A tia do Zap não é o problema

Hoje, DE NOVO, estavam enchendo o saco na base de “ain, porque no colégio XYZ estão medindo temperatura no pulso ao invés da testa”. Isso como se fizesse alguma diferença. Eu sei, eu sei, vocês virão com este lenga-lenga DE NOVO de fake news de tia do Zap. Ahan, Então, expliquem uma coisa aqui pra mim: e jornal tem editoria de esoterismo por que, mesmo?

O jornal O Dia é aquele jornal que faz o seu papel na Imprensa de informar… não, péra. Eu não consigo falar isso sério. Ele faz o seu papel na imprensa sim, mas é pra vender jornal.

Ou você acha que veículo de informação existe para informar?

Enquanto os divulgadores científicos ficam na sua Torre de Marfim falando do absurdo das fake news do zap que faz as pessoas acreditarem em mentiras, aqo invés de se ater nas informações que vem por jornal, os jornais fazem o melhor que sabem fazer:

Vocês verão jornalista denunciar isso? Não, é mais fácil culpar a “tia do zap”, aquele ser místico que tem culpa por tudo que é errado. Mas ninguém quer brincar com a religião alheia, né? Por que os jornais ganham muito mais com astrologia do que com o seu Antenor que está na porta do supermercado medindo a sua temperatura de forma tosca, que mesmo que você esteja com febre vai entrar assim mesmo, porque mercado não vai querer perder venda.

Jornais vão apontar isso? Nõ. Vão continuar com as pseudociências do dia-a-dia e os jornaleiros fingindo que está tudo bem nas redações, criticando os outros, sem olhar a própria bunda

Autocrítica deveria ser uma norma, mas só um idiota acreditaria que farão isso.

2 comentários em “A tia do Zap não é o problema

  1. Não que faça muita diferença o lugar da medição. 80% desses termômetros devem ter sido feitos às pressas numa fábrica meia-boca de um dono que quis surfar a onda de vender a *sensação de segurança* (não que eu o culpe). A primeira coisa que acontece quando a produção explode numa indústria pouco regulada é que o controle de qualidade vai pro caralho, e imagino que um termômetro mequetrefe importado de sabe-se lá onde e comprado num pacotão de 200 por 50 dólares não deve ser lá muito regulado.
    Se eu tivesse o saco necessário eu sairia comprando e testando eles, mas cuidar do meu girassol parece mais interessante no momento.

Deixe uma resposta para kemiestro Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s