Para surpresa de ninguém, Irã continua sendo Irã

Há a velha máxima “de onde menos se espera é que não sai nada, mesmo”. Teve umas almas puras (e extremamente idiotas) que acreditaram que o Irã estava melhorando, já que aboliu a sua polícia da moralidade. Até pode ser, mas não da forma como imaginavam. Acabaram só com o nome, mas as práticas continuam as mesmas. Podemos ver bem isso ao sabermos que não muito na surdina (ok, foi escancarado, pois o Irã tá pouco se fodendo), o Irã passou o cerol no segundo manifestante na última segunda-feira.

Pelo menos, teve um julgamento. Rápido. E eficiente na hora da condenação.

Majidreza Rahnavard tinha de 23 anos e não era muito esperto, pelo visto. Eu que não moro lá sei como a banda toca, mas, pelo visto, ele não. Foi se meter no meio dos protestos e acabou sendo preso em novembro, acusado de esfaquear mortalmente dois membros das forças de segurança de Basij, que em última análise é como as milícias daqui do Brasil, mas com sanção governamental. Em outras palavras, o Basij tem status paramilitar, pero no mucho “para”, se me entendem.

Rahnavard foi condenado (e já executado) à morte por enforcamento público pelo crime de “moharebeh”. Em farsi significa “travar guerra contra Deus”, uma bobagem genérica que se usa para limar geral opositores dando viés religioso e, claro, os camelinhos de Allah balançam a cabeça concordando, mas, lá no íntimo, pensam “antes ele do que eu”, porque sabem que se mijar fora do penico, vão dar um alô para Mohammed.

O enforcamento lá é de uma maneira bem.. islâmica no sentido de direitos humanos: nenhum. O cara é levado num guindaste grande pra cacete e é enforcado lá para servir como peça decorativa e recadinho na base “Aí, ó. Cê é o próximo, irmãozinho!”.

De minha parte, eu me solidarizo com a família, mas só tenho a dizer o que eu disse no título: Irã sendo Irã. Para surpresa de ninguém.


Fonte: CNBC

Um comentário em “Para surpresa de ninguém, Irã continua sendo Irã

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s