Médicos suíços confirmam ‘terceiro braço fantasma’ em paciente

Qualquer pessoa que conhece alguém que perdeu algum membro já ouviu a história que os acidentados ainda “sentem” os dedos, sentem coceira etc nos membros que não estão mais lá. Isso se deve ao fato das terminações nervosas darem informações ao cérebro e este tenta idiotamente interpretar tais informações. Mais uma prova sobre a “inteligência” do projeto, onde pessoas sentem dores em partes do corpo que não estão mais lá.

Mas e quato a pessoas que sentem possuir membros, mesmo tendo os outros normais. Uma espécie de “estepe” para um braço? Fio o que médicos suíços indentificaram numa paciente que sofreu um derrame a existência de um terceiro “braço fantasma”. Vocês acharam bizarro? Não sei porque, afinal isso é desíginio de “alguém”. Ou não…

A referida paciente de 64 anos havia perdido as funções de seu braço esquerdo após o acidente vascular cerebral (o chamado AVC). Mas poucos dias depois, ela desenvolveu um “terceiro membro”, que ela dizia enxergar e usar para tocar objetos e até coçar o braço direito.

Usando exames de ressonância magnética, especialistas do Hospital Universitário de Genebra confirmaram que o cérebro da mulher emitia comandos ao “braço fantasma” e reconhecia suas ações. A paciente diz que seu novo membro fica à sua esquerda e tem uma cor de leite, “quase transparente”, evidenciando que a parte do cérebro atingida ainda proporciona distorções visuais, pois junta diversas informações e, na falta de uma (informação visual), o cérebro preenche a lacuna por sua própria conta.

Segundo o neurologista Asaid Khateb, chefe da equipe que analisou as imagens cerebrais, trata-se de um caso extremamente raro em que o paciente não somente sente o membro imaginário, como também o enxerga e o movimenta voluntariamente. O médico disse ainda que esta é a primeira vez que se mede a atividade cerebral a partir do contato com um membro fantasma.

As descobertas da equipe foram divulgadas na revista especializada Annals of Neurology.

O fenômeno do membro fantasma está normalmente associado com pessoas que sofreram amputação. Segundo cientistas, entre 50% e 80% delas descrevem sensações de tato e dor na parte retirada, mas distorção visual em que a pessoa “vê” um braço extra é a primeira vez.

O cérebro humano é muito estranho e pra lá de bugado…


Fonte: BBC Brasil

3 comentários em “Médicos suíços confirmam ‘terceiro braço fantasma’ em paciente

  1. não acho isso tão surpreendente, não sou entendida do assunto, mas o acidente vascular desta senhora, pode ter sem querer acionado uma área do cérebro sem ligação com coordenação motora/visual que o sobrecarregou de informações neurais, causando estas “laucinações”, ou interferiu, no tráfego normal das informações, “embolando o meio de campo”, com isso forçando o c´rebro a enxergar o que não existe, causando esse distúrbio todo.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s