Alemanha faz 1º transplante duplo de braços

Mais um milagre da ciência! Enquanto tolos choram e se descabelam clamando por ações de um deus que nunca dá as caras, pessoas que realmente estão interessadas em ajudar ao próximo fazem a diferença, metendo a mão na massa.

Um belo exemplo disso foi feito por médicos da cidade de Munique, no sul da Alemanha, que apresentaram os resultados do primeiro transplante duplo de braços completos realizado com sucesso. O paciente, cujo nome não foi divulgado, foi um agricultor de 54 anos que perdeu os membros superiores há seis anos em um acidente com uma máquina agrícola. Ele recebeu outros dois de um rapaz de 19 anos com diagnóstico de morte cerebral em conseqüência de um acidente de carro.

Aqui entram padres, pastores, pais-de-santo dizendo Ohhhhh, Deus é tão bom! Só que se não fossem pelos médicos, o cara ainda estava sem os braços e ouvindo “Deus sabe o que faz meu filho”.

Bem, não podemos esperar até que um dia desses apareça um deus bonzinho que queira ajudar as pessoas. Para isso, cientistas estudam e desenvolvem técnicas para auxiliar a humanidade. Quanto aos padres e muçulmanos? Bem, eles estão ocupados expulsando homossexuais de suas próprias igrejas à base de agressões ou procurando o nome de Alá numa bisteca. Cada um dá o que tem de melhor.

“A operação correu muito bem. Infelizmente não posso comparecer à entrevista coletiva, mas estou à disposição da imprensa em uma ocasião posterior”, declarou o paciente, em uma gravação que os médicos executaram para os jornalistas durante a entrevista que sucedeu a cirurgia.

O cirurgião plástico Edgar Biemer, que chefiou a operação, disse que a técnica foi preparada durante cinco anos. Mas só na sexta-feira passada foi encontrado um doador adequado.

Durante o transplante, receptor e doador ficaram em duas salas contíguas. Em um recinto, dois grupos de cirurgiões se encarregaram de retirar ambos os braços do doador enquanto, na outra sala, outros dois times trabalharam cada qual em um lado do tronco do receptor, preparando as regiões na altura das axilas para o transplante.

Um quinto grupo retirou veias de outras partes do corpo para ser implantadas nos braços e melhorar a circulação sanguínea dos membros. Todo o processo durou mais de 15 horas: começou na noite da sexta-feira (25/7) e durou até o dia seguinte.

A cirurgia foi realizada pela equipe do hospital da Universidade Técnica de Munique, Klinikum rechts der Isar, que incluiu quase 40 pessoas, entre cirurgiões, anestesistas e enfermeiros. O paciente passa bem, mas deve ficar internado ainda por cinco semanas.

“Nesse tempo, ele já fará importantes exercícios de fisioterapia para que seus braços se mobilizem e possam ser sentidos”, disse Biemer.

O médico avalia que serão necessários cerca de dois anos para as células nervosas dos membros superiores se desenvolverem o suficiente para que o paciente tenha condição de sentir os dedos das mãos. “Ele não vai conseguir tocar piano, mas vai poder viver muito melhor do que com as próteses que usava”, comparou o cirurgião.

Segundo os especialistas, o risco de rejeição para transplantes de membros externos é maior que o de órgãos internos. Enquanto nas mãos quase não há medula óssea, os braços superiores têm grande quantidades de medula, composta de células que podem provocar reação de rejeição.

“As possíveis reações são mais fortes do que em quaisquer outros transplantes de órgãos, porque a pele é a grande barreira imunológica do corpo”, afirmou o cirurgião plástico Edgar Biemer. Em um transplante incluindo o braço inteiro estão presentes 20% da parcela de pele do corpo todo.

“A pele estranha é mais facilmente rejeitada pelo sistema imunológico. Mas atualmente existem vários métodos novos para evitar essas reações”, disse Biemer. O paciente terá que tomar medicamentos contra a rejeição dos membros para o resto de sua vida.

