Cerimônia vodu haitiana é atacada com pedras por evangélicos

vodu_jacu.jpgE no doce mundinho louco, mais uma bizarra amostra do amor cristão e de tolerância religiosa. Como sabemos, devemos respeitar as religiões, como os cristãos pregam, conforme foi dito pelo seu deus pregado. Só uqe o “respeito” que a corja fundamentalista ensandecida prega é o respeito pela sua religião e nada mais. Dessa forma, como eles agem perante outras religiões? Atacam com uma chuva de pedras; só que o líder supremo vodu no Haiti resolveu rodar a baiana haitiana e prometeu “guerra” na última quarta-feira (24/02), após uma horda de evangélicos terem atacado uma cerimônia organizada em honra aos mortos no terremoto do mês passado. Esta é sua SEXTA INSANA!

O ataque ocorreu terça-feira (23/02) na favela de Cité Soleil, no haiti. E isso dá o que pensar: se o Haiti já é o que se pode chamar de cu-do-mundo, imaginem uma FAVELA de lá. Segundo notícia da AFP, trazida pela Malasyan Mirror, sabemos que o Haiti, que nunca foi lá grande coisa como país depois da independência, sofre com muitas tensões religiosas, com fanáticos evangélicos enchendo o saco, tentando converter pessoas para suas hostes infernais. Com o advento do terremoto, a coisa piorou de figura e até mesmo o Cônsul do Haiti no Brasil falou umas bobagens, botando culpa na macumbada.

Com o terremoto, as aves de rapina da tragédia ficaram eufóricas. E cristãos, com sua mania apocalíptica (sem a qual sua religião não tem mais significado que ficar com galho de arruda atrás da orelha ou ter uma ferradura atrás da porta), ficam verbalizando que isso é sinal dos tempos, Jesus tá vindo aí e Satã vai pedir pra sair, ganhando um tiro de 12 na cara. Assim, quando veem outra cerimônia religiosa, ficam possessos e surtam geral. Com isso, eles se lembraram do Levítico e apedrejaram a cerimônia dos outros. Se bem que João 8:7 vem a famosa frase “Aquele que não tiver pecado, atire a primeira pedra”. Mas, obviamente, esta raça ridícula se acha no direito de se considerar sem pecado algum. Só que eles deviam ler e PRATICAR o que o próprio livro diz:

Mateus 5:21-22 – Ouvistes o que foi dito aos antigos: Não matarás, mas quem matar será castigado pelo juízo do tribunal. Mas eu vos digo: todo aquele que se irar contra seu irmão será castigado pelos juízes. Aquele que disser a seu irmão: Raca, será castigado pelo Grande Conselho. Aquele que lhe disser: Louco, será condenado ao fogo da geena.

Sinto cheiro de carne de crente assada.

Segundo Max Beauvoir (não é parente da Simone), “vai ser uma guerra – a guerra aberta”. Ainda segundo ele, “é lamentável que, neste momento onde todo o sofrimento que eles têm que ir para a guerra. Mas se é isso que eles precisam, eu acho que é o que eles vão conseguir.”

Segundo a polícia, um pastor (sempre eles) exortou os seguidores a atacar a cerimônia, resultando em uma multidão de maníacos atirando pedras contra os seguidores do vodu. Rosemond Aristide, inspetor de polícia em Cité Soleil, disse que desde então tem falado com o pastor, que concordou em permitir cerimônias vodu para ocorrer lá, como coisa que este escroto tem algum poder para isso. Como coisa que este chefe de uma quadrilha assassina devesse ser algo melhor que um interno num hospício, sob segurança máxima. E o pior é que o Inspetor Clouseau Aristide não pôde explicar porque não foram feitas prisões nem forneceu mais detalhes. Há muito pouca diferença entre o Haiti e o Brasil, deve ser por isso que o Lula manda gente pra lá.

É este o espírito religioso de amor ao próximo? Pois, sim! É o “amor” cristão mostrando suas garras, sendo tão somente um lobo em pele de cordeiro, não passando de maníacos psicóticos, frutos de uma onda de ódio fundamentalista, danosa a qualquer sociedade civilizada.

Eu acho que vodu está no mesmo juízo de valor que qualquer religião organizada: Baboseira. Mas não ataco cerimônias alheias, como cristãos fazem e refazem (eu preciso mesmo colocar TODOS os links de notícias que já publicamos que demonstram isso?). A História registra que civilidade e religião fundamentalista (qualquer uma delas) são inimigas, e não vejo como isso pode mudar tão cedo.

De minha parte, vodu é pra jacu e evangélicos radicais têm mais é que… Ah, eles que vão pro Inferno.

80 comentários em “Cerimônia vodu haitiana é atacada com pedras por evangélicos

  1. Diante da faceta desses evangélicos, só nos resta algumas opções pra tentar explicar esses ocorridos:

    Não conhecem direto a bíblia deles.

    Não acreditam no inferno e na punição de seu Deus.

    Estão de sacanagem com a gente.

    São um bando de parasitas e não tem nada pra fazer.

    Estão de novo de sacanagem com a gente.

    São portadores de TDHA.

    São doidos varridos mesmos.

  2. Como é complicado entender esse comportamento…. juro que não consigo…. :shock:

  3. Tem evangélico que é foda mesmo… É pior do que a Jihad.

    Pior que eu conheço alguns evangélicos que ficam querendo entender pq o comportamento desses fanáticos. Alguns até conspiram que são pessoas que querem foder com a imagem dos evangélico sérios e talz.

    Só pode….

    1. @Guz,

      Em todos lugares existem pessoas boas e ruins. É normal alguns pensarem assim, alguns realmente não devem concordar com tais atitudes.

  4. Eu acho que esse “não matarás” no trecho de MT 5:21-22 induz a uma interpretação muito errônea. Os crentes adoram falar que violamos ou não consideramos o “Contexto” das passagens..rs…

    E considerando o contexto de que o Joquei do Jegue não veio abolir a Lei, ( que apresenta trechos que odernam claramente que se mate por diversos motivos), e nos disse para sermos perfeitos como o seu papai saguinário, Javé, o verdadeiro significado dessa passagem deveria ser : Não matarás – Além das razões e motivos expressos na Lei. :cool:

    1. @Thiago,

      “E considerando o contexto de que o Joquei do Jegue não veio abolir a Lei, ”

      Segundo os evangélicos, nada da lei será omitida da lei até que tudo seja cumprido . Se Cristo cumpriu todas as profecias, logo só é válido no Velho Testamento o que tiver sido ratificado pelo Novo Testamento. Então tendo a tudo sido cumprido, a tal lei não é toda válida mais.

      1. Que ótimo. Quero saber duas coisas:

        1) Qual o respaldo bíblico disso?

        2) Jesus cumpriu TODAS as profecias messiânicas?

      2. @Luciano,

        1- O próprio Jesus disse que NÃO veio para abolir a Lei :

        Mateus 5:17-19 “Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir. Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido. Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.”

        Além disso, segundo o VT, o Messias viria para difundir o conhecimento e a prática da Lei. Para ser considerado o Messias, Jesus deve ratificar esse pré-requisito messiânico.

        Portanto, argumento refutado.

        2- Jesus NÃO cumpriu quase nada das profecias messiânicas e tinha um péssimo conhecimento sobre a Torah. Ele foi apenas um falso messias, dentre tantos outros de sua época, algo que fica latente na sua falha profética do Segundo Advento. Dê uma lida em https://ceticismo.net/religiao/o-messias-desmascarado/ e https://ceticismo.net/religiao/jesus-nao-voltara/, e se tiver algum argumento, exponha-o.

  5. Com esses tipos evangelicos à solta para fazer essas coisas, nao precisa nem mesmo existir um Satanas, para que o mal seja feito.
    .
    Os proprios evangelicos se encarregam de fazer o trabalho de um Satanas (se existisse), sozinhos. Com as devidas justificativas e desculpas, fornecidas pela Biblia.

    1. @Abbadon,

      E o pior disso tudo, é que depois esses crentes alegam que os cristãos que tomaram esse tipo atitude, não correspondem aos cristãos de “verdade” e ao que está escrito no livrinho “sagrado” deles, e tratam de dizer também, que os cristãos que tomaram tal atitude, agiram na influência de Satanás, e não nos “caminhos” do deus imaginário deles.

  6. Gente, eu fui ameaçada com uma passagem da bíblia por um evangélico no orkut, vai ver foi o mesmo que andou roubando comunidades ateístas, os amigos dele parecem ser são todos fakes.

    Qual é o salmo que eu tenho que rezar contra os inimigos? :grin:

    1. Qual é o salmo que eu tenho que rezar contra os inimigos?

      Deuteronômio 32:41 – Quando afiar a minha espada reluzente e tomar a minha aljava, vingar-me-ei dos meus inimigos e darei a paga aos que me odeiam.

        1. @Paula, Levando-se em conta que a maioria dos crentes só acredita no que o padre/pastor/etc diz, e que também só leem os trechos previamente selecionados por seus respectivos pregadores… :mrgreen:

    2. Eu recomendaria que vc troque todas as suas senhas, e nao clicar em nenhum link, e depois fazer uma denuncia ao Google sobre esse elemento de má-indole.

      1. @Abbadon,

        Obrigada, Abbadon.
        Eu fiz isso imediatamente, assim que um dos fakes dele provalvelmente algum perfil roubado estava dizendo que estava copiando o meu perfil.

        1. Se ele copiar o seu perfil e clona-la, vc pode tirar um print-screen do falso perfil, e encaminhar denuncia para a Policia, registrar um BO relatando o que esta acontecendo, arrume um advogado, para depois contatar o Google via intimacao judicial e exigir que lhe forneca o IP do bandido e suspender a conta dele, para entrar com processo judicial por dano moral e falsidade ideologica.
          .
          Se chegar nesse caminho, faca tudo ao seu alcance dentro da Lei, para que esse bandido lhe pague uns 20 a 40 salarios minimos a titulo de indenizacao, juntamente com pagamento de custas judiciais, e deixa-lo sem um tostao nos bolsos.

          1. @Abbadon,

            Obrigada!
            Pelo jeito ele não consegui não, coloquei uma senha díficil. Mas é bom saber.
            Estou pensando em fazer uma comunidade que dão dicas de como se proteger dos crimes na internet. O que acha?

          2. Ate que seria bom, para unificar as recomendacoes dos procedimentos para contra-atacar e processar os marginais, dentro dos limites da lei.

  7. Os crentes sempre respeitao os seus irmaos mas… :arrow:
    eles so tratao como irmaos os que fazem parte de sua religiao :!:
    vcs ja viram um crente chamar um pagao :twisted: de irmao?nao!!!!!!

  8. Qdo eu ia em uma igreja evangélica antes de me “desconverte” rsss, na hora do culto o pastor conduzia uma oração para quebrar a oração contrária de outros evangélicos de outra igreja que vinham orar perto da igreja para que o culto não fosse bom.

        1. E quantos “vencedores” de verdade vc ja viu entre os evangelicos que se auto-declaravam “vencedores” ?
          .
          Quantas “curas” de verdade foram vistas, com pessoas extremamente ceticas subindo no palco e conferir os resultados na frente de todos, sem impedimento, sem gritaria, sem ameacas, sem pragas e rogar maldicoes, sem exigir fe ou crenca, com o auxilio de uma junta medica imparcial, e acesso irrestrito para tirar fotos e filmagens ?

  9. André e Tiago:

    Fundamento bíblico para que o Velho Testamento não seja seguido por cristãos:

    Gálatas 3:24-25; Romanos 7:6; Colossenses 2:14; Hebreus 8:6-13; 9:15-17

    1. Não entendi. Vc segue Jesus ou segue Paulo? Vc segue o Cristianismo ou Paulinismo? As palavras de Jesus podem ser contrariadas dessa forma? (não que eu acredite nessas bobagens, mas vc tem que acreditar. ;) )

    2. @Luciano,

      Então temos um sério problema quanto a isso, pois o Messias, deveria promulgar um conhecimento universal sobre D’us e da prática da Torah – unificando toda a raça humana como uma só.( Zacarias 14:9)

      E a Torah declara que todas as mitsvot permanecem para SEMPRE, e quem quer que altere a Torá é imediatamente identificado como um FALSO profeta. (Deuteronômio 13:1-4).

