Os Trilobitas Gigantes de Portugal

Atenção, Sr. Sulu. Preparar phasers. Armar torpedos fotônicos. Direção do alvo zero-cinco-oito marco 7; distância: alguns milhares de quilômetros. FIRE!!

Para absoluto terror de criaBURRIcionistas lusitanos, ó pá, vejam só o que temos na terra de Camões: Trilobitas! Obviamente, eles pereceram porque não estavam na Arca, certo? Não, na verdade, não. Os queridos bichinhos, que não eram nada pequenos, foram encontrados na região de Arouca, Portugal. Terra de belas paisagens, mas que infelizmente também produz idiotas de Bíblia na mão.

Fósseis de 465 milhões de anos recentemente descobertos em Portugal (mais precisamente em junho de 2008) revelaram um tamanho bem grande que os trilobitas alcançaram. Caso você não siba, trilobitas (latim tri = três + lobus = lobo) eram artrópodes marinhos que viveram em todos os oceanos do planeta, entre 600 e 250 milhões de anos. Um pouquinho velho, né? Mais velho que simples seis mil anos…

Os trilobitas apresentavam o corpo dividido em três partes: céfalo, tórax e pigídio. As duas últimas eram constituídas de somitos trilobados, motivo da denominação do grupo.

O pesquisador Gutierrez-Marco e colegas descrevem o maior trilobita jamais achado, o qual teria alcançado o fabuloso tamanho (para um trilobita, claro) de 90 centímetros. Isso demarca a evidência do gigantismo polar na área de Gondwana, próximo ao Pólo Sul, durante o período Ordoviciano (há 495 a 443 milhões de anos). Gondwana era a massa de terra formada pelo que seria hoje o hemisfério sul, incluindo a Antártida, América do Sul, África, Madagascar, Nova Guiné e Nova Zelândia, assim como a Arábia e o subcontinente indiano.

Os trilobitas lusitanos também revelaram um comportamento social muito diversificado, incluindo escondendo-se dos predadores e agregações sexuais. Isto poderia ter desempenhado um papel importante no sucesso indiscutível deste grupo através da Era Paleozóica. A descoberta inicial do sítio e seus fósseis são uma das principais atrações do recentemente criado Geoparque de Arouca, ao norte de Portugal. Vai lá visitá-los, Sabino. E não esqueça de ficar berrando lá que aquilo é obrado demônio, que cientistas estão escondendo a verdade e que Jesus está chegando. Eles vão gostar tanto de você que até lhe darão uma camisa de manga comprida de presente.

É incrivelmente delicioso encontrarmos TODOS OS DIAS notícias que comprovam o que a Ciência sabe há séculos. Mitos são muito divertidos, mas sem evidências, jamais passarão disso: de mito. Ao passo que a cada dia, a Ciência mostra suas evidências incontestáveis. Só não vê, que fica com a cara em livros da Idade do Ferro.


Fonte: Science Daily. Quem desejar a publicação completa, poderá requisitar diretamente ao Geological Society od America, periódico indexado, no seguinte e-mail: gsaservice@geosociety.org

15 comentários em “Os Trilobitas Gigantes de Portugal

  1. Como geólogo me fascina e me admira ver trilobitas deste tamanho, realmente fantástico. Obrigado pela noticia André.

  2. Muito interessante!! Acho que nem tudo na Bíblia deve ser levado ao pé da letra (é o que faz muitos deixarem de crer nela).
    Achei muito interessante a política de comentários de vocês.
    “Somos defensores da liberdade de expressão e crença, resguardada reputação alheia. Por favor, respeite a expressão e crenças (ou não-crenças) alheias. Em suma: respeite para ser respeitado. Quer externar sua opinião da maneira que você quer? Faça um blog também! Não fazemos ataques pessoais, portanto, não nos ataque se não quiser resposta à altura.”
    Seria ótimo se a política de comentários também fosse aplicada aos seus artigos. Quem lê a Bíblia não é nenhum idiota, como foi proposto neste artigo.
    A descrença pode ser tão cega quanto a credulidade. Faz as pessoas cometerem falhas de raciocínio.
    O fato de terem existido trilobitas não ataca de nenhuma forma nenhum conceito criacionista.
    Os trilobitas eram animais marinhos, respiravam oxigenio a partir da água. Quer tenha havido um Dilúvio quer não, isso não iria fazer diferença para a trilobita, pois o duliúvio seria feito de água. Se houve algum Noé, o tal não iria ter porque salvar nenhum animal aquático … da própria água.

