A sincera aurora sueca

Eu gosto de duas coisas: auroras boreais e austrais e vídeos feitos com técnica de time lapse. Enquanto nosso planeta luta contra emanações de alta energia enviadas pelo Sol, doido para fritar a todos nós, o campo magnético da Terra deflete estas partículas, criando o efeito majestoso das auroras. Em 2 de outubro, o Sol estava meio emputecido e mandou ver uma grande explosão de massa coronal. Ela veio mais rápida que meu irmão quando sabe que eu recebi o salário. O resultado? Isso aqui:

Göran Strand é um astrofotógrafo. Ele fotografa as maravilhas do Espaço, mediante o céu noturno. Eu só tenho a invejá-lo, mas só um pouquinho, já que ele compartilha seus trabalhos com todos. O video acima foi feito com uma série de fotografias em Östersund, lá pelas bandas da Suécia, que não tem só mulher bonita. A uma latitude de cerca de 63° norte, Östersund acba sempre sendo palco deste espetáculo da Natureza.

O que antes teria varrido pessoas — talvez até deixado muitos lugares já inóspitos, mais difícil ainda de sustentar vida –, agora é um espet´[aculo de luzes brilhantes que nos envolve, nos emociona, nos faz sentir (como Neil deGrasse Tyson disse) grandes, pois os mesmos átomos, as mesmas forças que foram capazes de criar aquilo são átomos de elementos e partículas de uma outra estrela que explodiu, espanhando seu material estelar pelo espaço, até que ele tenha se agrupado mediante as leis da Química e da Física e se tornou… nós. Aquelas auroras são eu e você. Seu irmão, o padeiro, o presidente de republiquetas vagabundas, imperadores sábios, do bravo guerreiro ao humilde artesão.

Aquelas auroras são como primas distantes que vêm nos visitar às vezes e dizer que não estamos sozinhhos aqui, nesse Universo. Somos parte do Universo e este vasto universo faz parte de nós. Somos uma coisa só, só faltando tocar o "Sexteto para Cloud Atlas". Talvez esta seja a única reencarnação que realmente exista. A fotyo de abertura não é na Suécia, mas abaixo você pode ver uma foto de Görand Strand. E não. Não é Photoshop (talvez, só um pouquinho).

3 comentários em “A sincera aurora sueca

  1. Estar no local para registrar tal evento deve ser algo como abrir milhões de portas longe daqui pelo espaço a fora:.( Fica a dica, e me perdoe pelo atrevimento de sugerir algo, poderiam fazer uma viagem até lá permitindo um sorteio para mais 7 usuários com cadastro no site Ceticismo.net, com patrocínio Roma é logo ali, o que dirá Suécia.)

    JÁ que o escritor mencionou ”photoshop”, quero saber se a hipótese do planeta terra ser oco e habitável, poderá ser um dia uma teoria?

    1. @Knight, ótima sua idéia de sortear uma viagem! Só acho que não deveria ser pra suécia, e sim para a Antártida, só de ida!

      …quero saber se a hipótese do planeta terra ser oco e habitável, poderá ser um dia uma teoria?

      Que eu saiba, os Silurianos e os Vril habitam o subsolo terrestre. Se você enterrar a cabeça no chão por alguns minutos poderá escutá-los conversando!

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s