      Ou seja, se Jesus veio para abolir e alterar a Torah, ele é um falso profeta e não preenche esse pré-requisito messiânico tão básico. Logo o NT não tem sustentabilidade teologica. :cool:

      E como o André sucitou, a quem vc prefere dar crédito ? A Paulo ou a Jesus ? :grin:

      Ademais, vc seria capaz de me dizer quais das cartas paulinas que vc citou, QUAIS são genuinamente da autoria de Paulo e quais não são,constituindo documentos forjados ? :razz:

      1. @Thiago,

        Se um crente acredita que a Bíblia toda é a palavra de Deus, logo para ele (o crente) Deus mandou Cristo (ou se fez de Cristo…) também com a finalidade de mudar a tal lei,

        pouco importando se é Paulo ou Luciano quem está na Bíblia dizendo algo, pois o que importa é o que se diz, inspirado por Deus. Digo isto porque sempre que vou citar algo do Velho Testamento (aquelas partes cruéis) eles tacam isto na minha cara: Gálatas 3:24-25; Romanos 7:6; Colossenses 2:14; Hebreus 8:6-13; 9:15-17. Ou seja, Deus através de Cristo, fez mudanças.

        Uma especulação seria que um messias seria uma desculpa de parte da classe dominante justamente para mudar a lei. Hoje se muda a lei por um processo legislativo, e antes que a lei maior era um livro alegado como a palavra de Deus? Só Deus poderia mudar, e nada melhor que uma desculpa de um Messias.

        1. Mas espere. A Bíblia é contraditória, pois afirma que o Maschiac DEFENDERIA lei imutável de Deus, ao passo que Paulo prega o contrário. E aí, como fica? Ou se segue Jesus ou se segue Paulo. Sai dessa.

        2. @Luciano,

          Se um crente acredita que a Bíblia toda é a palavra de Deus, logo para ele (o crente) Deus mandou Cristo (ou se fez de Cristo…) também com a finalidade de mudar a tal lei,

          Erradíssimo. A Lei de Deus é IMUTÁVEL ( Isaías 40:8 , Salmo 19:7) e o Messias viria para DEFENDER e difundir o conhecimento da Lei, e NÃO para abolir a Lei. E esse conceito de que o Messias seria Deus, é errado também, pois NADA no VT sustenta isso. Pelo o contrário, o Messias seria um humano, e não um semi-deus.

          pouco importando se é Paulo ou Luciano quem está na Bíblia dizendo algo, pois o que importa é o que se diz, inspirado por Deus. Digo isto porque sempre que vou citar algo do Velho Testamento (aquelas partes cruéis) eles tacam isto na minha cara: Gálatas 3:24-25; Romanos 7:6; Colossenses 2:14; Hebreus 8:6-13; 9:15-17. Ou seja, Deus através de Cristo, fez mudanças.

          Mas é claro que importa quem disse. Jesus disse que NÃO veio para abolir a Lei, enquanto Paulo diz o oposto. Qual a sua autoridade máxima ? Jesus Cristo ou o apóstolo Paulo ?

          Só para vc ter ideia, os “supostos” 10 mandamentos que vcs seguem FAZEM parte da Lei, com os seus 613 Mitsvot. Ou seja, se a Lei não é mais válida, os 10 mandamentos também não. Saia dessa. :razz:

          Não adianta também falar que por causa de algumas passagens do VT serem “crueis”, elas se tornem menos importante. Elas estão no mesmo juízo de valor das tidas como “boas”, e posso lhe citar inúmeras passagens do NT que são crueis e imorais.

          Ademais, vc saberia responder a pergunta que lhe fiz anteriormente sobre as cartas paulinas ? Vc poderia me apontar quais das cartas que vc citou são de real autoria de Paulo e quais são forjadas ? :lol:

          Uma especulação seria que um messias seria uma desculpa de parte da classe dominante justamente para mudar a lei. Hoje se muda a lei por um processo legislativo, e antes que a lei maior era um livro alegado como a palavra de Deus? Só Deus poderia mudar, e nada melhor que uma desculpa de um Messias.

          Uma desculpa esfarrapada que convence somente os leigos na teologia judaica, pois tal alegação NÃO se sustenta no VT, e é devidamente refutada pelo o mesmo, como nos trechos que lhe apresentei anteriormente.

          Portanto, argumentos mais uma vez refutados.

  10. Thiago:

    “A Lei de Deus é IMUTÁVEL ( Isaías 40:8 , Salmo 19:7)”

    Na Bíblia, nestas passagens, não fala de imutabilidade, diz que a lei de Deus é perfeita, fiel e que dá sabedoria e que ela subsiste.

    Uma analogia: O amor de uma mãe para um filho, pode ser perfeito em si, fiel, que dê sabedoria, e que subsiste, mas nem por isso, quer dizer que não pode amadurecer. (amadurecer é uma espécie de mudança, mutabilidade).

    “e o Messias viria para DEFENDER e difundir o conhecimento da Lei, e NÃO para abolir a Lei.”

    Até que tudo esteja cumprido (Mateus 05:18)

    “E esse conceito de que o Messias seria Deus, é errado também, pois NADA no VT sustenta isso. Pelo o contrário, o Messias seria um humano, e não um semi-deus.”

    Será que Deus mudou de idéia?

    “e posso lhe citar inúmeras passagens do NT que são crueis e imorais.”

    Ficaria agradecido.

    “Ademais, vc saberia responder a pergunta que lhe fiz anteriormente sobre as cartas paulinas ? Vc poderia me apontar quais das cartas que vc citou são de real autoria de Paulo e quais são forjadas ?”

    Voce estava lá?

    “Uma desculpa esfarrapada que convence somente os leigos na teologia judaica,”

    A lei tem que acompanhar a evolução da sociedade, se para mudar a lei, só pela vontade de Deus, então se for preciso, nem que seja fabricando um messias.

    1. Na Bíblia, nestas passagens, não fala de imutabilidade, diz que a lei de Deus é perfeita, fiel e que dá sabedoria e que ela subsiste.

      Isso inclui apedrejar mulheres que foram estupradas, caso elas não gritem alto, ou assassinar filhos desobedientes?

      Uma analogia: O amor de uma mãe para um filho, pode ser perfeito em si, fiel, que dê sabedoria, e que subsiste, mas nem por isso, quer dizer que não pode amadurecer. (amadurecer é uma espécie de mudança, mutabilidade).

      Deus muda de ideia?

      Até que tudo esteja cumprido (Mateus 05:18)

      E quando ele vai COMEÇAR a cumprir?

      Ficaria agradecido.

      Jesus mandou odiar os pais e executar quem não se submetesse a ele.

      Voce estava lá?

      Você já leu algum livro de Bart Ehrman, Geza Vermes ou J.P. Meier?

      A lei tem que acompanhar a evolução da sociedade, se para mudar a lei, só pela vontade de Deus, então se for preciso, nem que seja fabricando um messias.

      Deus não poderia ter feito algo definitivo logo de início?

  11. “Na Bíblia, nestas passagens, não fala de imutabilidade, diz que a lei de Deus é perfeita, fiel e que dá sabedoria e que ela subsiste.

    Uma analogia: O amor de uma mãe para um filho, pode ser perfeito em si, fiel, que dê sabedoria, e que subsiste, mas nem por isso, quer dizer que não pode amadurecer. (amadurecer é uma espécie de mudança, mutabilidade).”

    Ora, se uma coisa é perfeita, ele não precisa mudar, já que por excelência,ela não possui defeitos, e é completa em todos os niveis. Se ela precisa mudar, ela possui algum defeito.Logo, ela não é perfeita. Nota ZERO em lógica para vc.

    Ademais, essas passagens que lhe citei demonstram SIM a imutabilidade da Lei, pois o Salmo 19:7 afirma que a Lei é perfeita ( imutável) e Isaias 40:8 reintera sua imutabilidade perante o tempo. O que é corroborado pelo fato de da imutabilidade de Deus em relação a suas ideias:

    “Porque eu, o Senhor, não mudo”. – Malaquias 3:6.

    “Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o SENHOR, o Criador dos fins da terra, nem se cansa nem se fatiga? É inescrutável o seu entendimento.”- Isaias 40:28

    E quando a Torá afirma a imutabilidade de Seus mandamentos(Deteuronômio 4:2) e suscita que quem quer que se levante para modifica-la é identificado como um falso profeta. (Deuteronômio 13:1-4)

    Bola fora.

    Vai estudar !

    “e o Messias viria para DEFENDER e difundir o conhecimento da Lei, e NÃO para abolir a Lei.”

    Até que tudo esteja cumprido (Mateus 05:18)”

    Hahaha…ok..serei bonzinho. Vamos analisar toda a passagem :grin: :

    Mateus 5:17-18 “Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir. Porque em verdade vos digo que, ATÉ QUE O CÉU E A TERRA PASSEM, NENHUM JOTA OU TIL SE OMITIRÁ DA LEI, sem que TUDO seja CUMPRIDO.

    Note os grifos.O prazo estipulado para a duração da Lei é claro : A expiração dos tempos. No momento em que ele diz que “até que tudo esteja cumprido”, ele não só se refere ao cumprimento das profecias messiânicas ( as quais ele NÃO cumpriu nenhuma) como a profecia que ele fez do seu 2° Advento,( ah, não existe nenhuma profecia no VT dizendo que o messias retornaria :wink: ) aonde ele viria para executar o seu juízo na Terra, e sendo assim, a expiração dos tempos.

    Ou seja, falta ele cumprir ainda a promessa do seu 2° Advento, para que tudo esteja cumprido e a Lei perca a validade. O que de fato nunca acontecerá :lol:…pois sabemos que Jesus NÃO voltará https://ceticismo.net/religiao/jesus-nao-voltara/ , ficando assim claro que Jesus é uma farsa.

    Falta-lhe exegese e hermenêutica.

    Vai estudar.

    “e posso lhe citar inúmeras passagens do NT que são crueis e imorais.”

    Ficaria agradecido.

    Com prazer !

    Mateus 10:34-36 -“Não penseis que vim trazer paz à Terra: não vim trazer paz, mas uma espada.Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra; E assim os piores inimigos do homem serão os seus familiares.”

    Lucas 22:36 – “Aquele que não tem espada, que venda sua capa e compre uma.”

    Lucas 19:27- “Quanto, porém, a esses meus inimigos, que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e executai-os na minha presença.”

    Lucas 14:26 -“Se alguém vem a mim, e não odeia seu pai, mãe, mulher, filhos, irmãos, irmãs e ainda sua própria vida, não pode ser meu discípulo”

    Lucas 12:47- “Aquele servo (escravo), que sabia a vontade de seu senhor, e não se preparou, nem fez segundo a sua vontade, será punido com muitos açoites.”

    Marcos 9:43-“E se a tua mão te ofende, corta-a; pois é melhor entrares maneta na vida do que, tendo as duas mãos, ires para o inferno, para o fogo inextinguível.”

    Efésios 5: 22-24 – Vós, mulheres, sujeitai-vos a vosso marido, como ao Senhor;
    porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo. De sorte que, assim como a igreja está submissa a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo submissas a seus maridos.

    I Timóteo 2 – 11,12 – A mulher que aprenda em silêncio, com toda a sujeição. Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio.

    Colossenses 3 : 22 – Vós, servos(escravos), obedecei em tudo a vosso senhores segundo a carne, não servindo só na aparência, como para agradar aos seus senhores, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus.

    Filipenses 1:18- Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com FINGIMENTO ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda.

    E isso foi só UMA AMOSTRA. No seu livrinho tem muito mais. :grin:

    “Ademais, vc saberia responder a pergunta que lhe fiz anteriormente sobre as cartas paulinas ? Vc poderia me apontar quais das cartas que vc citou são de real autoria de Paulo e quais são forjadas ?”

