desta notícia é o G1, conhecido por querer fazer as pessoas serem acéfalas e escreverem feito retardados. É tudo uma grande conspiração. Aguardem esclarecimentos no próximo filme do Zeitgeist!

38 comentários em “Governo do estado do Rio obriga bibliotecas a disponibilizar Bíblias

  1. Próximo passo talvez seja tornar a Bíblia um livro didático. Já fui em várias bibliotecas. A única em que não encontrei uma bíblia é justamente na da cidade onde eu moro. Portanto acho essa lei totalmente desnecessária e retrógrada. Uma lei que contribua para melhorar a educação, saúde, segurança e transporte ninguém cria.

    1. @Nihil Lemos, “Educação, saúde e segurança” é o lugar-comum proferido por qualquer candidato ao cargo de sanguessuga, desde que tomei consciência minimamente suficiente acerca do circo eleitoral, lá pelas eleições de 1994. Desde então, a cada dois anos (municípios também contam) temos que ouvir a ladainha novamente, com muitíssimo pouco (ou nada, em vários casos) tendo sido realizado. Só montes de estrume como o supracitado. Cognoscivelmente ou não, a Carta Magna de 1988 parece ter menos valor para regular este território do que um Almanacão de Férias da Turma da Mônica. Inclua nisto a laicidade. :???:

    2. @Nihil Lemos, Mas uma lei que que contribua para melhorar a educação, saúde, segurança e transporte pode ter um efeito colateral terrível: um povo consciente dos seus direito e deveres e muito difícil de ser enganado e controlado. Então é melhor ter bíblias mesmo.

    3. @Nihil Lemos,
      “Educação, saúde, segurança e transporte”.
      Difícil imaginar um Brasil com isso, da maneira como as coisas andam isso é difícil de ver até em ficção.

        1. @Nihil Lemos, Pois é, citei o Uruguai porque é um país que conta com 44,1% da população (pequena, mas está valendo) de ateus, agnósticos, deístas, panteístas, não-sectaristas, etc. Ou seja, é um território de uma nada desprezível secularidade. Duvido muito que alguma babaquice, como a do “filhadeputado” que consta no artigo, emplacasse por lá.
          PS: Hum, isto é um bom tema para discussão no fórum (inacabado, mas estou montando). Para saber mais, é só clicar no meu nickname, codinome, pseudônimo, apelido, sei lá. :mrgreen:

  2. Só aproveitando que você mencionou Monteiro Lobato:
    1) foi meu maior estímulo à leitura quando eu era garoto,
    2) foi minha introdução ao estudo de geologia com o livro e tratado O Poço do Visconde,
    3) para desgosto geral dessa comunidade Monteiro Lobato era espirita e fez muitas sessões mediunicas. Ate alguns meses atras eu estava com um livro das anotações de suas sessões. Acho ate que consigo pegar o livro de volta caso alguém queira estudar suas anotações. Inclusive elas são bastante divertidas.
    Desculpe-me postar fora do tema mas aproveitei a deixa.

    1. @maurelio, Monteiró Lobato espírita? E os ateus de fim-de-semana vivem incluindo-o nas listas de ateus famosos…

      http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_não_te%C3%ADstas

      http://ateismojovem.blogspot.com/2010/01/ateus-famosos.html

      Para eles até Leonardo da Vinci, Isaac Newton e Picasso eram ateus. Enfim…

      Sobre o CUrrículo do excelentíssimo deputado podemos dizer que vai ser ótimo ele apresentar isso numa futura corrida eleitoral para a presidência.

    2. @maurelio, “Ate alguns meses atras eu estava com um livro das anotações de suas sessões. Acho ate que consigo pegar o livro de volta caso alguém queira estudar suas anotações. Inclusive elas são bastante divertidas.”

      Sério? O livro está digitalizado?

      1. @leumatiello,
        Sim e não respectivamente.
        Vou contactar a pessoa para qual passei o livro alguns meses atrás. O livro é pequeno. Conseguindo o livro de volta vou passar no scanner e digitalizo.
        Estando pronto deixo à disposição. É um livro antigo e que talvez possa ser achado em sebos. Estava na casa da minha mãe a muuuitos anos. É bem interessante.

