França se rende à Ciência e corta reembolso de remédios homeopáticos

O Brasil é um país tosco que vive na Era Pré-Científica. Aqui rezadeiras ganham comendas, índios mágicos são contratados para controlar o tempo, universidades têm departamentos paranormais e Homeopatia é especialidade médica reconhecida. A França, assim como vários países de verdade, vai num caminho contrário do Brasil, por motivo intrínseco óbvio. A nova resolução do Ministério da Saúde é, de forma resumida, Homeopatia é o cacete, e eles não vão mais financiar ninguém vendendo água com açúcar em pílulas.

Mas você vai querer saber mais, né?

Continuar lendo “França se rende à Ciência e corta reembolso de remédios homeopáticos”

Sci-Hub enfrenta os terríveis Ivans das editoras científicas

Eu já tinha escrito dois artigos (links no final) sobre a necessidade de acabar com o paywall das pesquisas científicas. Cobra-se um absurdo para ler um artigo, sendo que nadinha é revertido pro pesquisador. É apenas usura das editoras, e cientistas precisam ter seus trabalhos revisados e ter acesso a trabalhos revisados de outrem. Muitos lutaram contra isso, como Aaron Swartz, que derramou zilhões de artigos científicos para a posteridade, fazendo muitos ficarem MUITO irritados. Sua seguidora, a drª Alexandra Elbakyan, meteu o pé na porta e criou o Sci-Hub, uma espécie de fonte underground de periódicos. Você quer? Basta jogar o link que o Sci-Hub te libera o acesso. Isso deu pega-pra-capar e todo mundo saiu caçando o Sci-Hub, que vive trocando de domínio.

Agora, o Sci-Hub tem outro inimigo: a Rússia.

Continuar lendo “Sci-Hub enfrenta os terríveis Ivans das editoras científicas”

Finalmente saiu um periódico mostrando que Homeopatia funciona. O problema é que foram testar

Finalmente a Homeopatia conseguiu: um artigo publicado num periódico com revisão de pares! Alguns pesquisadores alegaram ter provado a eficácia da água com açúcar homeopatia por meio de um tratamento homeopático pode aliviar a dor em ratos (pois é. Aquele efeitinho placebo gostoso que já conhecemos). Os homeopatonautas tiveram chilique dizendo “OLHA LÁ! OLHA LÁ! SABÍAMOS QUE FUNCIONAVA”. Só que o que tanto queriam será o maior problema dos homeopatildos: a revisão de outros cientistas.

Continuar lendo “Finalmente saiu um periódico mostrando que Homeopatia funciona. O problema é que foram testar”

Jesus era o jardineiro e agora é mecânico

A fé remove montanhas, embora mísseis e vulcões sejam mais eficientes. Aquele que pedir será atendido, na Glória do Deus-Pai. Sendo assim, Kenneth Copeland, um televangelista pediu com fervor. Ele orou para Cristo Jesus. Ele suplicou a assistência de Jeová, o Senhor dos Exércitos, pois mil iria cair ao lado dele, mas ele não seria atingido, pois Ele é o que é. Sim, Copeland pediu. Pediu para acabar com a fome no mundo, digo, para que não houvessem mais guerras, não, espere, ele pediu para que todas as pessoas enfermas fossem curadas. Não, aguenta aí. Ele pediu… para Deus tirar a ferrugem do avião dele…

E FOI ATENDIDO!

Continuar lendo “Jesus era o jardineiro e agora é mecânico”

Canudinho de Refrigerante do Mal está destruindo o planeta, segundo políticos cariocas

No universo das pequenas coisas, você precisa fazer um estardalhaço com algo que não tenha efeito nenhum, de forma a fingir que trabalha e mostra serviço. Nada é mudado mas você tira onda que está fazendo muito por todos, quando efetivamente não está fazendo nada para ninguém. É com base nisso que se baseia esta proibição imbecil dos canudos de plástico no Rio de Janeiro. Motivo? “Ain, o meio-ambiente lindinho não pode ser emporcalhado por causa desses malditos canudos”. Que nem a foto ao lado mostrando a imensa quantidade de canudinhos de refrigerante.

Mas, Oh!, nós sabemos muito bem o verdadeiro motivo por trás disso.