    Voce estava lá?

    Vc já ouvir falar de uma coisa chamada “História do Cristianismo Primitivo'” ? Pelo visto não. Quem prova minha alegação são os historiadores. Vc já leu, por exemplo, o livro ” O Que Jesus disse? O que Jesus não disse?: Quem mudou a Bíblia e por que” de Bart Ehrman ? Lá ele mostra que somente cerca da metade das cartas paulinas são de real autoria de Paulo. Todas as outras são falsas.Dentre as cartas reconhecidas como forjadas, estão : Colossenses, Éfesios, II Tessalonicenses, I e II Timóteo e Tito.

    Não caia na falácia de achar que a Bíblia que temos hoje é a “verdadeira”. Os evangelhos do NT que temos hoje é resultado de vários processos de adulterações e falsificações, que os fazem serem muito diferentes dos manuscritos originais em grego. Manuscritos esses que são só uma fração das centenas de evangelhos que existiam na época, que das dezenas de seitas do cristianismo primitivo, contém a visão da seita da igreja proto-ortodoxa, que se difere muito do que seria a visão do cristianismo pregado por Jesus.

    Se quiser mais informações, leia as obras de J. P. Meier, John Dominic Crossan, Geza Vermes e Bart Ehrman.

    “Uma desculpa esfarrapada que convence somente os leigos na teologia judaica,”

    A lei tem que acompanhar a evolução da sociedade, se para mudar a lei, só pela vontade de Deus, então se for preciso, nem que seja fabricando um messias.

    É…Vc não entendeu mesmo. Mas tudo bem, levarei o seu raciocínio em consideração.

    Bem, supondo que essa lei veio das mãos de um ser tido como uniciente e perfeito, essa lei não precisaria de mudanças. Pois afinal, Deus sendo uniciente e unipresente, ele saberia de antemão as nescessidades das sociedades de todas as épocas, e produziria uma lei com preceitos atemporais e perfeitos, que se adequariam a qualquer sociedade, de qualquer época.

    Se essa lei é falha ou precisa ser mudada, é sinal de que Deus errou, e por conseqüência, ele não é tão perfeito e uniciente assim como ele diz… Não é mesmo ? :wink:

    Saia dessa. :lol:

  12. Thiago:

    “Ora, se uma coisa é perfeita, ele não precisa mudar, já que por excelência,ela não possui defeitos, e é completa em todos os niveis. Se ela precisa mudar, ela possui algum defeito.Logo, ela não é perfeita. Nota ZERO em lógica para vc.”

    Onde está a lógica de que coisas perfeitas não mudam? Pode mudar de uma coisa perfeita para outra coisa perfeita (ex: Hoje saio com uma morena de um bumbum perfeito e amanha saio com uma loira com um bumbum perfeito, viu?)

    “Ademais, essas passagens que lhe citei demonstram SIM a imutabilidade da Lei, pois o Salmo 19:7 afirma que a Lei é perfeita ( imutável) e Isaias 40:8 reintera sua imutabilidade perante o tempo. O que é corroborado pelo fato de da imutabilidade de Deus em relação a suas ideias:

    “Porque eu, o Senhor, não mudo”. – Malaquias 3:6.

    O Senhor não muda, mas idéias dele?

    “E quando a Torá afirma a imutabilidade de Seus mandamentos(Deteuronômio 4:2) e suscita que quem quer que se levante para modifica-la é identificado como um falso profeta. (Deuteronômio 13:1-4)”

    Deuterônomio 4:2 – Pede para o DESTINATÁRIO não acrescentar, só isso. Não obriga o emitente.

    “Hahaha…ok..serei bonzinho. Vamos analisar toda a passagem :

    Mateus 5:17-18 “Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir. Porque em verdade vos digo que, ATÉ QUE O CÉU E A TERRA PASSEM, NENHUM JOTA OU TIL SE OMITIRÁ DA LEI, sem que TUDO seja CUMPRIDO.

    Não omitiu J ou til, mudou-se a lei, o que é diferente de omitir.

    Note os grifos.O prazo estipulado para a duração da Lei é claro : A expiração dos tempos. No momento em que ele diz que “até que tudo esteja cumprido”, ele não só se refere ao cumprimento das profecias messiânicas ( as quais ele NÃO cumpriu nenhuma) como a profecia que ele fez do seu 2° Advento,( ah, não existe nenhuma profecia no VT dizendo que o messias retornaria ) aonde ele viria para executar o seu juízo na Terra, e sendo assim, a expiração dos tempos.”

    Mudou a lei, não houve omissão.

    “Ou seja, falta ele cumprir ainda a promessa do seu 2° Advento, para que tudo esteja cumprido e a Lei perca a validade. O que de fato nunca acontecerá :lol:…pois sabemos que Jesus NÃO voltará https://ceticismo.net/religiao/jesus-nao-voltara/ , ficando assim claro que Jesus é uma farsa.”

    Onde disse que ele não era ou era? Não entrei neste mérito.

    “Vai estudar.”

    Arruma uma fêmea aí, é bom, voce está muito nervosinho.

    “Mateus 10:34-36 -”Não penseis que vim trazer paz à Terra: não vim trazer paz, mas uma espada.Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra; E assim os piores inimigos do homem serão os seus familiares.”

    Lucas 22:36 – “Aquele que não tem espada, que venda sua capa e compre uma.”

    Lucas 19:27- “Quanto, porém, a esses meus inimigos, que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e executai-os na minha presença.”

    Lucas 14:26 -“Se alguém vem a mim, e não odeia seu pai, mãe, mulher, filhos, irmãos, irmãs e ainda sua própria vida, não pode ser meu discípulo”

    Lucas 12:47- “Aquele servo (escravo), que sabia a vontade de seu senhor, e não se preparou, nem fez segundo a sua vontade, será punido com muitos açoites.”

    Marcos 9:43-“E se a tua mão te ofende, corta-a; pois é melhor entrares maneta na vida do que, tendo as duas mãos, ires para o inferno, para o fogo inextinguível.”

    Efésios 5: 22-24 – Vós, mulheres, sujeitai-vos a vosso marido, como ao Senhor;
    porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo. De sorte que, assim como a igreja está submissa a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo submissas a seus maridos.

    I Timóteo 2 – 11,12 – A mulher que aprenda em silêncio, com toda a sujeição. Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio.

    Colossenses 3 : 22 – Vós, servos(escravos), obedecei em tudo a vosso senhores segundo a carne, não servindo só na aparência, como para agradar aos seus senhores, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus.

    Filipenses 1:18- Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com FINGIMENTO ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda.

    E isso foi só UMA AMOSTRA. No seu livrinho tem muito mais.

    Obrigado, Mas o livro não é meu.

    “Vc já ouvir falar de uma coisa chamada “História do Cristianismo Primitivo’” ? Pelo visto não. Quem prova minha alegação são os historiadores. Vc já leu, por exemplo, o livro ” O Que Jesus disse? O que Jesus não disse?: Quem mudou a Bíblia e por que” de Bart Ehrman ? Lá ele mostra que somente cerca da metade das cartas paulinas são de real autoria de Paulo. Todas as outras são falsas.Dentre as cartas reconhecidas como forjadas, estão : Colossenses, Éfesios, II Tessalonicenses, I e II Timóteo e Tito.”

    A história é uma verdade relativa.

    “Bem, supondo que essa lei veio das mãos de um ser tido como uniciente e perfeito, essa lei não precisaria de mudanças. Pois afinal, Deus sendo uniciente e unipresente, ele saberia de antemão as nescessidades das sociedades de todas as épocas, e produziria uma lei com preceitos atemporais e perfeitos, que se adequariam a qualquer sociedade, de qualquer época.”

    Voce é quem entendeu errado a minha especulação, eu explico melhor:

    Antes não havia uma separação clara entre Lei e Direito. Hoje muda-se a lei com um processo legislativo. Antes, os homens escreveram o Velho Testamento, e quando mais a frente, perceberam que não estava rolando mais, alguns deciram mudar, mas como mudar? Disseram que o messias veio e mudou, e ganharam adéptos.

    “Se essa lei é falha ou precisa ser mudada, é sinal de que Deus errou, e por conseqüência, ele não é tão perfeito e uniciente assim como ele diz… Não é mesmo ?”

    Não necessariamente errou, a lei deve acompanhar a evolução da sociedade.

    1. Onde está a lógica de que coisas perfeitas não mudam?

      Só se for pra pior. Vc entende o conceito de perfeição?

      Pode mudar de uma coisa perfeita para outra coisa perfeita (ex: Hoje saio com uma morena de um bumbum perfeito e amanha saio com uma loira com um bumbum perfeito, viu?)

      Mas como conjunto não são mulheres perfeitas. Se TUDO o que Deus faz é perfeito, estamos falando de um conjunto e não de partes apenas. Ou seu deus faz coisas perfewitas numa parte e imperfeitas de outra?

      Deuterônomio 4:2 – Pede para o DESTINATÁRIO não acrescentar, só isso. Não obriga o emitente.

      Algo perfeito seria de fácil entendimento, pois não?

      Mudou a lei, não houve omissão.

      mas a lei não é imutável? :D

      Arruma uma fêmea aí, é bom, voce está muito nervosinho.

      Percebi um tom de oferecimento aqui?

      Obrigado, Mas o livro não é meu.

      Mas o segue. Vc trata sua mulher assim? (supondo que vc tenha uma, claro).

      A história é uma verdade relativa.

      Isso não é só História, mas de linguística também. Basta analisar os termos em grego de um texto e compará-los com a estilística de outro texto. Pegue os textpos de José de Alencar e Machado de Assis e compare. Veja se é o mesmo estilo.

      Antes não havia uma separação clara entre Lei e Direito. Hoje muda-se a lei com um processo legislativo. Antes, os homens escreveram o Velho Testamento, e quando mais a frente, perceberam que não estava rolando mais, alguns deciram mudar, mas como mudar? Disseram que o messias veio e mudou, e ganharam adéptos.

      Então, nem um nem outro foi obra divina. Ademais, estes mesmo homens afirmaram que existe um deus. Levando isso em conta, o texto nãp tem maior validade que o gibi do Cebolinha.

      Não necessariamente errou, a lei deve acompanhar a evolução da sociedade.

      O que prova que não é perfeita, pois teria previsto isso. Afinal, matar pessoas indiscriminadamente nunca foi considerado uma coisa aceitável. Ou foi?

      1. @André,

        Só se for pra pior. Vc entende o conceito de perfeição?

        Não é requisito da perfeição a imutabilidade. Algo pode ser perfeito e ser mutável para pior ou uma mutação neutra, paralela. O exemplo dos bumbuns das gatas foi para explicar isso.

        “Mas como conjunto não são mulheres perfeitas”.

        Aqui voce desviou o foco da análise, voce está avaliando as mulheres, e não a perfeição em si.

        “Se TUDO o que Deus faz é perfeito, estamos falando de um conjunto e não de partes apenas. Ou seu deus faz coisas perfeitas numa parte e imperfeitas de outra?”

        Voce deve ter observado que não afirmei que a Bíblia é a palavra de Deus e nem que ele existe e sim que para um crente ela é.

        “Percebi um tom de oferecimento aqui?”

        Voce também só pensa em sexo homossexual (homens x homens)? se voce sempre estiver com o homossexualismo implícito nas proposições ou premissas, a conclusão tende a ser deslocada para “interpretações homossexuais”.

        “Mas o segue. Vc trata sua mulher assim? (supondo que vc tenha uma, claro).”

        Eu seguir? Estou rindo atoa por a lei atual descriminalizou sexo com adolescentes com 14 anos completos desde que consentido e sem prostituição.

        “Então, nem um nem outro foi obra divina. Ademais, estes mesmo homens afirmaram que existe um deus. Levando isso em conta, o texto nãp tem maior validade que o gibi do Cebolinha.”

        O cristianismo não foi criado para controle social, mas foi DESENVOLVIDO para isso.