Até agora nunca foi realizado um transplante incluindo os braços. Em fevereiro de 2003, médicos austríacos na Universidade de Innsbruck realizaram o primeiro transplante duplo de antebraços e mãos em um paciente. A baixo, vocês podem ver a reportagem que a BBC fez.

Então, Ovelhinhas do Senhor e Camelinhos de Alá, quando precisarem, já sabem: Procurem um médico. Médicos não fazem distinção de cor, raça, religião ou de time de futebol. O deus de vocês não ajuda nem aqueles que acreditam nele. Que dirá os outros. Pensem nisso durante o fim de semana, pessoal. ;-)


Fonte: BBC Brasil

36 comentários em “Alemanha faz 1º transplante duplo de braços

  1. Quando um crente sofre de uma doenca, para onde ele corre ?

    Para a igreja é que nao vai, com certeza !

    Corre direto para o hospital.

  2. Ótimo, Mais um ponto para a ciência!
    Os religiosos agora devem de estar se remoendo de raiva e tentado falar que foi d’uz que ensinou/iluminou os médicos na hora da cirurgia.

    1. Haru,
      Bem lembrado: quando as experiências científicas dão errado, os religiosos dizem que é pq o ‘homem está querendo tomar para si atributos e funções divinas’, quando dá certo, é pq ‘deus’ teria ‘iluminado’ os cientistas.

      Anoto que se dependesse da Igreja, ainda estariam tratando doenças com rituais toscos e sem sentido (como aqueles prescritos para tratar a lepra).

      Abraços!

  3. Incrível ! Enquanto tem gente disposta a estudar dezenas de anos para conseguir realizar algo deste tipo, tem gente que prefere esperar por um milagre de um deus… q espere deitado!
    Somente com esforço e estudo conseguiremos progredir… viva à ciência !

  4. Ahahaha… como é bom quando estas coisas acontecem não ?

    O incrível é que é tão óbvio para nós que a ciência destrói a religião, que este caso nem se compara com tudo o que a ciência já fez… mesmo assim, a religião continua, e continua…

    Basta perguntarmos para um crente o que a religião fez de bom até hoje… o que de CONCRETO (ou seja, um bem permanente, e não o placebo pessoal que sempre acontece) ela fez para o bem da humanidade até hoje… Óbvio que não virá nenhuma resposta coerente…

    Science Rules !!!

  5. Parabéns para a ciência!! Será que agora os cristões ainda vai esperar por um milagre de deus? Se deus fizesse milagres, não ia peder ponto para os homens.

  6. “O homem é superável! O que fizestes para o superar?” A esta pergunta de Nietzsche, que sempre retorna, nós respondemos: estudamos e respondemos ao problema, não ficamos velando o cadável putréfato do deus.

  7. Engraçado, nunca vi testemunhos do tipo:

    “Homem que perdeu os braços em acidente dando testemunho hoje de como Jesus os fez crescer novamente”

    Parece que Jesus só cura dorzinha de cabeça e dor nas costas, quero ver fazer crescer braços e pernas…

    Falando sério, realmente a ciência é reconfortante. Um dia as doenças e limitações serão apenas uma triste lembrança na história do Homem.

  8. Renato Kirshner, o dia que vc aprender a não escrever tanta besteira e a paragrafar seu texto, eu permito que seuis comentários sejam aprovados. Peça a esta criança aqui caçar o seu deus, meu caro hipócrita:

    No mais, o seu mimimi só serve para fazer com que vc mesmo acredite em seu deus, mas não convence ninguém. Bái!

  9. ok André!
    Compreendo…

    o Dia que vc quiser bater um papo
    apareça! orkut, msn….

    Afinal de contas
    vcs mesmos reclamam que
    nenhum crente vem discutir o assunto…

    quando aparece um, não permitem que
    ele se expresse…

    ou o problema é que vc não quer
    que ninguem veja meu comentário
    por outro motivo?

    1. Que comentário? Um monte de besteiras sobre deus existir e não irmos atrás? O que isso em a ver com o artigo? Favor ler a Política de Comentários no tocante a se manter no assunto.

