Vaticano ignorou caso de padre que molestou mais de 200 crianças

lawrence_murphy.jpgA notícia é nova mas o fato já é velho e conhecido de todos. Não esse fato em particular, mas todos os demais que aconteceram e hão de acontecer nesse mundo “maravilhoso” de God. O fato é que mais uma vez foi divulgado, dessa vez pelo New York Times, que um padreco foi acobertado dos seus cândidos atos pedófilos, e dessa vez, estipula-se que ao menos 200 crianças surdas – isso mesmo, surdas! – foram violentadas durante o sacerdócio de Lawrence C. Murphy (foto), que trabalhou durante mais de 20 anos, entre 1950 e 1974, em uma escola para crianças surdas de Wisconsin, nos Estados Unidos.

E adivinhem qual é a novidade? Nenhuma! Pois todos já sabemos que isso acontece, onde o então cardeal Ratzinger, o atual Papa kids, encobertou todo o caso e o reverendo.

Somente após as autoridades civis averiguarem e encerarem o caso que o Vaticano ficou ciente do ocorrido. Isso foi o que o porta-voz do Vaticano (ou seria o Império Sith, como diz o André?) disse em entrevista. Entretanto, sabe-se, conforme mostrou a matéria, que o atual Papa, naquela ocasião diretor da Congregação para a Doutrina da Fé, “não matou a cobra e sequer mostrou o pau”, que na verdade ficou bem escondidinho no traseiro de alguma infeliz criança desse mundão católico afora.

Doravante, o reverendo pedófilo não foi afastado do seu sacerdócio, como ainda foi transferido em 1974 para outra localidade no norte dos EUA que certamente algumas das crianças e jovens também foram abusadas, já que o próprio reverendo Murphy informou em carta pessoal a Ratzinger que estava doente e arrependido, mas que gostaria de terminar a sua vida exercendo a sua função eclesiástica, que o miserável usufruiu ainda até 1998, quando foi pro inferno (que pena que o inferno não existe). É mole?


Postagem enviada pelo Jefferson Garcia. Quer mandar o seu artigo também? Mande-o para o Fale Conosco. Não aceitamos cópias de outros sites e/ou notícias, só se vier com argumentação pessoal opinando. Os mantenedores do site podem aprovar ou desaprovar qualquer postagem recebida sem dar ciência ao contribuinte, bem como fazer retificações e melhoria em termos de escrita, mas prometendo manter ao máximo a íntegra do artigo enviado. Participe você também!

6 comentários em “Vaticano ignorou caso de padre que molestou mais de 200 crianças

  1. Sobre este caso horrendo saiu hoje no Corriere della Sera uma curta entrevista com Monsenhor Gianfranco Girotti, que vem a ser “Ministro” da “Penitenzieria Apostolica”, uma espécie de “Tribunal das Almas”, que trata somente dos segredos mais escabrosos revelados nas confissões. Selecionei algumas passagens:

    (falando sobre os processos secretos) – “É claro que a Igreja não pode expor certos processos: mas isto para tutelar as pessoas envolvidas. Existe uma discrição para tutelar o acusado: não se pode destruir a reputação de quem talvez possa ser inocente. Se deve verificar. Mas che seja claro, isto no processo canônico: nunca existiram normas que peçam o silêncio ou proíbam de denunciar.” – TUTELAR AS PESSOAS ENVOLVIDAS?!?! WTF!!

    (falando sobre o clima na época, da tendência de se esconder os casos) – “É evidente que a sensibilidade cresceu no tempo. O fenômeno agora ganhou dimensão pública, uma relevância que antes não existia. Mudou a mentalidade. Antes, de todas estas coisas, não se sabia: sabíamos dos casos assinalados. E entre estes nenhum foi encoberto. Em 30 anos posso descartar que a Congregação tenha sido tentada pelo pensamento de empurrar as coisas para debaixo do tapete. Sempre se interviu para interromper estes fatos horrendos” – SENSIBILIDADE CRESCEU NO TEMPO?!?!?! – MUDOU A MENTALIDADE!?!?! – SEMPRE SE INTERVIU PARA INTERROMPER ESTES FATOS HORRENDOS!?!?!?! Mas que cambada sórdida, imunda!

    À propósito assinarei mais comentários de agora em diante não mais como skeptic-juris, mas com meu nome. E mais: como se coloca o negrito? Maneta em HTML é bucha!

  2. O que mais me impressiona nisso tudo é o grande numero de devotos que a igreja católica ainda tem. E sempre quando algo de errado acontece, os padrecos dão a desculpa que isso é caso isolado, e os fieis acreditam e continuam seguindo e sendo devotos da religião. E mesmo agora que até o lider supremo do rebanho está com as saias arriadas, agem como se nada tivesse acontecido.

    Pô, André, por que você não deixou aquele aviso antes que eu mandasse o artigo? Se bem que era uma noticia/artigo com minha opinião em cima.

    Acho melhor continuar como um bom e velho leitor.

    1. Que mané aviso? Se vc tiver um pouco de paciência, eu verei o seu artigo pra postar. Eu não fico o tempo todo aqui e nem dá pra eu ler todos os emails que recebo de bate-pronto.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s