        “O que prova que não é perfeita, pois teria previsto isso. Afinal, matar pessoas indiscriminadamente nunca foi considerado uma coisa aceitável. Ou foi?”

        O que prevalece para mim é que a Bíblia é obra dos homens, só isso.

        1. Não é requisito da perfeição a imutabilidade.

          Por que?

          Algo pode ser perfeito e ser mutável para pior ou uma mutação neutra, paralela.

          Então Deus pode mudar para pior ou ter mutação neutra?

          O exemplo dos bumbuns das gatas foi para explicar isso.

          Sua analogia é podre como seu sapateado para fugir do assunto.

          Aqui voce desviou o foco da análise, voce está avaliando as mulheres, e não a perfeição em si.

          Não, não mudei. O foco tem que ser am,plo. Analisar que uma parte é perfeita, sendo agregada a um monte de coisa podre é a desculpa de vocês para o monte de besteiras que vêm na Bíblia. Se é perfeito, é perfeito como um conjunto. That’s all.

          Voce deve ter observado que não afirmei que a Bíblia é a palavra de Deus e nem que ele existe e sim que para um crente ela é.

          Irrelevante o que outros acham, o que importa é o que é de fato. Algumas pessoas acham que sair roubando e matando não é nada demais, logo consideraremos isso como inerente a uma sociedade civilizada?

          Voce também só pensa em sexo homossexual (homens x homens)? se voce sempre estiver com o homossexualismo implícito nas proposições ou premissas, a conclusão tende a ser deslocada para “interpretações homossexuais”.

          Vc está se oferecendo de novo?

          Eu seguir? Estou rindo atoa por a lei atual descriminalizou sexo com adolescentes com 14 anos completos desde que consentido e sem prostituição.

          Pode responder a minha pergunta?

          O cristianismo não foi criado para controle social, mas foi DESENVOLVIDO para isso.

          Não! Sério?

          O que prevalece para mim é que a Bíblia é obra dos homens, só isso.

          Não! Sério? [2]

          1. @André,

            “Não, não mudei. O foco tem que ser am,plo. Analisar que uma parte é perfeita, sendo agregada a um monte de coisa podre é a desculpa de vocês para o monte de besteiras que vêm na Bíblia. Se é perfeito, é perfeito como um conjunto. That’s all.”

            Eu estou tratando da perfeição em si, e voce está tratando de uma suposta perfeição sobre a criação de Deus. (estamos falando sobre coisas diferentes)

            “Irrelevante o que outros acham, o que importa é o que é de fato. Algumas pessoas acham que sair roubando e matando não é nada demais, logo consideraremos isso como inerente a uma sociedade civilizada?”

            Se algum dia estas pessoas forem a maioria em poder, vai ser o certo. Ou voce sugere uma moral absoluta?

          2. Eu estou tratando da perfeição em si, e voce está tratando de uma suposta perfeição sobre a criação de Deus. (estamos falando sobre coisas diferentes)

            Perfeição é perfeição.

            Se algum dia estas pessoas forem a maioria em poder, vai ser o certo. Ou voce sugere uma moral absoluta?

            Então, matar pessoas pode ser aceitável?

        2. @Luciano,
          Não é requisito da perfeição a imutabilidade. Algo pode ser perfeito e ser mutável para pior ou uma mutação neutra, paralela. O exemplo dos bumbuns das gatas foi para explicar isso.
          Algo perfeito pode mudar, a questão é: mudando, permanece perfeito?
          Um círculo perfeito pode ser mudado, alterando-se o raio, MAS permanece um círculo, mantendo sua característica principal; MAS como passar de genocídio e rapto de menores para “não matarás”, mantendo as mesmas propriedades?

          Mesmo assim, outra pergunta: a palavra “perfeito”, aplicado às bundas, tem a mesma conotação que “perfeito”, aplicado a deus, no sentido que os crentes a usam?
          Imagino que você defenda que sim, pois usou essa analogia; seria, portanto, interessante saber como elas são expressões equivalentes.

          “Se TUDO o que Deus faz é perfeito, estamos falando de um conjunto e não de partes apenas. Ou seu deus faz coisas perfeitas numa parte e imperfeitas de outra?”

          Voce deve ter observado que não afirmei que a Bíblia é a palavra de Deus e nem que ele existe e sim que para um crente ela é.
          Tá, você não disse, e daí?
          O que essa resposta tem a ver com a afirmação da outra pessoa? :?:

          O cristianismo não foi criado para controle social, mas foi DESENVOLVIDO para isso
          O que prevalece para mim é que a Bíblia é obra dos homens, só isso.

          Ora, se você está bancando o advogado do diabo, apresentando os argumentos dos crentes, que tipo de resposta você esperaria?

          1. @Joseph K,

            “Algo perfeito pode mudar, a questão é: mudando, permanece perfeito?
            Um círculo perfeito pode ser mudado, alterando-se o raio, MAS permanece um círculo, mantendo sua característica principal; MAS como passar de genocídio e rapto de menores para “não matarás”, mantendo as mesmas propriedades?”

            Uma coisa pode mudar e continuar perfeita, um exemplo é a alegação dos que acham que Deus se fez homem (mudou) em Jesus (e nem por isso deixou de ser perfeito).

          2. @Luciano,
            Uma coisa pode mudar e continuar perfeita, um exemplo é a alegação dos que acham que Deus se fez homem (mudou) em Jesus (e nem por isso deixou de ser perfeito).
            Uau!
            E qual a base para os “que acham” poderem “achar” isso?
            Se é só mais papo furado, nem é preciso tentar achar um sentido, não é mesmo?
            Então… qual o fundamento que eles dariam para sustentar isso?
            Não que me interesse, mas cascatas tão grandes assim prometem boas risadas.

        3. @Luciano,
          Não é requisito da perfeição a imutabilidade.
          Para complementar: agora é você, quem se desvia do assunto.
          A discussão não incluía os “requisitos para a perfeição”, muito menos dizia que ser imutável era requisito para a perfeição.

          O que o outro leitor apontou, e você parece ter deixado de ver, é que a bíblia diz que a) a palavra de deus é perfeita e b) a mesma bíblia diz que a mesma é imutável, não é dito que uma coisa é condição para a outra.

          1. @Joseph K,

            “a mesma bíblia diz que a mesma é imutável, não é dito que uma coisa é condição para a outra.”

            1 – Só ainda não mostraram onde está a palavra imutável lá na Bíblia ou algo de igual valor. Me mostrem, não duvido não, mas estou esperando. Só foi mostrado até agora “perfeição” que nada tem de imutável.

            2 – Se Deus é infinitamnte poderoso ele tem poder p quebrar até sua palavra dada e fazer o que bem entender.

          2. @Luciano,
            1 – Só ainda não mostraram onde está a palavra imutável lá na Bíblia ou algo de igual valor. Me mostrem, não duvido não, mas estou esperando. Só foi mostrado até agora “perfeição” que nada tem de imutável.
            É o que o outro leitor, Thiago, postou como resposta a você, anteriormente:
            Isaías 40:8 – Seca-se a erva, e caem as flores, mas a palavra de nosso Deus subsiste ETERNAMENTE.
            Como pode ver, essa discussão toda sobre “perfeito pode mudar ou não” é irrelevante.

            2 – Se Deus é infinitamnte poderoso ele tem poder p quebrar até sua palavra dada e fazer o que bem entender.
            Hum?
            se vamos brincar de jardim da infância, então me responda: deus pode criar uma pedra tão pesada, que nem ele possa carregar?

          3. @Luciano,
            Veja só, que coisa engraçada, digitando “palavra de deus é imutavel” no Google dá a bagatela de 109.000 resultados, então acho seguro dizer que os crentes acreditam mesmo, nessa coisa.
            Um exemplo, obtido de http://www.ipb.org.br/uph/arquivo/reforma_01.htm:

            A Palavra de Deus é imutável, eterna e jamais pode falhar.
            Nossas convicções doutrinárias não mudam para se adequarem às transformações sociais. Não significa, também, relativismo ético. Os princípios morais que abraçamos devem ser regidos pela verdade de Deus e não pelos ditames da sociedade. A Bíblia é que julga a cultura e não esta a Bíblia.

            Esses 109.000 sites devem ter alguma “base”, bíblica ou não, para acreditar nisso.
            Um bom começo seria perguntar a esses cem mil crentes por que eles acham isso, os céticos não tem que explicar esses devaneios da mente religiosa.

    2. @Luciano,
      Onde está a lógica de que coisas perfeitas não mudam?
      No termo “perfeito”.
      O que é perfeito só pode ser mudado em direção à imperfeição, deixando de ser perfeito.

      Pode mudar de uma coisa perfeita para outra coisa perfeita (ex: Hoje saio com uma morena de um bumbum perfeito e amanha saio com uma loira com um bumbum perfeito, viu?)
      Um “círculo perfeito” é diferente de um “quadrado perfeito”.
      Comparar bundas de loiras e morenas é comparar bananas com abacaxis.
      A lei é perfeita, qualquer alteração a tornará imperfeita, pois não há “graus” de perfeição: algo é perfeito ou imperfeito, não “mais perfeito”, “menos perfeito” ou “perfeito diferente”.

      O Senhor não muda, mas idéias dele?
      É engraçado, mas o deus dos cristãos não pode mudar de idéia, se ele é onisciente E onipotente, NÃO pode mudar de idéia.

      Não omitiu J ou til, mudou-se a lei, o que é diferente de omitir.
      Hummm… vejamos: “Não matarás”.
      Vamos omitir o “Não” e teremos “Matarás”.
      Foi mudança ou omissão?
      A expressão “não tirar nem por” diz respeito à omissão ou alteração?

      Onde disse que ele não era ou era? Não entrei neste mérito.
      Se os crentes afirmam que jesuis cumpriu TODAS as profecias messiânicas, como você disse lá em cima, deveria cumprir essa também, não é mesmo?
      Se ele é uma farsa, não poderia cumprir profecia alguma, isso meio que simplifica o trabalho.
      De qualquer modo, uma boa fonte para mostrar que jesuis não cumpriu as profecias são os donos do mito abraâmico: os judeus.
      É só perguntar a eles o que acham de jesuis.

      Deuterônomio 4:2 – Pede para o DESTINATÁRIO não acrescentar, só isso. Não obriga o emitente.
      Não acrescentar? Só isso? Não.
      Deuterônomio 4:2 impede que os crentes alterem a bíblia, mas esta já foi alterada milhares de vezes.
      De qualquer modo isso levanta outro problema: como um crente, hoje em dia, pode atestar que a a bíblia que ele usa é a palavra de deus ORIGINAL?
      Não pode, daí se apegar à autoridade e tradição, para “provar” a autenticidade e valor delas.

      “Vc já ouvir falar de uma coisa chamada “História do Cristianismo Primitivo’” ? Pelo visto não. Quem prova minha alegação são os historiadores. Vc já leu, por exemplo, o livro ” O Que Jesus disse? O que Jesus não disse?: Quem mudou a Bíblia e por que” de Bart Ehrman ? Lá ele mostra que somente cerca da metade das cartas paulinas são de real autoria de Paulo. Todas as outras são falsas.Dentre as cartas reconhecidas como forjadas, estão : Colossenses, Éfesios, II Tessalonicenses, I e II Timóteo e Tito.”
      A história é uma verdade relativa.

      E como isso tira o mérito da colocação do outro leitor?
      “A história é uma verdade relativa.”. Tá. Bonitinho. E daí?
      A resposta foi dada à sua pergunta:

      Afirmação:“Ademais, vc saberia responder a pergunta que lhe fiz anteriormente sobre as cartas paulinas ? Vc poderia me apontar quais das cartas que vc citou são de real autoria de Paulo e quais são forjadas ?”
      Sua pergunta: Voce estava lá?