  10. Isso é milagre? ele vai ficar mais 5 semanas internado, não vai pôder tocar
    piano e ainda mais o paciente terá que tomar medicamentos contra a rejeição dos membros para o resto de sua vida.
    Isso é milagre? Affff.

    1. Muito melhor que o deusinho de papel fez. Se dependesse dele, o cara ainda estaria sem os braços. Bem, claro que vc pode provar que eu estou errado. Jesus disse que tudo o que vc pedir a Deus em nome dele (Jesus tinha crise de identidade ou não era deus mesmo?), ele fará. Vamos! Peça a Deus para que o cara tenha os dois braços de volta. Peça pra acabar com toda a fome no mundo. Manda ver, rapazinho.

    2. Artur,
      Experimenta amarrar os braço nas costas e ficar um dia inteiro assim…
      Se voce não entender o milagre da medicina nesse caso nem quando precisar ir ao banheiro sem usar os braços, ai eu quero ver!! :smile:

  11. Deus existe,
    tem gente que acredita que a vida veio “nada”, será mesmo que nós viemos de poeiras do espaço ?

    Podem existir várias teorias , mas eu acredito que seja qual for a verdadeira era Deus que estava no “comando”

          1. Eu me importo com o que os outros pensam QUANDO eles tentam enfiar o que pensam goela abaixo dos que não pensam como eles (prática comum entre os religiosos). Do contrário…’tô nem aí, tô nem aí’…

    1. (início da musiquinha “depende de nós”, do balão mágico)

      @matheus, o que faz mais sentido?

      a poeira estrelar, ou o bonequinho de barro?

      Quero dizer que, sim acredito, que a vida começou, num agregado de moléculas, (poeira das estrelas?) e acredito na existência de deus e espíritos (foge das pedradas, se bem que o povo ateu e cético, costuma ser mais tolerante que o crente, hauahau).

      Acredito nessa existência, pois a ciência ainda não conseguiu provar como um agregado de atomos, pode ter vida biológica, e outro agregado, não 9mesa e humanos por exemplo).

      Não que a ciência seja errada, ou não investigue isso, e não tenha suas teorias. Eu simplesmente aguard a prova definitiva.

      enquanto isso, acho que é inúltil discutir a existência de deus, espírito, grande bule de chá, ou grande badabum, pois acreditar nisso tudo, é simplesmentente uma escolha pessoal, e individual.

      Quem se dói, pela escolha diferente, de um companheiro, se dói, por puro egoísmo, e vaidade. Egoísmo, por achar que TODO mundo, deve pensar e acreditar no que ele também pensa e acredita, e vaidade, por achar que só a religião, ou idéias dele estão corretas.

      Muitos crenes, não respeitam a liberdade de escolha pessoal, de crença, e abusam do poder querendo ipor suas crenças, na falsa ilusão de que estão salvando alguém.

      Não precisamos de um ser místico salvador, precisamos entender que somos responsaveis nós mesmos pelo nosso destino, e que o que fazemos, colhemos, mais cedo ou mais tarde (e apesar de quer em vidas múltiplas, percebo, que a maioria colhe é NESSA vida, tudo, acreditando ou não na multiplicidade).

      Falta pra muita gente entender, que, tanto faz se o andré, acredita em Deus, ou não, contanto, que, ele mantenha sua moral, e seus atos, dentro do respeito, da educação, da tolerância, da paciência, ou seja, desde que ele mantenha o que todo mundo deseja, uma moral elevada, somente assim, se cada um mantiver ou tentar exercitar essa moral, com TODOS, independente de crença, religião, etnia, sexo, idade, poder aquisitivo, etc, etc, que vamos conseguir um entendimento.

      Sei, que eu pareço uma bestinha romântica, falando, ms eu acredito na utopia, acredit, que um dia a humanidade vai olhr pra trás e perceber, o quanto foi mesquinha, boba e infantil, querendo empurar para sí mesma, crenças à força, idéis à força, e vai começar a entender que ideal, não é todo mundo andando na mesma direção (estrela do chaos, rules), e sim todos respeitando todas as direções escolhidas, em nome de um bem maior.

      (Término da musiquinha “depende de nós”, do balão mágico)

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s