    1. Seria ótimo se a política de comentários também fosse aplicada aos seus artigos. Quem lê a Bíblia não é nenhum idiota, como foi proposto neste artigo.

      Mas não é dito isso no artigo. Eu, por exemplo, li e leio a Bíblia e não sou idiota. Idiota é quem acredita que tudo aquilo é inteiramente verdade. Ademais, nós criamos nosso próprio blog, seguindo nosso próprio conselho. : mrgreen:

      A descrença pode ser tão cega quanto a credulidade. Faz as pessoas cometerem falhas de raciocínio.

      Incapacidade de interpretação de texto também.

      O fato de terem existido trilobitas não ataca de nenhuma forma nenhum conceito criacionista.

      Cof Cof Cof.

      Os trilobitas eram animais marinhos, respiravam oxigenio a partir da água. Quer tenha havido um Dilúvio quer não, isso não iria fazer diferença para a trilobita, pois o duliúvio seria feito de água.

      https://ceticismo.net/religiao/o-diluvio-desmascarado/

      Se houve algum Noé, o tal não iria ter porque salvar nenhum animal aquático … da própria água.

      irando o fato que a inundação alterou a salinidade e pH da água, é claro. Sem falar que os trilobitas existiam muito antes dos seres humanos sequer terem aparecido, apesar da Bíblia dizer que não é bem assim.

    2. @Caveira Furiosa,
      Muito interessante!! Acho que nem tudo na Bíblia deve ser levado ao pé da letra (é o que faz muitos deixarem de crer nela).
      Esse é o truque, não é mesmo?
      Começa com “tudo aqui é verdade e a palavra de deus”, para, algum tempo depois, vir com algo como “menos essa parte aqui, ó, isso é metáfora”. Depois, se as coisas piorarem, sempre dá pra dizer “não, não, isso não é pra ser entendido assim, como era antes, agora isso é só para ilustrar a idéia, ISSO aqui, ó (virando a página), é que é literal”.
      Fico curioso, para saber o que vai sobrar, no fim disso.

      O fato de terem existido trilobitas não ataca de nenhuma forma nenhum conceito criacionista.
      Hummm… qual a idade da Terra? Se for cria da Terra jovem, já era; se não for, ainda fica o fato que o bichinho, em questão, é mais uma evidência, da Evolução.
      O que sobra é aqueles tipinhos que tentam misturar Evolução com criação, umas quimeras teológicas, que tentam sobreviver.
      Então… sim, o bicho em questão, é mais uma prova contra o criacionismo.

      Os trilobitas eram animais marinhos, respiravam oxigenio a partir da água. Quer tenha havido um Dilúvio quer não, isso não iria fazer diferença para a trilobita, pois o duliúvio seria feito de água.
      Por acaso o dilúvio foi de água salgada em algumas partes, e doce em outras? Uma grande colher sagrada misturou e testou o sabor (hehe, ph e salinidade) do grande balde d’água que caiu?
      Por falar em balde, o local para discutir o dilúvio é outro, como você agora sabe, além do que é totalmente irrelevante, na presente discussão.

      Se houve algum Noé, o tal não iria ter porque salvar nenhum animal aquático … da própria água.
      Mas não houve, isso simplifica as coisas, não?
      Mas… se houvesse, eu gostaria de saber onde ele guardou TODAS as espécies de formiga, na arca… deve ter dado um trabalho (LOADHIGH IRONIA.SYS 1024 1).
      Fora isso, ainda fica o fato que a estória do dilúvio é mais um exemplo do amor do deus cristão, que afogaria o mundo todo, por estar de ôvo virado.