      Antes não havia uma separação clara entre Lei e Direito. Hoje muda-se a lei com um processo legislativo. Antes, os homens escreveram o Velho Testamento, e quando mais a frente, perceberam que não estava rolando mais, alguns deciram mudar, mas como mudar? Disseram que o messias veio e mudou, e ganharam adéptos.
      Você está falando de lei, como em um estado de direito, mas a “lei” do VT era para ser a palavra de deus, perfeita e imutável (confundível, ou não, com a “lei para todos”), não a “lei dos homens”.
      Aceitar que a lei de deus pode ser mudada pelos homens, é aceitar que o que deus diz é passageiro e indigno de confiança.
      Se os cristão dizem que o “messias” jesuis teve autoridade para isso, eles deveriam citar uma base no VT, para tanto.
      Como você gosta de direito, vamos por de outro modo.
      Se alguém quer mudar a lei (o messias ou o deputado), precisa seguir a Constituição (o VT ou a Constituição) ou a lei não será recepcionada.
      Em outras: se alguém diz que a lei foi alterada, deve dar a base que sustente essa alteração, ou será um falso profeta.
      Se alguém ganha seguidores pregando em nome de um falso profeta, aos olhos de deus eles são apenas hereges, mas esse problema é facilmente corrigido, basta apresentar as bases constitucionais, digo, do VT, que suportem essas mudanças.

      Não necessariamente errou, a lei deve acompanhar a evolução da sociedade.
      Mais uma vez, bananas e abacates.
      A lei, do ponto de vista da evolução legal, mudou, mas a pergunta é: “deus mudou de idéia”, a ponto de ter que mudar as leis (perfeitas) que ele mandara ao povo dele?
      “Deus” muda para acompanhar a evolução da sociedade? “Deus” aceitaria ser deixado de lado, eventualmente?
      Filosoficamente: um deus onipotente E onisciente, pode mudar de idéia?

      1. @Joseph K,

        “No termo “perfeito”.
        O que é perfeito só pode ser mudado em direção à imperfeição, deixando de ser perfeito.”

        Pode se mudar paralelamente ex: a alegação de que Deus se fez em Jesus (como disse, mudou e continuou perfeito)

        “Um “círculo perfeito” é diferente de um “quadrado perfeito”.
        Comparar bundas de loiras e morenas é comparar bananas com abacaxis.
        A lei é perfeita, qualquer alteração a tornará imperfeita, pois não há “graus” de perfeição: algo é perfeito ou imperfeito, não “mais perfeito”, “menos perfeito” ou “perfeito diferente”.

        Voce pode apagar um desenho perfeito de uma casa e fazer um desenho perfeito de um carro (viu?)

        “Hummm… vejamos: “Não matarás”.
        Vamos omitir o “Não” e teremos “Matarás”.
        Foi mudança ou omissão?
        A expressão “não tirar nem por” diz respeito à omissão ou alteração?”

        Se quem muda é o autor de um livro qualquer (um de genética por exemplo) é alteração, se quem muda é o mero professor ao ensinar para alunos, é omissão.

        “Se os crentes afirmam que jesuis cumpriu TODAS as profecias messiânicas, como você disse lá em cima, deveria cumprir essa também, não é mesmo?
        Se ele é uma farsa, não poderia cumprir profecia alguma, isso meio que simplifica o trabalho.
        De qualquer modo, uma boa fonte para mostrar que jesuis não cumpriu as profecias são os donos do mito abraâmico: os judeus.
        É só perguntar a eles o que acham de jesuis.”

        A opinião dos judeus não tem que ser necessariamente a de Deus, Enquanto Deus não aparecer aqui, a dúvida prevelece.

        “Não acrescentar? Só isso? Não.
        Deuterônomio 4:2 impede que os crentes alterem a bíblia, mas esta já foi alterada milhares de vezes.”

        Justamente o que eu disse, não tem nada de imutabilidade lá.

        “De qualquer modo isso levanta outro problema: como um crente, hoje em dia, pode atestar que a a bíblia que ele usa é a palavra de deus ORIGINAL?”

        Cada um faz a sua aposta no escuro, se voce estiver certo, eles ficam de palhaços, se eles estiverem, outros se ferram, se os mulçumanos estiverem, outros se ferram, ninguém pode provar a existência ou inexistência de Deus, está todo mundo no mesmo barco.

        “E como isso tira o mérito da colocação do outro leitor?”

        O mérito não, mas ninguém pode ter certeza absoluta com isto.

        “Você está falando de lei, como em um estado de direito, mas a “lei” do VT era para ser a palavra de deus, perfeita e imutável (confundível, ou não, com a “lei para todos”), não a “lei dos homens”.

        Imutável pelos homens, até agora que eu vi, não por Deus (não duvido de voce não, mas mostra aí uma passagem que diz que Deus não pode se retratar), e mesmo que estiver (sse) escrito, estar-se-ia colocando fim aos poderes de Deus, se ele é infinitamente poderoso, ele pode se retratar e mudar a Bíblia quando bem entender.

        “Aceitar que a lei de deus pode ser mudada pelos homens, é aceitar que o que deus diz é passageiro e indigno de confiança.
        Se os cristão dizem que o “messias” jesuis teve autoridade para isso, eles deveriam citar uma base no VT, para tanto.”

        Se Jesus tem mesmo ligação com Deus, Deus chega e muda e diz p quem perguntar: “Mudei e daí, vai encarar?”

        “Como você gosta de direito, vamos por de outro modo.
        Se alguém quer mudar a lei (o messias ou o deputado), precisa seguir a Constituição (o VT ou a Constituição) ou a lei não será recepcionada.
        Em outras: se alguém diz que a lei foi alterada, deve dar a base que sustente essa alteração, ou será um falso profeta.”

        Neste tópico voce colocou regras para Deus limitando seus poderes, o que não coaduna com a tese do poder infinito.

        “Se alguém ganha seguidores pregando em nome de um falso profeta, aos olhos de deus eles são apenas hereges, mas esse problema é facilmente corrigido, basta apresentar as bases constitucionais, digo, do VT, que suportem essas mudanças.

        Deus pode mudar, acabar com o mundo, voltar ao estado anterior, se ele é infinitamente poderoso.

        “A lei, do ponto de vista da evolução legal, mudou, mas a pergunta é: “deus mudou de idéia”, a ponto de ter que mudar as leis (perfeitas) que ele mandara ao povo dele?”

        uma blusa que cabe perfeitamente numa criança, com o passar do tempo pode deixar de servir perfeitamente nela. E se Deus disse que a lei era perfeita e não era? ele pode até mentir, pois se não estaria colocando limites aos poderes dele.

        ““Deus” aceitaria ser deixado de lado, eventualmente?”

        Se eu fosse ele, não estaria nem aí.

        “Filosoficamente: um deus onipotente E onisciente, pode mudar de idéia?”

        Se disser que ele não pode estar-se-ia pondo fins aos poderes dele. a própria Biblia não diz que imundou o mundo, exterminou pessoas etc, pela Bíblia, ele muda de idéia, ou dá a impressão que muda.

        1. @Luciano,
          Não vou continuar a discussão “perfeita”, pois a mesma não tem mais sentido, graças a Isaías.

          Voce pode apagar um desenho perfeito de uma casa e fazer um desenho perfeito de um carro (viu?)
          Só para constar, você percebeu que são duas coisas diferentes, não é mesmo?
          Apagar a CASA e desenhar um CARRO. Casa é diferente de Carro.
          Apagar a LEI DE DEUS PERFEITA E IMUTAVEL e editar outra, dizendo ser a LEI DE DEUS PERFEITA E IMUTAVEL não é a mesma coisa.

          Se quem muda é o autor de um livro qualquer (um de genética por exemplo) é alteração, se quem muda é o mero professor ao ensinar para alunos, é omissão.
          Não é o que diz o Houaiss:

          omissão
          Datação
          sXV cf. FichIVPM

          Acepções
          substantivo feminino
          ato ou efeito de omitir(-se)
          1 ato ou efeito de não mencionar (algo ou alguém), de deixar de dizer, escrever ou fazer (algo)
          2 ato ou efeito de deixar de lado, desprezar ou esquecer; preterição, esquecimento
          3 Rubrica: termo jurídico.
          ato ou efeito de não fazer o que moral ou juridicamente se deveria fazer, e de que resulta, ou pode resultar, prejuízo para terceiros ou para a sociedade
          4 falta de ação; inércia, passividade
          5 falta de cuidado, de atenção; descuido, negligência
          6 o que foi omitido; lacuna, falta, lapso

          Etimologia
          lat. omissìo,ónis ‘omissão’, de omissum, supn. de omitère; ver 1met-; f.hist. sXV omyssom
          Sinônimos
          ausência, esquecimento, exclusão, falha; ver tb. sinonímia de desleixo
          Antônimos
          ver antonímia de desleixo

          Muito menos o Michaelis:
          omissão
          o.mis.são
          sf (lat omissione) 1 Ato ou efeito de omitir. 2 Aquilo que se omitiu; falta, lacuna. 3 Preterição. 4 Tip V salto.

          Se algum crente te passou esse “significado”, ele te enrolou na cara-dura.

          A opinião dos judeus não tem que ser necessariamente a de Deus, Enquanto Deus não aparecer aqui, a dúvida prevelece.
          Então é justo que você tenha uma dúvida sobre a existência de um Dragão, na minha garagem, ou o bule de chá, no espaço.

          Justamente o que eu disse, não tem nada de imutabilidade lá.
          Não, você falou sobre “acrescentar”, além do que, como disse, o comentário sobre a imutabilidade da lei do deus está com outro leitor.

          Cada um faz a sua aposta no escuro, se voce estiver certo, eles ficam de palhaços, se eles estiverem, outros se ferram, se os mulçumanos estiverem, outros se ferram, ninguém pode provar a existência ou inexistência de Deus, está todo mundo no mesmo barco.
          Minha “aposta” não é no “escuro”.
          Abra várias bíblias e compare-as, você encontrará muitas (muitas mesmo) diferenças, a maioria irrelevante, mas algumas bem sérias, todas as bíblias não podem ser contraditórias e certas, ao mesmo tempo. Caso encerrado.
          No mais, isso é uma variante (pobre) da Aposta de Pascal, previamente refutada em diversos sites, nesse, inclusive.

          O mérito não, mas ninguém pode ter certeza absoluta com isto.
          Tá, isso quer dizer que os crentes não tem argumentos para rebater e fojem com frases feitas, sobre a história?

          se ele é infinitamente poderoso, ele pode se retratar e mudar a Bíblia quando bem entender.
          Aí é que está a graça: se ele é onipotente E onisciente, NÃO pode mudar de idéia, questão de lógica.

          Se Jesus tem mesmo ligação com Deus, Deus chega e muda e diz p quem perguntar: “Mudei e daí, vai encarar?”
          Risos, sim, vou encarar e dizer: achismo por achismo, sou mais o meu.
          Eu sou deus, e digo que tudo o que foi falado é cascata, vão encarar?

          QUESTÃO: Como você gosta de direito, vamos por de outro modo.
          Se alguém quer mudar a lei (o messias ou o deputado), precisa seguir a Constituição (o VT ou a Constituição) ou a lei não será recepcionada.
          Em outras: se alguém diz que a lei foi alterada, deve dar a base que sustente essa alteração, ou será um falso profeta.

          RESPOSTA: Neste tópico voce colocou regras para Deus limitando seus poderes, o que não coaduna com a tese do poder infinito.
          Lá-lá-lá.
          Ou seja, não tem base nenhuma, não é mesmo?

          Deus pode mudar, acabar com o mundo, voltar ao estado anterior, se ele é infinitamente poderoso.
          Achismo, mas o livro mágico diz que seriam falsos profetas, então vou de falsos profetas; mesmo porque não mostram nenhuma base para o que alegam, não é mesmo?

          E se Deus disse que a lei era perfeita e não era? ele pode até mentir, pois se não estaria colocando limites aos poderes dele.
          Resumindo, agora deus é mentiroso? Então ele pode ser Lúcifer disfarçado.
          Se os crentes têm que se rebaixar de um deus de amor puro, para um mentiroso, estão com sérios problemas, para se justificarem.

          Se eu fosse ele, não estaria nem aí.
          A pergunta foi se “‘deus’ aceitaria ser deixado de lado”.