Continuar lendo “Canudinho de Refrigerante do Mal está destruindo o planeta, segundo políticos cariocas”

Pelotas descobriu a cura do câncer e nem precisou de 3 punhais, bastou falsificar exames

Imagine que você, mulher nova, bonita e carinhosa, tenha plena consciência que saúde é uma coisa séria. Daí resolve se tratar mas planos de saúde estão absurdamente caros. Poxa, um exame de Papanicolau na rede pública de saúde seria o ideal, né? Basicamente, o médico passa uma espátula ou uma escovinha onde tudo começa e tudo se resolve, coleta amostras e manda para um laboratório para fazer os testes necessários e verificar a saúde uterina. O que poderia dar errado? Num país de verdade, nada, mas estamos no Brasil, e se você for de Pelotas, RS, melhor ir num particular. Ou não. Saúde pública lá é tão foda, que os casos de câncer no útero caíram para zero. AMEM, JESUS, É UM MILAGRE!

Não, é que eles simplesmente só faziam 1/100 dos exames que eram para fazer, pegando por amostragem unidunitê.

Lutando contra o câncer da estupidez governamental, esta é a sua SEXTA INSANA! Continuar lendo “Pelotas descobriu a cura do câncer e nem precisou de 3 punhais, bastou falsificar exames”

Por que rir de anti-vaxxer é tão perigoso e como as vacinas funcionam

Com os altos índices de febre amarela e o número absurdo de mortes (uma já é algo inaceitável em pleno século XXI!), volta à cena dois tipos de imbecis: anti-vaxxers e gente que acha anti-vaxxers engraçados. Isso vem de uma compreensão errônea dos dois lados, posto que são duas classes de imbecis que sucumbiram à Teoria da Ferradura ao não saber como vacinas funcionam.

É muito tentador, reconheço, rir de idiotas que não querem se vacinar e se exporem ao risco de morrer de uma doença infecto-contagiosa. A frase “Darwin cuida” bem vem à garganta, mas quando você para 2 segundos para pensar, tendo ciência de como vacinas funcionam, o único comentário é “putz!”. Mas por que eu estou falando isso?

Continuar lendo “Por que rir de anti-vaxxer é tão perigoso e como as vacinas funcionam”

As falcatruas de um Banco nada santo e uma santa rica sem santidade

Madre Teresa de Calcutá foi uma das figuras mais abomináveis do catolicismo do século XX, pertencendo a uma religião cheia de figuras abomináveis. Sobre ela, eu já falei de como era uma maníaca psicopata que obrigava todo mundo a viver na penúria, enquanto era amiguinha de ditadoras e passeava por todo canto de primeira classe, ficando nos melhores hotéis e vendendo a ideia que era pobrezinha. Não era. Segundo uma pesquisa apurada, ficou-se sabendo o que todo mundo sabia, só não tinha certeza: tia Teresa tinha uma bela soma de dinheiro guardadinha no Banco do Vaticano. Tão bela que se tivesse sacado tudo o Banco do Vaticano teria se ferrado lindamente.

Mas o mais abominável ainda é a história do próprio Banco do Vaticano.

Continuar lendo “As falcatruas de um Banco nada santo e uma santa rica sem santidade”

YouTube aprontando das suas e atacando canais grandes agora

Em agosto eu escrevi sobre como o YouTube anda sacaneando os produtores de conteúdo com pequena produção e baixo número de assinantes. Eu tomei na cabeça e perdi a monetização, fora os inúmeros flags sem sentido. Descrevi como youtubeiros como o PewDiePie foram afetados, mas estes botaram quente junto ao Tubo e ele mudou as regras. Eu não cheguei a escrever uma coisa que imaginei, mas esqueci de comentar: o YouTube ia acabar escalando isso para os donos de canais de médios a grandes, mas sem chegar (ainda) aos enormes canais. Bem, estou vendo agora.

Continuar lendo “YouTube aprontando das suas e atacando canais grandes agora”

Para surpresa de ninguém, nada foi resolvido no desastre do rio Doce

Em 5 de novembro de 2015, uma catástrofe aconteceu. O rompimento da barragem de Fundão, no subdistrito de Bento Rodrigues, a 35 km do município de Mariana causou o que é considerado o pior desastre industrial dos últimos anos, com que causou o maior impacto ambiental do Brasil, com toneladas de lama tóxica abalando geral. Cobraram do Sebastião Salgado e ele veio com aquele migué de mudinhas mágicas.

O que poderíamos esperar que tenha se resolvido até agora?

Continuar lendo “Para surpresa de ninguém, nada foi resolvido no desastre do rio Doce”