67% da população é burra e trata câncer com besteiras alternativas

A população é burra em sua maioria. 92% é incapaz de se comunicar corretamente, fazendo do Brasil uma nação de analfabetos funcionais. Ainda assim, todo mundo é especialista em algo que viu num vídeo no YouTube e é capaz de provar por A + B que aquilo é verdade. 67% da população realmente acredita nos tratamentos milagrosos das chamadas “medicinas alternativas” e quando você tenta argumentar que nada daquilo funciona, lhe acusam de ser assassino e rogam pragas para que você tenha câncer e sofra bastante.

O ódio da população pela ciência leva este agrupamento de gente ignorante a buscar coisas que mais lhe farão mal do que bem. Isso porque cientistas são arrogantes. Humilde é quem diz que a ciência está errada e ELE é que descobriu a cura do (coloque aqui a sua doença foda favorita).

Não importa o quanto você mostre que fosfoetanolamina é pesquisada desde a década de 1950 e a única coisa que se descobriu sobre ela é que talvez, quem sabe, um dia, se não chover, ela poderá ser usada para ajudar no tratamento do câncer. Aí um aposentado sem ter o que fazer, monta um laboratório clandestino nos porões da USP, mais imundo que laboratório de traficante, usando material lindamente desviado, para distribuir pílulas sem nenhuma comprovação científica, mas como um médico tosco ficou de chororô no Congresso e gastaram uma grana preta para pular pros testes clínicos, ignorando várias etapas. E isso para… ficar demonstrado que não teve eficácia nenhuma.

Ah, claro que vocês virão “mas os depoimentos”. Sim, temos depoimentos de gente que viu anjos, demônios, vampiros, Nossa Senhora, OVNIs, Saci Pererê e até mesmo políticos honestos. Depoimento de cu é rola, só que ninguém voltou lá para saber se o pessoal se curou mesmo, não é? E isso considerando os que tomaram a pilulinha mágica mas continuou o tratamento de verdade. Assim é fácil.

É gente que larga médicos para ir tomar passe em centro espírita, tomam chazinho de Vó, consultam cartomantes, pais-de-santo, numewrólogos etc. Mas médico mesmo não sabe de nada. Médico quer tirar dinheiro, máfia de branco, inclusive os que atendem de graça pelo SUS.

A pesquisa realizada deveria servir de pré-seleção e triagem nos postos de saúde e hospitais. Como? Acreita em bobajada pseudocientífica? Ok, fica aí no fim da fila. Deixe quem realmente quer se tratar passar na freten. mastigue esta raiz e seja feliz.

Brasil: uma terra de ignorantes e iletrados.


Fonte: G1

5 comentários em “67% da população é burra e trata câncer com besteiras alternativas

  1. Pior que isso vem de tempos d’antanho André.
    Estou com 49, e me lembro de pequenininho as “Tias Benzedeiras” falando:
    “Besteira “fio” os médico não sabe de nada.”
    Odiar ciência é uma tradição brasileira.

  2. Em 2007, meu avô desenvolveu alguma doença. Minha vó levou ele em trocentos espíritas e coisas do tipo. Um tempo depois de perceberem que nada funcionava, levaram ao hospital.
    Em 3 meses ele faleceu de câncer de pulmão, o qual tinha alguma chance de cura (segundo os médicos) se tivessem levado direto ao hospital.

  3. Eu já sabia que a população é bem trouxa, mas depois de eu ver que pessoas usam um tal de ozônio via retal pra “tentar curar” câncer, eu jamais pensaria que o termo “brasileiro gosta de tomar no toba” faria tanto sentido!!!…

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s