          Se disser que ele não pode estar-se-ia pondo fins aos poderes dele. a própria Biblia não diz que imundou o mundo, exterminou pessoas etc, pela Bíblia, ele muda de idéia, ou dá a impressão que muda.
          Vou aceitar isso como um SIM.

          1. @Joseph K,

            “Só para constar, você percebeu que são duas coisas diferentes, não é mesmo?
            Apagar a CASA e desenhar um CARRO. Casa é diferente de Carro.”

            Mas são relativamente perfeitos, Uma lei pode ser diferente de ourta e ser perfeita.

            “Apagar a LEI DE DEUS PERFEITA E IMUTAVEL e editar outra, dizendo ser a LEI DE DEUS PERFEITA E IMUTAVEL não é a mesma coisa.”

            1 – Até agora não me apresentaram nada na Bíblia de que as passagens não podem ser mudadas.(não duvido, mas estou esperando)

            2 – Se ele é infinitamente poderoso, o poder dele não está limitado nem mesmo pela lógica, nem mesmo com a moral. Ele pode inclusive não cumprir a palavrar dele.

            “Acepções
            substantivo feminino
            ato ou efeito de omitir(-se)
            1 ato ou efeito de não mencionar (algo ou alguém), de deixar de dizer, escrever ou fazer (algo)
            2 ato ou efeito de deixar de lado, desprezar ou esquecer; preterição, esquecimento
            3 Rubrica: termo jurídico.
            ato ou efeito de não fazer o que moral ou juridicamente se deveria fazer, e de que resulta, ou pode resultar, prejuízo para terceiros ou para a sociedade
            4 falta de ação; inércia, passividade
            5 falta de cuidado, de atenção; descuido, negligência
            6 o que foi omitido; lacuna, falta, lapso”

            Se um juiz deixa de aplicar uma lei que está em vigor, ele se omitiu, mas ele não aplica uma lei que não está mais em vigor, ele não se omitiu.

            “Etimologia
            lat. omissìo,ónis ‘omissão’, de omissum, supn. de omitère; ver 1met-; f.hist. sXV omyssom
            Sinônimos
            ausência, esquecimento, exclusão, falha; ver tb. sinonímia de desleixo
            Antônimos
            ver antonímia de desleixo

            Muito menos o Michaelis:
            omissão
            o.mis.são
            sf (lat omissione) 1 Ato ou efeito de omitir. 2 Aquilo que se omitiu; falta, lacuna. 3 Preterição. 4 Tip V salto.”

            Aquilo que eu disse, vai depender do contexto da frase, para ver se o que prevalece é a qualificação de omissão ou alteração. Para haver alteração, tem que ser a partir do “ser” que tem legitimidade para alterar, caso contrário pode ser omissão.

            “Então é justo que você tenha uma dúvida sobre a existência de um Dragão, na minha garagem, ou o bule de chá, no espaço.”

            ABSOLUTAMENTE, eu não duvido.

            “Não, você falou sobre “acrescentar”, além do que, como disse, o comentário sobre a imutabilidade da lei do deus está com outro leitor.”

            Sobre o destinatário da norma não acrescentar e não o emitente.

            “Minha “aposta” não é no “escuro”.

            ABSOLUTAMENTE, é. Voce tem que saber a diferença entre absolutamente e relativamente.

            “Abra várias bíblias e compare-as, você encontrará muitas (muitas mesmo) diferenças, a maioria irrelevante, mas algumas bem sérias, todas as bíblias não podem ser contraditórias e certas, ao mesmo tempo.”

            Pela lógica HUMANA, até que vai. Viu? está relativa a lógica humana, é verdade relativa.

            “No mais, isso é uma variante (pobre) da Aposta de Pascal, previamente refutada em diversos sites, nesse, inclusive.”

            Depois eu procuro p ver se refutou a MINHA aposta.

            “O mérito não, mas ninguém pode ter certeza absoluta com isto.
            Tá, isso quer dizer que os crentes não tem argumentos para rebater e fojem com frases feitas, sobre a história?”

            Onde está isto? se fizeram isto erraram.

            “Aí é que está a graça: se ele é onipotente E onisciente, NÃO pode mudar de idéia, questão de lógica.”

            Voce novamente está colcando barreiras para um ser infinitamente poderoso.

            “Risos, sim, vou encarar e dizer: achismo por achismo, sou mais o meu.
            Eu sou deus, e digo que tudo o que foi falado é cascata, vão encarar?”

            Cada um com sua aposta.

            “Achismo, mas o livro mágico diz que seriam falsos profetas, então vou de falsos profetas; mesmo porque não mostram nenhuma base para o que alegam, não é mesmo?”

            O que os crentes tem é mera crença que não pode ser provada, mas isso não implica que por sorte na aposta eles não podem estar certos (certos por mera coincidência)

            “Resumindo, agora deus é mentiroso? Então ele pode ser Lúcifer disfarçado.
            Se os crentes têm que se rebaixar de um deus de amor puro, para um mentiroso, estão com sérios problemas, para se justificarem.”

            Se voce o coloca Deus sob a égide da moral, estará limitando os poderes de um ser infinitamente poderoso.

            Além do mais existem mentiras que PODEM ser benéficas, por exemplo, “filho tem que comer cove para ser forte igual ao super-homem”

        2. @Luciano,
          Neste tópico voce colocou regras para Deus limitando seus poderes, o que não coaduna com a tese do poder infinito.
          (…)
          ele pode até mentir, pois se não estaria colocando limites aos poderes dele.
          (…)
          Se disser que ele não pode estar-se-ia pondo fins aos poderes dele. a própria Biblia não diz que imundou o mundo, exterminou pessoas etc, pela Bíblia, ele muda de idéia, ou dá a impressão que muda.

          Acho que você não prestou atenção, ou não entendeu mesmo o que escrevi.

          Eu estava falando do deus cristão: onipotente E (veja bem: E) onisciente. (nem falei do outro aspecto: onipresente).
          O ponto é que onipotência E onisciência NÃO podem ocorrer ao mesmo tempo.
          Quanto perguntei se um deus onipotente E onisciente poderia mudar de idéia, não estava falando apenas de um deus onipotente, mas onipotente E onisciente, está claro?

          De modo que suas respostas não tem relação com o que eu disse, assim não posso levá-las em consideração.

          Agora, cá entre nós: qual o sentido em procurar, aqui, explicações para essas sandices?
          Tenho certeza que os lusitanos amigos do Sabino teriam o maior prazer, em lhe explicar todas essas coisas.
          Como essa discussão não tem nada a ver com o assunto, nem está indo a lugar algum, dando voltas sem sentido, vou terminar aqui, minha participação.

          1. @Joseph K,

            “O ponto é que onipotência E onisciência NÃO podem ocorrer ao mesmo tempo.”

            de acordo com a lógica HUMANA, percebeu a relatividade? Não desmacara um suposto ser absoluto, com verdades relativas.

            “Quanto perguntei se um deus onipotente E onisciente poderia mudar de idéia, não estava falando apenas de um deus onipotente, mas onipotente E onisciente, está claro?”

            1 – Veja bem que eu já mencionei ou mudou de idéia ou transpareceu que mudou. Onisciente não significa incapacidade de mudar.

            2 – A relatividade que mata|: De acordo com a lógica humana, logo certeza absoluta de que Deus não existe é religião também. Em ciência não há verdades absolutas.

  13. Joseph K respondeu:

    “É o que o outro leitor, Thiago, postou como resposta a você, anteriormente:
    Isaías 40:8 – Seca-se a erva, e caem as flores, mas a palavra de nosso Deus subsiste ETERNAMENTE.”

    Uma palavra mudada, não deixa de ser palavra.

    2 – Se Deus é infinitamnte poderoso ele tem poder p quebrar até sua palavra dada e fazer o que bem entender.

    “Hum?
    se vamos brincar de jardim da infância, então me responda: deus pode criar uma pedra tão pesada, que nem ele possa carregar?”

    Se ele é infinitamente poderoso, ele pode inclusive por fim aos poderes dele, aí ele deixará de ser infinitamnet poderoso pelo tempo que ele fixar.

  14. André:

    “Perfeição é perfeição.”

    Estou tratando da perfeição como um substantivo e voce como um adjetivo.

    “Então, matar pessoas pode ser aceitável?”

    Vai depender da opinião da maioria em um sistema.

        1. Estou pensando em banir o sujeito, mas meu coração bondoso está pensando (uma ova! Se ele insistir neste monte de merda vai ganhar um chute tão forte que violará o postulado de Einstein e ele sairá voando mais rápido que a Luz).

          1. @André,

            É só me pedir para não comentar mais sobre isto e eu paro. Mas um dilema:

            1 – Se o que eu estou dizendo é fraco, não há porque me responderem pois o mundo esta aí para confirmar que não precisaria de resposta por causa de tal fraqueza.

            2 – Nem mesmo me banir, se eu não represento perigo.

    1. @Luciano,
      Aquilo que eu disse, vai depender do contexto da frase, para ver se o que prevalece é a qualificação de omissão ou alteração. Para haver alteração, tem que ser a partir do “ser” que tem legitimidade para alterar, caso contrário pode ser omissão.
      Não. O que você disse foi uma besteira.
      A saber:

      Se quem muda é o autor de um livro qualquer (um de genética por exemplo) é alteração, se quem muda é o mero professor ao ensinar para alunos, é omissão.
      Viu? Besteira. Melhor deixar de tentar arrumar, só vai piorar.

      ABSOLUTAMENTE, é. Voce tem que saber a diferença entre absolutamente e relativamente.
      Você tem mesmo sérios problemas para entender, não é mesmo?
      Eu estava falando das discrepâncias existentes entre as bíblias e é ABSOLUTAMENTE possível verificar tais discrepâncias, basta saber ler.
      VOCÊ está tentando misturar com outras coisas, releia (se é que vai adiantar) minha frase, a qual você está “respondendo”.
      Eu falei de textos escritos, quem tenta levar para o lado da Aposta é você, por isso eu repito: os crentes não têm argumentos para rebater as incoerências entre as bíblias.

      Pela lógica HUMANA, até que vai. Viu? está relativa a lógica humana, é verdade relativa.
      Deixe de falar bobagem.
      Se você tem alguma proposta de uma lógica “não humana”, formalize-a, ou cale-se, pois isso não é argumento.
      Eu digo que a lógica do Poderoso Svlan é assim.

      Depois eu procuro p ver se refutou a MINHA aposta.
      Tolinho, você não entendeu o que leu ou se faz de bobo por esporte?
      Depois eu procuro, para ver se você aprendeu alguma coisa (mentira, não tenho o menor interesse).

      Voce novamente está colcando barreiras para um ser infinitamente poderoso.
      Tsc, tsc, continua sem entender.

      O que os crentes tem é mera crença que não pode ser provada, mas isso não implica que por sorte na aposta eles não podem estar certos (certos por mera coincidência)
      Assim como o Dragão em minha garagem.
      Você não duvida dele, pois tem a mente tão aberta que esvaziou.

      Se voce o coloca Deus sob a égide da moral, estará limitando os poderes de um ser infinitamente poderoso.
      Ser infinitamente poderoso?
      Pensei que a perda de tempo, dessa discussão, fosse sobre o mito judaico-cristão.

      Além do mais existem mentiras que PODEM ser benéficas, por exemplo, “filho tem que comer cove para ser forte igual ao super-homem”
      Tenho certeza que as vítimas da perseguição e dos massacres em nome do deusinho mimado cristão concordam com isso.

      Uma palavra mudada, não deixa de ser palavra.
      Dããããã.
      Vai dizer isso pros 100 mil crentes que discordam de você.
      Não acho que nada, naquele lixo de bíblia se sustente, por isso não vou perder meu tempo dizendo o que os crentes podem achar, ou não.
      Se você tem interesse nisso, vá perguntar a eles e pare de desperdiçar o espaço.

      Se ele é infinitamente poderoso, ele pode inclusive por fim aos poderes dele, aí ele deixará de ser infinitamnet poderoso pelo tempo que ele fixar.
      Você levou a sério essa coisa de ir para o jardim de infância, não foi?