  3. Concordo, o fato de terem existido trilobitas não ataca de nenhuma forma nenhum conceito criacionista. Esse negócio de “terra jovem” não unanimidade entre os estudiosos bíblicos, sendo alguns grupos que crêem nisso somando as idades dos patriarcas. Um método um tanto incerto, creio eu. O fato é que pra muita gente, qualquer sementinha vira sequóia, e uma coisinha de nada vira “prova da evolução”,o que a meu ver, também é totalmente furado. O que consta realmente é que existem muitas lacunas a ser preenchidas sobre isso de “macroevolução”. Ninguém comenta sobre as mil coisas que invalidam totalmente a teoria do BigBang e que botam a evolução na corda bamba.

    Vejo gente aqui falando que lê a Bíblia e que sabe interpretar textos. Na minha opinião, duvido. E muito. Duvido pra valer mesmo. Mesmo que tenha lido, no máximo, leu só pra procurar coisas e apontar erros.Toda “contradição” ou “erro” na Bíblia não passa de erros de interpretação de garotinhos sedentos para atacar o livro. Interpretação aprendemos na primeira série, é melhor rever isso antes de sairmos dando de filósofos e cientistas-sabichões por aí. Todo mundo ia ficar ofendidinho e querer retrucar se alguém falasse “evoluBURROcionistas”.

    Isso, pra mim, não passa de luta entre religiões. Ora, BigBang nunca foi provado, e a ‘teoria da evolução’ ainda encontra críticas dentro do ramo científico. Quando algo NÃO É provado, e mesmo assim a pessoa acredita, o que é isso? Fé. Apenas fé. Evolucionistas dependem da fé pra acreditar que “o universo apareceu aí” e tudo mais. Existem evidências? Apesar de haver muitas fraudes e “evidências-que-na-verdade-não-são-mas-querem-fazer-parecer-que-sim”, grande coisa, também existem evidências estrondosas a favor de Deus que as pessoas preferem esconder ou distorcer pra dar uma de cientistinha-de-internet. Fé contra fé, torna-se uma disputa de crenças. Entre duas crenças, prefiro acreditar na que faz mais sentido, do que na que “quer fazer sentido apoiando-se na ciência, mas não consegue”.

    1. Serotis,

      1) Evolucao nao é religiao
      2) Big Bang esta mais que provado, ha muitos anos. Informe-se melhor.
      3) Evolucao nao precisa de fé. Ela se prova por si mesmo, com milhoes de evidencias e provas.
      4) Nao ha evidencias da existencia de um ser chamado “deus”. Sao estrondosamente ausentes.
      5) Nao é fe contra fé. É a religiao contra a razao, porque ela destroi os mitos e crencas, atraves da busca pela verdade e desvendar como o mundo e o universo funcionam.
      6) Ha mais de 5000 contradicoes na Biblia. Nao é so “garotinho sedento para atacar o livro”. Sao milhoes de pessoas pelo mundo que estudam esse livro, que ja indicaram essas contradicoes, erros, falhas, incertezas, etc.
      7) Os crentes interpretam esse livro à sua propria maneira, e com isso, tendo milhoes de interpretacoes diferentes que nao concordam entre si. Logo, nao pode ser levado a serio.
      8) Os religiosos adoram dar uma de sabichoes, dando palpite sobre o que nao sabem, atacam aquilo que nao entendem, e fazem pose que sao melhores que os especialistas que trabalham no ramo. Mas na hora de confrontar os conhecimentos deles com os profissionais, pedem penico e saem correndo. Ou sofrem uma derrota humilhante, e desaparecem de cena. Ou esperam que esquecam a derrota e depois voltarem a repetir as mesmas bobagens de sempre. Sao os chamados criacionistas, por exemplo.
      9) Nunca conheci um so crente que conseguisse interpretar corretamente uma simples frase. Como esperar que entendam o livro magico deles, que possui mais de mil paginas ?
      10) Vc nao citou UMA so coisa que invalidasse o Big Bang e a Evolucao. Que tal citar todas as MIL de que vc fala ? rs
      11) Vc reclama dos cientistas, mas é incapaz de reconhecer o valor da ciencia em sua vida. Vc deve a sua vida aos cientistas. Se vc nao gostou, vá para a Idade Media e tenha uma boa “vida” de apenas 30 anos, com muita miseria, doencas, dor, repressao, escravidao no trabalho, abusos, terror, supersticoes, etc… ! Tenho certeza de que vc pediria para voltar ao ano de 2009 na hora e nunca mais se atreveria a reclamar da ciencia.