      2. @leumatiello, Estou digitalizando.
        Existe alguma forma de fazer um upload para alguma área que possam consultar?
        Cada digitalização (páginas centrais) tem em torno de 1,4MB.

          1. @André, Nunca utilizei. Vou fazer um teste.
            Como minha internet doméstica é lenta deverá levar um tempinho. Já estou com +- 56 digitalizações.

          2. Minha internet é realmente uma carroça.
            Através de uma triangulação de máquinas estou colocando num site emprestado. Foi a maneira mais rápida que consegui até agora.
            O 4shared estava travando a todo momento.
            Seguem os links. Ainda vai demorar um tempo para disponibilizar tudo, porém até amanhã deixo tudo no ar.

            [EDITADO PELA MODERAÇÃO]

            Os links podem ser acessados no Paste bin.me, a fim de não poluir os comentários.

            Obrigado.

  3. Mas em relação ao tema acho que foi dada muita importância ao assunto.
    Provavelmente é só mais uma lei para o político “apresentar” trabalho sem maior conotacao ideologica. Escolheu um tema agradável aos evangélicos para aparecer . É como dar nomes a ruas ou homenagear “personalidades” na câmara . Na próxima eleição vai inserir sua lei maravilhosa no currículo.

  4. Mas de tudo isso, algumas coisas me deixaram em dúvida:

    Qual é o bicho que vai comer os filisteus???

    Se eu passar pelo Rio, entrar em uma biblioteca e ela não tiver um exemplar de Bíblia, (independente de qual modelo) posso ligar pra polícia ou ministério público? Afinal, leis são pra serem cumpridas!

    o.O

  5. De minha parte, fiz uma pesquisa em uma versão de bíblia eletrônica que tenho e entre elas tem a Bíblia católica em latim. O trecho de Isaías 14:29 fica:

    “Ne laeteris, Philistaea omnis tu, quoniam comminuta est virga percussionistui; de radice enim colubri egredietur regulus, et semen eius draco volans”.

    Espero ter transcrito corretamente, pois o programa não permitiu fazer um copiar/colar. Fica aí como curiosidade, considerando que a versão latina é anterior às outras traduções.

    Agora, quanto à decisão de obrigar as bibliotecas a colocarem bíblias em seus acervos, não vejo problemas no fato de os livros estarem lá. Apenas questiono a obrigatoriedade. Nesse caso, concordo com a opinião do André de que isso é um flagrante desrespeito ao laicismo do Estado.

      1. @André, Infelizmente vou ficar devendo essa. Também tenho curiosidade em saber para ver qual seria a tradução correta.

        O que pude deduzir pelo trecho que coloquei foi que há a menção a dragão que voa. Pelo menos é o que parece ao ver “draco volans”. Bem que eu gostaria de saber latim. Infelizmente, minha esposa que estudou Letras só teve rudimentos do idioma. Só aprendeu mesmo a interpretar algumas palavras-chave.

  6. Cá pra nós, gente… Nem quem tem bíblia costuma ler ela. É bem raro uma pessoa cristã ler a bíblia, cá pra nós… Pra que obrigar bíblias na biblioteca? Quem vai levar pra casa pra ler?
    Vai servir de peso pros outros livros, rsrs!

  7. Não vejo porque dessa lei, na biblioteca onde eu frequento tem mais Bíblias do que livros de ciência, que alias viviam encostados se não fosse eu para lê-los.

  8. Meu Deus! Olha a sopa de mitos que essas traduções dizem! … Basilisco para Cocatríce é muito diferente! Podem ser “parentes”, mas ainda sim, um é cabeça de galo e o outro é uma serpente coroada! Não que essas definições sejam definitivas, ainda mais para o Basilisco, mas ao menos o Cocatríce é descrito sim como um réptil que possui a cabeça de galo.

    Quero ver a versão que não terá preconceito linguístico. Jesus, Gesus, Gezus.
    E já que está na moda escrever como quiser, eu posso voltar a utilizar a trema? Porque dá uma saudade escrever lingüístico, liqüidificador, pingüim.

  9. Faltou mencionar que a tal lei prevê multa de MIL UFIRs do Rio em caso de descumprimento, e de DUAS MIL UFIRs em caso de reincidência.
    Essa história só não é pior pois a tal lei depende de regulamentação pelo Executivo, sem data limite, tendo uma boa chance de virar mais uma lei que “não pega”.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s