      Eu havia me retirado dessa discussão besta, mas voltei a responder por ter recebido esse seu comentário em meu e-mail.
      Essa discussão, que já ocupa mais da metade do espaço, além de ser vazia de propósito, fugir do assunto do artigo, seria melhor respondida pelos crentes.
      Aqui não tem crentes, vá ao Sabino e pergunte para ele.

      “Oh, a palavra do meu deus mimado é perfeita, eterna e imutável”, “meu omni deus pode fazer tudo e fazer nada é o máximo de fazer tudo”.
      Quem se importa?
      Se você tem alguma tara em discutir isso, faça DIREITO e vá discutir com os crentes.

      1. @Joseph K,

        “Não. O que você disse foi uma besteira.
        A saber:
        Se quem muda é o autor de um livro qualquer (um de genética por exemplo) é alteração, se quem muda é o mero professor ao ensinar para alunos, é omissão.
        Viu? Besteira. Melhor deixar de tentar arrumar, só vai piorar.”

        1 – Opinião sem fundamentação

        2 – Omissão é quando não se aplica algo que deveria ser aplicado, no alterar suprimindo é o próprio legitimado que retira. Se um juiz deixa de aplicar uma pena que não está mais prevista, ele não se omitiu. Para quem acredita na Bíblia TODA como a palavra de Deus, tem em acreditar apenas nas leis permitidas no Novo Testamento.

        “Você tem mesmo sérios problemas para entender, não é mesmo?
        Eu estava falando das discrepâncias existentes entre as bíblias e é ABSOLUTAMENTE possível verificar tais discrepâncias, basta saber ler.”

        Onde estiver um relativo a isso ou aquilo, é verdade relativa. Relativa á lógica humana, voce conclui isto ou aquilo. Não há certeza absoluta a partir de verdades relativas.

        “VOCÊ está tentando misturar com outras coisas, releia (se é que vai adiantar) minha frase, a qual você está “respondendo”.
        Eu falei de textos escritos, quem tenta levar para o lado da Aposta é você, por isso eu repito: os crentes não têm argumentos para rebater as incoerências entre as bíblias.”

        Nem por isso podemos concluir que seu dragão na garagem não existe.

        “Deixe de falar bobagem.
        Se você tem alguma proposta de uma lógica “não humana”, formalize-a, ou cale-se, pois isso não é argumento.”

        O fato de se conhecer apenas uma lógica, não significa que outras não existem, mas significa que não se pode ter certeza de nada nesta vida. Só se conhecia este planeta antes, isso não quer dizer que só existia ele.

        “Assim como o Dragão em minha garagem.”

        Acertou, prove que seu dragão na garagem não existe.

        A questão do Dragão da garagem, é arbitrariamente, te-lo como inexistente, o que é diferente de afirma que ele não existe.

        Se ele existe, cada um faz sua aposta no escuro

        1. @Luciano,
          “Sua eixegese é ótima!”
          Obrigado, precisando é só falar.
          Normalmente eu interpretaria isso como ironia mas, vindo de alguém que nem sabe o que é “omissão”, só posso lhe recomendar esse presente.

          “Não. O que você disse foi uma besteira.
          A saber:
          Se quem muda é o autor de um livro qualquer (um de genética por exemplo) é alteração, se quem muda é o mero professor ao ensinar para alunos, é omissão.
          Viu? Besteira. Melhor deixar de tentar arrumar, só vai piorar.”

          1 – Opinião sem fundamentação
          No começo, estava engraçado, ver como você é incapaz de argumentar, interpretar textos ou pensar, mas está ficando cansativo, ver suas tagarelices.
          Sem fundamentação? Você é retardado? O Houaiss mostra que você é analfabeto funcional, e você vem falar em fundamentação? HAHAHAHAHAHAHA!
          Deve ser por isso que os crentes te amam.

          2 – Omissão é quando não se aplica algo que deveria ser aplicado, no alterar suprimindo é o próprio legitimado que retira. Se um juiz deixa de aplicar uma pena que não está mais prevista, ele não se omitiu. Para quem acredita na Bíblia TODA como a palavra de Deus, tem em acreditar apenas nas leis permitidas no Novo Testamento.
          Tolinho. Você pensa que o mundinho legal é a maior coisa que existe?
          Mesmo nesse mundinho de faz-de-conta, chamado direito, existem outros significados para “omissão”, mas isso não muda o fato que você falou uma grande besteira, dotôzinho.
          Se um professor muda um texto para ensinar é omissão… HAHAHAHAHA!

          Onde estiver um relativo a isso ou aquilo, é verdade relativa. Relativa á lógica humana, voce conclui isto ou aquilo. Não há certeza absoluta a partir de verdades relativas.
          Coitadinho do você, se tentar usar esse “argumento” para ganhar uma causa, gostaria de ver o juiz que engoliria esse monte de aneira.
          Você diz que é “relativa” a comparação de dois textos?
          Já vejo a cena: “Meretíssimo, esses dois contratos podem parecer diferentes, sob a lógica humana, mas eu garanto que para os aliens místicos são idênticos, portanto meu cliente é inocente”.
          Vá plantar batatas, menino, se você acha que isso é argumentar, volte para os crentes, que usam qualquer besteira, o site chama-se Ceticismo.net, não Religiosos.net.

          Nem por isso podemos concluir que seu dragão na garagem não existe.
          Patético. Foi jogado na sua cara que você está misturando o assunto, e se desviando, e ainda assim insiste no desvio.
          O Dragão na minha garagem existe, eu vi e ele fala comigo.

          “Deixe de falar bobagem.
          Se você tem alguma proposta de uma lógica “não humana”, formalize-a, ou cale-se, pois isso não é argumento.”

          O fato de se conhecer apenas uma lógica, não significa que outras não existem, mas significa que não se pode ter certeza de nada nesta vida. Só se conhecia este planeta antes, isso não quer dizer que só existia ele.
          Resumindo: você vai continuar falando bobagem.

          Acertou, prove que seu dragão na garagem não existe.
          Não, filhote que não entende textos, o Dragão na minha garagem EXISTE.

          A questão do Dragão da garagem, é arbitrariamente, te-lo como inexistente, o que é diferente de afirma que ele não existe.
          Se ele existe, cada um faz sua aposta no escuro

          Foi dentro da área, mas não foi penalti, entendeu? O ET marcou o gol com o dedo.

          1. @Joseph K,

            “Não. O que você disse foi uma besteira.
            A saber:
            Se quem muda é o autor de um livro qualquer (um de genética por exemplo) é alteração, se quem muda é o mero professor ao ensinar para alunos, é omissão.
            Viu? Besteira. Melhor deixar de tentar arrumar, só vai piorar.”

            Vamos ver o contexto em que voce retirou minha frase:

            “Hummm… vejamos: “Não matarás”.
            Vamos omitir o “Não” e teremos “Matarás”.
            Foi mudança ou omissão?
            A expressão “não tirar nem por” diz respeito à omissão ou alteração?”

            Luciano respondeu: “Se quem muda é o autor de um livro qualquer (um de genética por exemplo) é alteração, se quem muda é o mero professor ao ensinar para alunos, é omissão”

            Viu? Se chegou a ponto de ser preciso analisar frases minhas fora do contexto?

            Está para qualquer um ver o contexto em que foi posta esta minha frase que voce tanto repete, pois a mudança de que eu tratava, era a partir da mudança de que voce mencionou, que era em relação à diferença entre “Matarás” e “não matarás”.

            Voce apresentou uma regra: “Não matarás” e disse que se fosse retirado o “não” ficaria “matarás” e eu te disse que se quem retira o “não” é o legitimado, então é alteração e não omissão, mas se quem retira é o mero professor, neste caso, é omissão.

            “Se um professor muda um texto para ensinar é omissão… HAHAHAHAHA”

            Resposta anterior.

            “Coitadinho do você, se tentar usar esse “argumento” para ganhar uma causa, gostaria de ver o juiz que engoliria esse monte de aneira.”

            Lá no juizo analiza em relação às provas nos autos. Dois empregados em igual situação, um pode ganhar a sua causa e outro perder, justamente devido a isto, neste caso nem é verdade relativa e sim verdade formal.

            “Você diz que é “relativa” a comparação de dois textos?”

            Eu digo que um humano terá a visão humana, e não se pode garantir que a visão humana é a visão real e muito menos que um suposto real existe.

            “Já vejo a cena: “Meretíssimo, esses dois contratos podem parecer diferentes, sob a lógica humana, mas eu garanto que para os aliens místicos são idênticos, portanto meu cliente é inocente”.

            O juiz é um humano e ele dará a visão humana, se perguntar a ele se a visão humana é a real ou se o real existe, ele tem que responder: Estou neste lugar para realizar uma visão humana, só isso”

            “Vá plantar batatas, menino, se você acha que isso é argumentar, volte para os crentes, que usam qualquer besteira, o site chama-se Ceticismo.net, não Religiosos.net”

            Voces e os crentes tem ponto em comum:

            Os crentes não podem provar a tese deles e voces não podem provar a falsidade da tese deles (cuidado ao falar em inversão do ônus da prova comigo).

          2. Os crentes não podem provar a tese deles e voces não podem provar a falsidade da tese deles (cuidado ao falar em inversão do ônus da prova comigo).

            Vc pode provar que eu não tenho um dragão em minha garagem? A Tese deles se baseia que existe um deus e que só o deus deles é real. Se eles acham isso e não possuem uma prova, alegando milhares de milagres que nunca ocorreram, se baseiam em eventos que a história desmentiu, se apegando a crenças que são contraditórias e se apegam em eventos fantásticos que não ocorrem, fica mais do que provado que a tese deles é falsa, pois tudo que eles alegam como prova é desmentido. Se há ocorrências que poderiam provar a existência de tal deus, mas os próprios crentes não usam, então são ocorrências falsas. Assim, fica muito fácil de provar que a tese deles não possui validade alguma.

            Vá estudar Lógica, filhota. Aprenda a construir uma Tabela-Verdade e pare de escrever merda.

            Esta foi sua última postagem neste tópico. Agradeça aos Céus por eu não te banir de vez. Mas tal “graça” não vai durar muito tempo, independente do que vc achar ou deixar de achar.

            hasta la vista!

          3. @Luciano,
            Vamos ver o contexto em que voce retirou minha frase:
            OLÉ!
            Agora, sim, temos o verdadeiro espírito crental revelado: o do mentiroso!
            Você acha que postando frases fora do contexto os demais leitores se deixarão enganar?
            Tolinho. Está TUDO registrado, lá em cima, mas vou te fazer o FAVOR de jogar na sua cara sua MENTIRA:

            EU: “Hummm… vejamos: “Não matarás”.
            Vamos omitir o “Não” e teremos “Matarás”.
            Foi mudança ou omissão?
            A expressão “não tirar nem por” diz respeito à omissão ou alteração?”

            VOCÊ: Se quem muda é o autor de um livro qualquer (um de genética por exemplo) é alteração, SE QUEM MUDA É O MERO PROFESSOR ao ensinar para alunos, é OMISSÃO. (grifo meu)
            Agora você, que foi pego no pulo, fica tentando disfarçar que é um anarfa, vai fazer o quê? Se enroscar ainda mais? Patético.
            Faça-nos rir: é essa sua intenção, não é mesmo?

            Nada como mostrar o analfabeto funcional, que você é, e ainda me divertir.

            Viu? Se chegou a ponto de ser preciso analisar frases minhas fora do contexto?
            Viu como se contextualiza, dotôzinho?
            Quotando as frases por inteiro, como EU fiz, demonstrando que VOCÊ é um analfabeto funcional metido a besta, não é engraçado? Ou quer, de novo, as citações do Houaiss, só para acabar de humilhar?