      So para concluir. A mera existencia de trilobitas derruba completamente o criacionismo. Afinal, o criacionismo é uma piada, onde os palhacos como o Adauto Lourenco divertem o picadeiro lotado de crentes, no qual pagam com cerebros na entrada.

    2. Concordo, o fato de terem existido trilobitas não ataca de nenhuma forma nenhum conceito criacionista.

      É mesmo? Então foi Adão quem deu nome aos trilobityas? Eles existiam na época de Noé?

      Esse negócio de “terra jovem” não unanimidade entre os estudiosos bíblicos, sendo alguns grupos que crêem nisso somando as idades dos patriarcas. Um método um tanto incerto, creio eu.

      Por que a Terra Jovem é menos criacionismo do que outros? Está no mesmo juízo: Deus criou o mundo. Se eles estão errados numa coisa, por que não podem estar errados em outras coisas?

      O fato é que pra muita gente, qualquer sementinha vira sequóia, e uma coisinha de nada vira “prova da evolução”,o que a meu ver, também é totalmente furado.

      Como vc bem disse: seu modo de ver, apenas.

      O que consta realmente é que existem muitas lacunas a ser preenchidas sobre isso de “macroevolução”. Ninguém comenta sobre as mil coisas que invalidam totalmente a teoria do BigBang e que botam a evolução na corda bamba.

      Estou louco para ouvi-las. A propósito, o que é macroevolução pra você, hein?

      Vejo gente aqui falando que lê a Bíblia e que sabe interpretar textos. Na minha opinião, duvido.

      Sua opinião, apenas.

      E muito. Duvido pra valer mesmo.

      Crente só é cético quando interessa. :mrgreen:

      Mesmo que tenha lido, no máximo, leu só pra procurar coisas e apontar erros.

      #mimimimi

      Toda “contradição” ou “erro” na Bíblia não passa de erros de interpretação de garotinhos sedentos para atacar o livro.

      Deixe-me ver… então morcegos são aves, coelhos ruminam e insetos possuem 4 patas? existem dragões e unicórnios? Quantas pessoas foram ao túmulo de Jesus mesmo? Ei, que horas foi a crucificação? O que foi dito no julgamento? Vc, como deve saber mais do que eu, terá as respostas para isso, certo?

      Interpretação aprendemos na primeira série, é melhor rever isso antes de sairmos dando de filósofos e cientistas-sabichões por aí. Todo mundo ia ficar ofendidinho e querer retrucar se alguém falasse “evoluBURROcionistas”.

      eu não fico. Principalmente se alguém aí colocar UMA SÓ COISA que invalide a Evolução.

      Isso, pra mim, não passa de luta entre religiões. Ora, BigBang nunca foi provado

      Duas coisinhas: radiação cóismica de fundo e desvio para o vermelho. Queira explicá-los mediante o CriaBURRIcionismo, sim? E quero as fórmulas matemáticas e pesquisas publicadas em periódicos científicos com revisão de pares, por gentileza.

      e a ‘teoria da evolução’ ainda encontra críticas dentro do ramo científico.

      Que bom! Gosto quando há cr[íticas. Elas ajudam aos cietistas buscarem mais evidências. E não é que a todo momento elas são encontradas? :mrgreen:

      Quando algo NÃO É provado, e mesmo assim a pessoa acredita, o que é isso? Fé. Apenas fé.

      Ainda bem que a Evolução está mais que provada. Ei, vc está querendo dizer que o criaBURRIcionismo não passa de fé e não é, nuncna foi e nem será científico? mas é justamente o que falamos aqui. Diz a verdade, vc é cético evolucionista, né?

      Evolucionistas dependem da fé pra acreditar que “o universo apareceu aí” e tudo mais.

      Não, ANIMAL (no sentio biológico, claro). Evolução trata do surgimento das espécies, tolinho.

      Existem evidências?

      Não conta pra ninguém, mas existem lugares chamados “Museus”. Mas, shhhhhhhhh, é segredo. Vá sorrateiramente em um e vc verá.

      Apesar de haver muitas fraudes e “evidências-que-na-verdade-não-são-mas-querem-fazer-parecer-que-sim”, grande coisa, também existem evidências estrondosas a favor de Deus que as pessoas preferem esconder ou distorcer pra dar uma de cientistinha-de-internet.

