Ozônio é nova modinha. Darwin se lambe todo

A falta de assunto na semana levou os jornais a se lembrarem dos tratamentos esquisitos, como a ozonoterapia, por exemplo. A ozonoterapia é uma terapia que emprega gás ozônio, uma variedade alotrópica do oxigênio, apresentando três átomos do referido elemento em sua molécula, ou seja, sua fórmula é O3.

O problema do ozônio é que ele é um gás muito oxidante e corrosivo, e estas propriedades eram empregadas para tratar problemas na pele, só que virou festa e querem usar para tudo, inclusive enfiar no ânus com brados retumbantes, imagino.

Não só no ânus, mas um monte de clínicas estão fazendo aplicações de ozônio pela vagina e por via intravenosa. São promessas de curar câncer, no combater infecções virais, endometriose, hérnia, doenças circulatórias e depressão. Agora, adivinhe: exatamente! Nada disso tem comprovação científica, mas quem se importa com estes detalhes?

Do ponto de vista da ANVISA, só pode ser usado ozônio para uso estético e odontológico, como no tratamento de cáries. Nada desse festival de clínicas usando para servir de tudo, até para uso em gastrenterologia. O CFM, como sempre, faz que não tá nem aí. Diz que não pode, mas pode se for de graça para “pesquisas” (você já viu este filme antes). O Conselho Federal de Enfermagem acha que tá de boas e os enfermeiros podem mandar ver.

Quanto a mim, se vagabundo quer pagar quase 500 reais por sessão desta porcaria achando que tá ótimo, mesmo com avisos que não há comprovação clínica, eu não tô nem aí. Este pessoal não vai lotar fila de SUS, mesmo. Então, de minha parte, pega o ozônio e enfia na bunda, mas na atual circunstância, nem precisa.


Fonte: Folha

7 comentários em “Ozônio é nova modinha. Darwin se lambe todo

  1. Antigamente eu me preocupava com os idiotas e repudiava os pilantras, até entender que eles são uma maneira de estudar algo que seria antiético de fazer em uma pesquisa.
    Recrutar voluntários pra ver o que acontece quando injeta ozônio via intravenosa é o tipo de coisa que aqueles cientistas perversos da URSS/Alemanha fariam.
    Hoje o otário vai na clínica, paga quinhentão, depois vai pra UPA/IML e pode ser estudado. Win-win pra Medicina! 👍

  2. Tchê, lembra que eu comentei com você uma vez no Twitter que consertei uma dessas máquinas de ‘ozonioterapia’, e a máquina era só uma ventoinha, um circuito oscilador, uma bobina de ignição de Gol 1000 e um faiscador?
    Não tinha nenhuma forma de controle da proporção de ozônio no ar que ela mandava pro paciente. E, para quem não sabe, ozônio é filhadaputamente tóxico para coisas vivas.
    Ozônio is the new MMS…

  3. Para um CFM que admite homeopatia como prática médica, isso é fichinha. O que eu não entendo é o porque de não ter nem um médico fazendo sangria com sanguessugas ainda.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s