            Lá no juizo analiza em relação às provas nos autos. Dois empregados em igual situação, um pode ganhar a sua causa e outro perder, justamente devido a isto, neste caso nem é verdade relativa e sim verdade formal.
            QUAQUAQUAQUAQUAQUAQUA!
            Ô dotôzinho, você nem disse a que se propôs, apenas ficou com rebuceteio, então não espere nenhum reconhecimento, entende isso?
            Qual a sua lógica alienígena? Formule, ou assuma que nem sabe do que fala.
            Hilário, mas me lembro que estudantes de direito costumavam ter aulas sobre lógica formal, imagino que você cabulou, não é mesmo?
            Defenda um ponto, ou assuma ser um aborrecente metido a besta, que nem sabe do que está falando (ou me divirta ainda mais, o que é melhor).

            No mais, é engraçado ver um sujeito que compara o deus cristão a bundas “perfeitas”, apelando para o extremo da analogia, agora fingindo que nem entende uma analogia básica como essa.
            Parabéns.

            Eu digo que um humano terá a visão humana, e não se pode garantir que a visão humana é a visão real e muito menos que um suposto real existe.
            Ah, é, a visão real e perfeita é a do mundo jurídico, não é mesmo?
            Aquele mesmo arcabouço que livra malufiiiiis da vida?
            E EU digo que você tem a visão de uma topeira; como você é relativista, você só pode concordar comigo, pois é uma parte do conjunto infinito de visões.
            Pergunta: você já disse a algum juis que o real pode não existir?

            “Já vejo a cena: “Meretíssimo, esses dois contratos podem parecer diferentes, sob a lógica humana, mas eu garanto que para os aliens místicos são idênticos, portanto meu cliente é inocente”.
            O juiz é um humano e ele dará a visão humana, se perguntar a ele se a visão humana é a real ou se o real existe, ele tem que responder: Estou neste lugar para realizar uma visão humana, só isso”
            Eu ATÉ aceitaria isso, não fosse o problema de ser uma ANALOGIA, coisa que você é incapaz de entender.
            Estude IRONIA e SARCASMO, pequeno gafanhoto e, talvez, um dia, eu me dê ao trabalho de explicar isso a você.
            PS: já ganhou algum caso com essa “argumentação” de faz-de-conta, ou é só masturbação mental?

            Voces e os crentes tem ponto em comum:
            Talvez eu tenha muitas coisas em comum com os crentes: eu respiro, como e cago; mas algumas outas pequenas coisas me diferenciam deles E de VOCÊ, tais como honestidade intelecutal.

            Os crentes não podem provar a tese deles e voces não podem provar a falsidade da tese deles (cuidado ao falar em inversão do ônus da prova comigo).
            HAHAHAHAHAHAHAHAH!
            Inversão do ônus da prova em quê, menino?
            Você não provou que o Dragão em minha garagem não existe.
            HAHAHAHAHAHAHHAHA! Entende SARCASMO, ou vai vir com outra frase ridícula? Se precisar eu te explico a frase.

            Vamos, eu sei que você pode fazer melhor que isso, então não faça feio, frente a seus amigos crentes, que virão aqui, para ver o que você fez.

  15. “É o que o outro leitor, Thiago, postou como resposta a você, anteriormente:
    Isaías 40:8 – Seca-se a erva, e caem as flores, mas a palavra de nosso Deus subsiste ETERNAMENTE.”

    Uma palavra mudada, não deixa de ser palavra.
    Sua eixegese é ótima!
    Se você está tentando simular o comportamento da imbecilidade crental, está de parabéns, está fazendo um ótimo trabalho!

    Vamos mudar de “não matarás” para “matarás”, tenho certeza que a palavra subsistirá eternamente.

    Onde a expressão “subsiste eternamente” admite interpretações como:

    Isaías 40:8 – Seca-se a erva, e caem as flores, mas a palavra de nosso Deus subsiste ETERNAMENTE.
    art 1º – o surgimento de um messias revoga a disposição sobre imutabilidade;
    I – o atributo da perfeição pode ser refeito desde que satisfeita a condição “sanha”;
    II – para ser considerado messias, basta conseguir seguidores;
    III – caso haja mais de um messias, considerar eleito o mais votado;
    IV – fica eleito o foro religioso supersticoso, para solucionar os casos omissos;
    art 2º – revogam-se as disposições em contrário;
    art 3º – esta lei do sinhô entra em vigo na data do juízo final ou a “Bel prazer” dos seguidores.

    Mas não se avexe, os próprios religiosos não entram em acordo, sobre o assunto, então Google neles, e boa diversão!

    1. @Joseph K,

      “Sua eixegese é ótima!”

      Obrigado, precisando é só falar.

      “Vamos mudar de “não matarás” para “matarás”, tenho certeza que a palavra subsistirá eternamente.”

      Subsiste, porém mudada. Ex a vida pode subsistir eternamente, mas nem por isso sem mudar a forma em que ela se expressa.

      Onde a expressão “subsiste eternamente” admite interpretações como:
      Isaías 40:8 – Seca-se a erva, e caem as flores, mas a palavra de nosso Deus subsiste ETERNAMENTE.”
      “art 1º – o surgimento de um messias revoga a disposição sobre imutabilidade;”

      Se Deus tem poder infinito, tem poder INFINITO! Se ele não conseguisse se retratar, não seria poder infinito, seria finito em relação à impossibilidade de retratação..

      “I – o atributo da perfeição pode ser refeito desde que satisfeita a condição “sanha”;
      II – para ser considerado messias, basta conseguir seguidores;
      III – caso haja mais de um messias, considerar eleito o mais votado;
      IV – fica eleito o foro religioso supersticoso, para solucionar os casos omissos;
      art 2º – revogam-se as disposições em contrário;
      art 3º – esta lei do sinhô entra em vigo na data do juízo final ou a “Bel prazer” dos seguidores.

      Mas não se avexe, os próprios religiosos não entram em acordo, sobre o assunto, então Google neles, e boa diversão!”

      Voce entendeu errado, eles podem estar certos por simples aposta, não é voto, é coincidência.

      1. @Luciano,
        Blá-blá-blá.
        Delírios de grandeza.
        Blá-blá-blá.
        Analfabetismo funcional.
        Blá-blá-blá.
        Zero em lógica.
        Blá-blá-blá.

        Veja, você começou bem, estava engraçado ver sua trollzice mas, convenhamos, desperdiçar tanto espaço, como você fez, sem entender os argumentos que lhe foram dados e, muito menos apresentar um argumento que não fosse “oh, mas pode existir uma lógica do outro mundo, e vocês céticos têm que aceitar isso, embora vá contra todo o Ceticismo”, já deixa o entretenimento para se tornar enfadonho.

        Reconheço que sua tentativa de ser engraçadinho até que começou bem, mas se é para se comportar como um troll, então espere ser tratado de acordo, você não foi o primeiro, nem o mais original, nem o mais divertido: apenas mais um dotôzinho.
        Por exemplo:

        Voce entendeu errado, eles podem estar certos por simples aposta, não é voto, é coincidência.
        Tamanha tosquice em interpretação de textos merece um quadro, melhor que isso apenas a ironia de “Você entendeu errado”. HAHAHAHAHA.
        Volte para os braços do Sabino, é mais adequado ao seu “intelecto”.

        Recomendo a você que se ocupe em dialogar com os seus amigos crentes, é mais do seu tipo, e pare de poluir os outros sites.

        Ah! Já ia me esquecendo! Você gostaria de ver alguém te chingando, não é mesmo? Alguma tara sua, eu pressuponho.

        Vá pela sombra.

        1. @Joseph K,

          Onde está a prova de que se algo é relativo à visão humana é que é o correto real?

          Filosofia não é só aquela de ficar interpretando textos sobre “A menina em minha rua” não tá.

          1. @Luciano,
            Filhota, você é uma pérola, mas mesmo assim vou ter a bondade de responder a seu “comentário”.
            Sua “filosofia” da bunda perfeita em sua rua já demonstrou que há “outro tipo de lógica”?
            Não?
            Então você está se comportando como um boçal.

            Sua filosofia já refutou que onipotência E onisciência são incompatíveis?
            Não?
            Então cale a boca, troll.

            Eu tenho que demonstrar que sua lógica imaginária não existe? E você tem a coragem de falar em inversão do ônus da prova?
            PROVE que sua “outra” lógica existe, ou assuma que só está falando merda.
            Não é divertido, dotôzinho?
            Se você quer brincar com a “gente grande”, estude primeiro.

            Divirta-me.

        2. @Joseph K,

          “PROVE que sua “outra” lógica existe, ou assuma que só está falando merda.
          Não é divertido, dotôzinho?”

          Não está provado que outra lógica existe e também não esta provado que não existe. Quando não se tinham provas de que existiam todos os elementos naturais da tabela periódica que se sabe hoje, não significa que não existiam antes de serem descobertos.

          Ou seja, para o caso de Deus e suas qualidades, se faz uma conclusão, LEVANDO-SE EM CONTA (aqui está a relatividade) de que a lógica humana é absolutamente eficiente.

          “Se você quer brincar com a “gente grande”, estude primeiro.”

          Conversar com pessoas sem conhecimento mínimo de filosofia, na área sa verdade relativa,verdade formal… é muito difícil p mim, mas eu tento.

          1. Quando não se tinham provas de que existiam todos os elementos naturais da tabela periódica que se sabe hoje, não significa que não existiam antes de serem descobertos.

            Mas Mendeleyev PREVIU muitos elementos pela análise das propriedades dos elementos da mesma família (ou grupo). Pode me dar alguma análise que preveja a existência do deus judaico-cristão?

            Conversar com pessoas sem conhecimento mínimo de filosofia, na área sa verdade relativa,verdade formal… é muito difícil p mim, mas eu tento.

            Filosofia não é nem pseudociência, é lixo puro. Verdade não é relativa, ela é o que é. Senão, me diga que o computador na sua frente pode ser uma abóbora mediante observação de suas “verdades relativas”.

  16. Joseph K:

    “OLÉ!
    Agora, sim, temos o verdadeiro espírito crental revelado: o do mentiroso!
    Você acha que postando frases fora do contexto os demais leitores se deixarão enganar?
    Tolinho. Está TUDO registrado, lá em cima, mas vou te fazer o FAVOR de jogar na sua cara sua MENTIRA:”

    Vamos ver então:

    EU: “Hummm… vejamos: “Não matarás”.
    Vamos omitir o “Não” e teremos “Matarás”.
    Foi mudança ou omissão?
    A expressão “não tirar nem por” diz respeito à omissão ou alteração?”
    VOCÊ: Se quem muda é o autor de um livro qualquer (um de genética por exemplo) é alteração, SE QUEM MUDA É O MERO PROFESSOR ao ensinar para alunos, é OMISSÃO. (grifo meu)
    Agora você, que foi pego no pulo, fica tentando disfarçar que é um anarfa, vai fazer o quê? Se enroscar ainda mais? Patético.”

    Vamos ver, voce me perguntou se retirar o “NÃO” do “NÃO MATARÁS” seria
    mudança ou omissão e eu disse se quem retira é o professor é omissão, pois devia constar o “NÃO” nos ensinamentos para os alunos, mas se quem muda é o legitimado para tal, é alteração. Vou explicar melhor, pois nem todo mundo tem facilidade de aprender:

    1 – Se produz uma omissão com uma mudança, se um texto é mudado por alguém não legitimado, retirando-lhe palavras ele está modificando.

    2 – E se produz uma mudança com uma omissão também por uma pessoa sem legitimidade para tal.

    2 – voce está confundindo função de INSTRUMENTALIDADE com função de FINALIDADE.

    Explicação: “Alguém pediu para falar”

    o verbo “pedir” é instrumental para o verbo “falar” (finalidade)

    O LEGITIMADO retirou (instrumentalidade) o “NÂO” do texto, PARA MUDAR a norma (FINALIDADE).

    raciocina aí

    1. Na boa, cansei das tergiversações desse artigo. Cansei de suas escapadas e falácias do tipo Olha o avião.

      Declaro o tópico fechado e o usuário expulso por não ter respeitado minha proibição de postagem.

      E não adianta vir me xingar no Fale Conosco.

Os comentários estão encerrados.