      Obviamente, vc vai enumerar cada uma das provas da existêncioa de deus, né? Mas, olha, terá que ser do seu deus e não um deus genérico. Sabe como é, né? Segundo a Bíblia, o livro que fala de monstros marinhos e eventos que nunca existiram, Javé é ciumento e não gosta de concorrência.

      Fé contra fé, torna-se uma disputa de crenças. Entre duas crenças, prefiro acreditar na que faz mais sentido, do que na que “quer fazer sentido apoiando-se na ciência, mas não consegue”.

      Meu vizinho acredita que tem um chip implantado por aliens e que de noite tem visão infra-vermelho. Para lee, isso faz mais sentido.

    3. @Serotis,
      Concordo, o fato de terem existido trilobitas não ataca de nenhuma forma nenhum conceito criacionista.
      Hum? Concorda com quem?
      “Hummm… qual a idade da Terra? Se for cria da Terra jovem, já era; se não for, ainda fica o fato que o bichinho, em questão, é mais uma evidência, da Evolução.
      O que sobra é aqueles tipinhos que tentam misturar Evolução com criação, umas quimeras teológicas, que tentam obreviver.
      Então… sim, o bicho em questão, é mais uma prova contra o criacionismo.”

      Escolha uma lado, e apresente um argumento para o que está dizendo.

      Esse negócio de “terra jovem” não unanimidade entre os estudiosos bíblicos,
      Pequeno gafanhoto, você acabou de dizer que “não ataca nunhum conceito criacionista”, então agora está se contradizendo, percebe? Não importa se a “Terra jovem” não é unanimidade, é mais um time criacionista.

      O fato é que pra muita gente, qualquer sementinha vira sequóia, e uma coisinha de nada vira “prova da evolução”,o que a meu ver, também é totalmente furado.
      O fato é que, para muita gente, as estrelas foram “criadas” depois da Terra, daí essa tara em dizer que a Teoria do Big Bang é falha, tsc, tsc.

      O que consta realmente é que existem muitas lacunas a ser preenchidas sobre isso de “macroevolução”.
      Duas coisas aqui: a) defina “macroevolução” e b) vá a um museu e veja as “lacunas”.
      “Lacunas” existem por serem espaços entre duas provas, entendeu? Ou você é daqueles que dizem que, a cada nova prova há duas novas lacunas?

      Ninguém comenta sobre as mil coisas que invalidam totalmente a teoria do BigBang e que botam a evolução na corda bamba.
      Me desculpe, mas você é muito tosco, por misturar Evolução com Big Bang, uma coisa não tem nada a ver com a outra (não que eu esperasse que os crentes entendessem isso).
      Para ser legal, com você, dou a chance de você expor as “mil coisas que invalidam totalmente a Teoria do Big Bang”, tenho certeza que vai ser muito engraçado, anime meu feriado.

      Vejo gente aqui falando que lê a Bíblia e que sabe interpretar textos.
      Nesse ponto eu te ajudo: eu não tive estômago, para ler todo aquele lixo, sem ficar vomitando a toda hora; mas sei sim, interpretar textos, ao contrário de você, que não entendeu que a Teoria do Big Bang não tem nada a ver, com a Teoria da Evolução, isso é mania de criaBURRIcionista, que não aceita que a Terra não veio a existir, antes das estrelas.
      De qualquer maneira, não é preciso ser teólogo ou decorar o livro mágico, para ver como é tudo besteira.
      Duvida? clique aqui e confira.

      Na minha opinião, duvido. E muito. Duvido pra valer mesmo.
      E daí? Na minha opinião, duvido, e muito, para valer, mesmo, que você tenha algum conhecimento de ciências e, ao contrário de religião, que não necessita de grandes conhecimentos teológicos, para criticar, para criticar ciência, você precisa saber do que está falando.

    4. @Serotis,
      Mesmo que tenha lido, no máximo, leu só pra procurar coisas e apontar erros.
      Que existem, não é mesmo? Então seu livro mágico é uma coletânea de contos que não combinam entre si, triste, não é?

