O dançante sistema de navegação das abelhas

Abelhas são um perfeito exemplo do que uma sociedade organizada e bem controlada devia ser. Tá, é um regime escravagista, ditatorial e o macho sempre se ferra. É… bem, vamos deixar esse negócio de boa sociedade pra lá.

O comportamento das abelhas é amplamente estudado e uma das principais características delas é conseguirem se localizar para extrair néctar. Antes achava-se que era a sua visão, mas não é só isso.

O dr. Mandyam Srinivasan, apesar de parecer o irmão mais magro do Jorge Aragão, é professor do Departamento de Neurociência Visual e Sensorial do Instituto do Cérebro da Universidade de Queensland, Austrália. A missão que lhe foi dada, e ele quis aceitar, é  entender como o comportamento mais bem estruturado é fundamental à sobrevivência de qualquer espécie. Assim, ele e sua equipe foram estudar abelhas.

Uma das principais questões é: como as abelhas fazem para se localizar? E, melhor!, como transmitir essa informação para as "amiguinhas"? Sim, porque não basta uma abelha encontrar um paraíso de flores, prontas para lhes serem colhidas o néctar. É preciso passar a informação adiante.

Elas usam o Sol como um ponto de referência em navegação e comunicação; elas têm a capacidade de ver luz polarizada, um que limita a iluminação, pois filtra a luz que se propaga de forma difusa. À medida que vão voando, elas vão ajustando seu microssistema de navegação, mediante o movimento do Sol no céu (sim, eu sei!), mas não basta só isso. Elas ainda informam as companheiras. Como usar rádio, mandar mensagem no Twitter ou postar atualização no Facebook está fora de cogitação, as sinalizam através de movimentos de voo que mais parecem danças, mas é uma forma precisa de se comunicar, dando a direção e sentido para onde as outras devem se dirigir. A pesquisa foi publicada no periódico  Philosophical Transactions of the Royal Society B.

A pesquisa conclui que, mesmo quando o Sol não está brilhando, as abelhas podem dizer umas às outras onde encontrar comida, bastando ver o traçado de suas "danças" no céu. As primeiras que conseguiram se comunicar e terem uma resposta a esse tipo de comunicação tiveram maior êxito em chegar até a comida. Com o tempo, abelhas melíferas que tinham essa capacidade estavam dominantes, mas, claro, isso só existiria se evolução é fato. Um designer inteligente teria ensinado as abelhas a falarem e dado um sistema de rádio-difusão para cada uma.

Um comentário em “O dançante sistema de navegação das abelhas

  1. André , acho que se enganou. As danças não são feitas voando. Essa danças são conhecidas a bastante tempo e existem vídeos mostrando o padrão delas na entrada da colmeia. Esse estudo foca mais a complementação das referências pelo uso da polarização. Em dias claros o sol é a principal referência. As indicações de movimentos horizontais ou verticais que o artigo citado menciona deve ser pela feita por dançar nas paredes horizontais ou verticais da entrada.

Deixe uma resposta para maurelio Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s