Cobra com uma pata é encontrada na China

H1N1 muda o comportamento das pessoas pelo mundo afora
Máquina molecular mostra como não existe complexidade irredutível

Olá, senhoras e senhores, essa é a semana da nojeira. Primeiro, vimos o parasita miserárver comedor de língua, o qual me dá calafrios só de lembrar da foto (Vejam! Vejam!). O Ariel Wollinger, como é um homem puro e temente a Deus 😉 , resolveu compartilhar o seu excelente gosto para notícias com a gente, trazendo a história da chinesa que encontrou com uma cobra. Não, não é nenhuma espécie de filme pornô. Acontece que a referida cobra tinha uma… perna! Corram para ver a notícia.

Tudo começou quando uma senhora de 66 anos, chamada Dean Qiongxiu (não, não sei como se pronuncia isso, mas seria engraçado ver o Lula tentar), estava dormindo em sua caminha – provavelmente tendo sonhos eróticos com Mao Tsé Tung – quando ouviu sons esquisitos de arranhões. Como boa vovó comunista, ela não teve medo e levantou-se pra ver oque era, até que deu de cara com… Isso:

A vovó do Jet Li não perdoou, disse KYAAAAYYYYYYYYYYYYY, e tascou-lhe uma sapatada, mandando a cobra pernuda pros céus amigos de Buda. Ela só não deu aqueles pulos voadores e nem precisou de adagas. A coroa é Kung Fu. Depois, ela botou essa coisinha “linda” de cerca de 40 cm dentro de um pote com álcool e chamou os especialistas da área 51 da Universidade Normal de Ciências da Vida na China Oriental, em Nachang (se você perguntar em qual país fica, eu farei seu computador explodir).

Segundo o Telegraph, o herpentólogo Long Shuai disse: “É verdadeiramente chocante, mas nós não sabemos a causa até que tenhamos realizado uma autópsia.”

A mutação mais comum entre as cobras é o crescimento de uma segunda cabeça, que ocorre de forma semelhante à formação de gêmeos siameses em seres humanos. Esses animais são frequentemente capturados e preservados como símbolos de sorte, mas têm muito pouca chance de sobreviver na selva de qualquer forma, especialmente porque os chefes têm uma tendência a atacar uns aos outros.

Vamos por partes. Você encontra uma serpente com UMA pata. O que você pensaria?

1) Evolução Lamarckiana – A cobra tinha necessidade de se coçar. Assim, por adaptação, ela desenvolveu aquela patinha canhota. E se você quer mais um motivo para se estarrecer, “esquerda” em italiano é “sinistra”. O Duce está voltando, porca miséria!

2) Teoria Sintética da Evolução – Alguma mutação doida fez a X-Snake (não confunda com alguma iguaria vendida em barraquinhas chinesas) desenvolver aquela pata. Vovó Kung Fu deu um fim na cobra e, segundo minha visão, ela não teve tempo de se acasalar (estou me referindo à cobra) e muito menos gerar descendentes. Ela não estava apta a sair correndo da sapatada da Vovó Kung Fu e fim, já era. Darwin dá, Darwin tira!

3) Ciência Televisiva – O Dr. Gori resolveu deixar o Japão de lado e resolveu usar a lixarada da China. Satã Gos usou seus poderes para transformar a cobra (em terra de aleijado, quem tem uma perna é perneta) num ser incontrolável. A Vovó assistiu muito o Jáspion e usou a Espadium Laser (latim japonês é de doer).

4) Ciência Sabiniana – Por causa do pecado de Eva & Adão, as cobras foram condenadas a se rastejarem, mas Javé é meio esquecido e aquela cobra conseguiu tapeá-lo. Sou capaz de apostar que aquela cobra até falava!

5) Ciência Vejiana – De acordo com a Esquerda do Brasil, as incoerências apresentadas na CPI derivou que um fluxo sarneyano rompesse os faseadores temporais, abrindo uma brecha dimensional no momento exato que a Operação Flecha Quebrada fazia seus experimentos, gerando uma nova espécie de castores com uma perna só e que se arrastam pela casa de senhoras adormecidas.

6) Ciência Quevediana – Eso non eckiziste. É CHARLATANISMO!

7) Ciência G1ana – Vamos kibar a notícia dos outros, sem postar links, claro!

Na próxima notícia, traremos até vocês casos lindos onde burros falam, morcegos são aves, coelhos ruminam e insetos possuem apenas 4 patas. Para finalizar, uma dúvida: É impressão minha ou a cobra tá fazendo sinal de “Aqui pra vocês!” ?

H1N1 muda o comportamento das pessoas pelo mundo afora
Máquina molecular mostra como não existe complexidade irredutível

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!