      Toda “contradição” ou “erro” na Bíblia não passa de erros de interpretação de garotinhos sedentos para atacar o livro.
      E como se interpreta as DUAS genealogias PATERNAS de jesuis, sendo que, para muitos cristãos, maria era VIRGEM? Qual o trecho da biblia que mostra que existe uma trindade? De qual manuscrito é originária a estória do “atire a primeira pedra”? Como termina o evangelho de marcos?

      Interpretação aprendemos na primeira série, é melhor rever isso antes de sairmos dando de filósofos e cientistas-sabichões por aí.
      O mesmo tipo de cientista-sabichão que não entende o que é a Teoria do Big Bang, nem a Teoria da Evolução, e fica dizendo asneiras, sobre elas?

      Todo mundo ia ficar ofendidinho e querer retrucar se alguém falasse “evoluBURROcionistas”.
      Se provarem que estão certos, para tanto, até agradeço a eles, mas enquanto não o fizerem, os criaBURRIcionistas são apenas ignorantes que se apóiam em uma fé, sem evidência alguma, que prove que estão certos.

      Isso, pra mim, não passa de luta entre religiões.
      O que demonstra que a) você não entendeu que ciência é baseada em fatos, não fé ou b) tenta, desonestamente, equiparar as duas.

      Ora, BigBang nunca foi provado, e a ‘teoria da evolução’ ainda encontra críticas dentro do ramo científico.
      Para ser legal com você, evidências do Big Bang aqui e aqui, quanto à discussão acerca das particularidades da Teoria da Evolução, para sua informação isso é bom, por testar as idéias correntes e trazer novos ares (mas quais cientistas dizem que a Evolução não existe? Sim, isso é uma pegadinha.); agora, já que o assunto é “provas”… cadê as provas do criacionismo? Alguma?

  4. Como certos animais sobreviveram ao mudança de ph na água no dilúvio ?

    Problemas para entender como havia espaço físico na arca do tio noé para todas as espécies da Terra?

    Tudo isso tem explicação:

    @André

    Depois de ouvir uma discussão absurda entre dois crentes sobre a validade ou não do antigo testamento (WTF?) e separar o que quase se tornou uma briga, eles me usaram como “juiz” me fazendo uma série de indagações, mostrando uma série de passagens ambíguas da bíblia para que pudesse tomar uma posição.

    Ao ficar um pouco sem reação pela idiotice da situação, os questionei sobre a importância de tal discussão boba sobre um livro de mais de 2 milênios, cujo os manuscritos originais eles nunca viram e mesmo que vissem não poderiam interpreta-los, pois obviamente não sabem hebraico ou outro língua morta qualquer em que eles devem estar escritos, e, se, não tinham medo de que aquelas passagens tão ambíguas que estavam se apoiando para sustentar suas teses na verdade fossem traduções erradas. Após um tenebroso olhar de ódio, ambos se uniram e trataram de dizer que há “ciência” na tradução dos manuscritos sagrados, e que centenas de tradutores comparam sua traduções advindas dos manuscritos originais, rotineiramente, para corrigir eventual erro, e que, inacreditavelmente, a maioria destes “tradutores” concorda com o atual modelo de bíblia.

    Então André, você tem conhecimento de algum manuscrito original, pois creio que, logicamente, se existe estes devem estar muito fragmentados e provavelmente ilegíveis pela ação do tempo.

    1. Vamos por partes.

      1) Não temos os manuscritos originais. Só cópias de cópias. Modernos linguistas, entretanto, discutem que é bem provável que os textos no idioma original estão bem preservados (não totalmente, claro). O problema está nas traduções. por exemplo, o mar vermelho, no original, é Yum Suf, o mar de juncos, ou de caniços. isto até vem na Bíblia de Jerusalém.

      2) A Bíblia não foi escrita por uma pessoa. Ninguém sabe QUEM escreveu. São inúmeros textos. Gênesis cap. 1 é diferente de Gênesis cap. 2. São duas histórias diferentes. O problema nas contradições é que os autores da Bíblia não se conheciam e os textos foram aparecendo um aqui, outro ali, para depois terem sido reunidos.

      Para entender a formação da Bíblia, do ponto de vista sociológico, recomendo “Bíblia, uma Biografia”, da Karen Armstrong, recheado de fontes de consulta.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s