Alvo: Lua. Meteorito 7 na caçapa do canto

A Lua não é feita de queijo e é mais esburacada que rua de subúrbio. Todos os anos, a Lua é bombardeada por trocentos asteróides (sim, trocentos. Não encha o saco), fazendo-a ter aquele aspecto. A Natureza é uma mãe psicopata que está disposta a nos mandar pra vala de qualquer jeito; haja vista o que aconteceu em 17 de março, quando um pedregulhão cósmico se chocou com Jaci com um impacto que não acontecia há cerca de 8 anos.

Mas a Natureza é perfeitinha.

Nos últimos oito anos, os astrônomos da NASA vêm monitorando a Lua para detectar sinais de explosões causadas por meteoritos que atingem sua superfície. Como eles não estavam com tempo de pensar sobre as vicissitudes das condições de vida lunáticas (para de escrever merda, André!), os pesquisadores do Meteoroid Environment Office e do Lunar Reconnaissance Orbiter analisaram imagens do que traduziram como "uma porrada daquelas". Obviamente, este termo não foi usado, já que eles não são pobre professores entediados num dia de domingo .

O pedregulho que atingiu a Lua tinha cerca de meio metro de comprimento, mas meio metro de qualquer coisa, com cerca de 40 kg de massa e viajando a uma velocidade de 25 km/s (sim, quilômetros por segundo!) acumula energia cinética suficiente para estragar o dia de qualquer um ou coisa. O impacto deu pra ser visualizado até por um telescópio meio vagaba (apesar de alegarem que a olho nu seria visível, o que eu duvido muito). Abaixo, um vídeo explicado pela própria NASA do que aconteceu. (Sim, inglês. Sorry!)

A energia do impacto equivaleu a uma explosão de 5 toneladas de TNT. O tipo de coisa que nenhum de nós gostaria de estar próximo. No final, uma grande quantidade de energia dispendida, uma nova cratera e muitos dados para serem estudados a respeito de um Universo que está tão preocupado em nossa segurança que acerta qualquer coisa que estiver na sua frente. Você tem todo o direito de pensar que alguma força cósmica nos deu uma atmosfera de presente que ajuda a desviar essas bolas assassinas ou mesmo enfraquecem o impacto. Mas as poças dágua também acham que essa mesma força cósmica criou um buraco no chão para que elas pudessem se acomodar.


Fonte: Astrônomo Mau.

2 comentários em “Alvo: Lua. Meteorito 7 na caçapa do canto

  1. Agora pense no drama daquelas famílias que, um dia, sairam do sertão brasileiro e viajaram para a Lua, por conta da Bolsa Colonização Espacial. Chegando lá foram insentivadas a construirem suas choupanas aos pés de uma montanha ou no alto dela, como queiram e, depois de todo o esforço, uma pedra perdida dessas caiu sobre a cabeça de todo mundo fazendo voar gente pra todo lado, De quem foi a culpa? Do governo que não avisou ninguém? Do “Dizaini Inteligenti” que não sabia o que estava fazendo e não aprendeu nada sobre a Teoria Especial da Relatividade? Ou dos Iluminatis que querem reduzir a populaçáo da Lua?
    Acho que é por isso que não colonizaram a Lua ainda,

  2. Sem querer ser chato mas só uma correçãozinha para melhorar o entendimento geral:
    “Você tem todo o direito [de pensar que] alguma força cósmica nos deu uma atmosfera de presente”

    As vezes eu também me pego comendo algumas palavras no meio do texto.. hehehe
    falando nisso, mais um ótimo texto, parabéns! Eu fico abismado com as pessoas e seu egocentrismo galopante. Tudo gira em torno de seus umbigos gravitantes…

    É revoltante, pois, fazendo isso as pessoas aceitam e se satisfazem com a resposta mais simples para os grandes mistérios (cada vez menos misteriosos) do universo…
    Para os que ainda não sabem qual é, segue abaixo um resumo da esclarecedora resposta fundamental no link a seguir :
    http://goo.gl/o0FE4

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s